UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

16/01/2008 - 01h58
Lula diz que Fidel Castro está pronto para assumir papel político

Em Havana

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta quarta-feira que o seu colega cubano, Fidel Castro, apresenta uma "lucidez incrível", uma "saúde impecável" e está pronto para assumir seu papel político.

"Penso que Fidel está pronto para assumir o papel político que ele tem em Cuba", disse Lula no aeroporto internacional José Martí, em Havana , de onde partiu por volta das 21h40 (0h40 de Brasília). Ele se reuniu com o presidente cubano por duas horas e meia.

Governo de Cuba
Foto divulgada pela assessoria de imprensa do governo cubano mostra Lula tirando foto de Fidel Castro, em encontro na noite desta terça-feira
MAIS FOTOS DO ENCONTRO
JOSIAS: LULA VÊ SUA 'PAIXÃO'
FIDEL CASTRO RECEBE LULA
PAÍS ASSINA ACORDO PARA PETRÓLEO
ACORDOS SOMAM APENAS us$ 200 MI
No aeroporto, Lula se despediu do presidente em exercício de Cuba, Raúl Castro. E destacou que, durante o encontro, Fidel Castro, que desde julho de 2006 se recupera de uma grave doença intestinal que o obrigou a delegar seus cargos, falou por duas horas "sobre todos os assuntos possíveis".

"A impressão que tenho é de que Fidel está muito bem de saúde, com uma lucidez como a dos seus melhores momentos. Penso que em breve vai se recuperar fisicamente. Se um dia eu ficar doente, quero ter a mesma capacidade de falar que ele teve comigo", afirmou.

Fontes oficiais mostraram aos jornalistas várias fotos do encontro entre os dois presidentes. O líder cubano aparece sentado, com seu habitual moletom e conversando com o Lula na presença de um tradutor, sorridente e com bom semblante.

Em duas imagens, Fidel Castro e Lula aparecem tirando fotos um do outro.

Antes de partir, o presidente destacou a importância dos dez acordos que assinou com Cuba. Eles prevêem uma cooperação em várias áreas econômicas e a habilitação de linhas de crédito.

Além disso, agradeceu pela hospitalidade de Raúl Castro, a quem convidou a visitar o Brasil, prometendo fazer "um carnaval".

"Nós também estamos muito satisfeitos com a visita da delegação liderada pelo presidente Lula, os resultados foram magníficos", respondeu Raúl Castro.

"Não quero atrasar a sua viagem de volta nem repetir as questões colocadas por ele, com as quais estou inteiramente de acordo. Amamos o Brasil também, como todos os nossos povos irmãos da América Latina e Caribe. Além disso, o Brasil é nosso irmão mais velho", acrescentou.

"Na segunda-feira à noite, disse ao presidente Lula que somente entre Brasil e Cuba já somos 200 milhões de habitantes", comentou.

A reunião com Fidel Castro era uma das incógnitas da agenda de Lula na visita a Cuba.

O líder cubano, que não aparece em público desde 26 de julho de 2006, tinha se reunido em 20 de dezembro com o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, como já tinha feito também em outubro e em novembro.

Lula é o primeiro presidente além de Chávez com quem Castro se reúne desde 17 de junho, quando conversou com o nicaragüense Daniel Ortega.



Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA