UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

01/05/2008 - 20h56
Banco Mundial aprova financiamento de US$ 7 bi ao Brasil

EFE
Em Washington

O Banco Mundial (BM) aprovou hoje uma nova Estratégia de Parceria com o Brasil (CPS, na sigla em inglês), que contempla a entrega ao país de cerca de US$ 7 bilhões em financiamento ao longo dos próximos quatro anos.

"O apoio do Grupo Banco Mundial enfocará principalmente desafios estruturantes e de longo prazo, onde o Brasil ainda não encontrou soluções e para as quais a experiência internacional pode ter grande valor", informou a entidade em comunicado.

O presidente americano, George W. Bush, pediu nesta quinta-feira ao Congresso que aprove um pacote adicional de 770 milhões de dólares destinado ao combate da crise alimentar mundial, informou a Casa Branca, em um comunicado.

Declarando-se "preocupado" com a crise, Bush afirmou, na declaração divulgada pela Casa Branca, que os 770 milhões de dólares vão se somar aos cerca de 200 milhões de dólares anunciados recentemente, o que eleva a ajuda americana para pelo menos 1 bilhão de dólares
BUSH: CRISE ALIMENTAR
LEIA MAIS
GRAU DE INVESTIMENTO
MAIS INVESTIMENTOS, DIZ FMI
NACIONALIZAÇÕES NA BOLÍVIA
DESCENTRALIZAÇÃO EM CUBA
O BM destacou que a situação macroeconômica do país é agora muito melhor. Isso tornará possível que em vez de grandes empréstimos federais destinados a apoiar a balança de pagamentos, a maior parte do programa federal se concentre em assistência técnica de âmbito ambicioso, mas modesto volume financeiro.

"Os estados receberão a maior parte (70%) dos financiamentos do Banco, baseado em suas prioridades de desenvolvimento e em conformidade com a Lei de Responsabilidade Fiscal", afirma a nota do BM.

A entidade anunciou ainda que a nova estratégia se concentrará em áreas como desenvolvimento de infra-estruturas, estabilidade fiscal no longo prazo e qualidade da "educação básica e média".

A estratégia inclui também um arcabouço para o envolvimento com o setor público e privado na Amazônia.

"O Arcabouço de Parceria na Amazônia é diretamente derivado do Programa Amazônia Sustentável (PAS) do Governo brasileiro. Ele oferece uma abordagem integrada", completa o comunicado.

O BM e o Brasil também colaborarão na busca de soluções a desafios globais e regionais como a mudança climática, os biocombustíveis, o comércio e o desenvolvimento de infra-estruturas.

Dentro dessa aliança estratégica, o BM aprovou hoje os primeiros três empréstimos ao Brasil de um montante total de US$ 1,6 bilhão.

O primeiro desses empréstimos - US$ 976 milhões - será concedido a Minas Gerais para que o estado melhore a qualidade e a eficiência de seus serviços públicos, com o objetivo geral de impulsionar o crescimento econômico e reduzir a pobreza.

O segundo empréstimo - US$ 84 milhões - será destinado à ampliação de serviços médicos a grupos vulneráveis que carecem de um acesso ao sistema hospitalar.

O terceiro - US$ 550 milhões - visa a melhorias nos serviços de transporte público da região metropolitana de São Paulo.



Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA