! Micheletti aceita missão costarriquenha e adia a da OEA - 24/09/2009 - EFE
UOL Notícias Notícias
 

24/09/2009 - 17h42

Micheletti aceita missão costarriquenha e adia a da OEA

[selo]
Tegucigalpa, 24 set (EFE).- O Governo de fato de Honduras, chefiado por Roberto Micheletti, anunciou hoje que, por sugestão do ex-presidente americano Jimmy Carter, aceitou receber o presidente da Costa Rica, Oscar Arias, e o vice-presidente do Panamá, Juan Carlos Varela, para conversar sobre a crise política no país.

Enquanto espera pela chegada dessa delegação, o Governo adiou a recepção a uma missão de chanceleres de países-membros da Organização dos Estados Americanos (OEA), informou a Chancelaria de Honduras em uma "nota verbal" enviada hoje à entidade.

"Em relação à continuação do diálogo sobre a situação em Honduras, foi aceita a proposta do ex-presidente Jimmy Carter e, em tal sentido, uma missão integrada pelo presidente da Costa Rica, o senhor Óscar Arias, e o vice-presidente do Panamá, o senhor Juan Carlos Varela, visitará o país nos próximos dias", assinalou.

Segundo a nota, o Governo Micheletti receberá, em data ainda a ser estabelecida, a missão integrada por alguns chanceleres americanos acompanhados por funcionários da OEA.

A delegação da OEA seria a mesma que visitou Honduras em 24 e 25 de agosto passado em uma tentativa de conseguir a assinatura de uma proposta apresentada por Arias, como mediador, para uma saída negociada ao conflito.

No entanto, antes do comunicado hondurenho, o Governo brasileiro tinha dito, dos EUA, que o secretário-geral da OEA, José Miguel Insulza, viajaria à frente de uma delegação internacional amanhã ou no próximo sábado.

Pouco antes do anúncio da Chancelaria, a Presidência hondurenha distribuiu uma declaração de Micheletti aceitando a sugestão de Carter.

O ex-presidente americano, segundo a declaração, prometeu enviar um de seus assessores para saber mais sobre a crise que Honduras vive desde o golpe de 28 de junho.

Carter analisará também o convite de Micheletti para que envie observadores de sua fundação, o Centro Carter, às eleições gerais de 29 de novembro próximo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host