! Ex-vice-presidente iraniano é solto após fiança de US$ 700 mil - 22/11/2009 - EFE
UOL Notícias Notícias
 

22/11/2009 - 14h38

Ex-vice-presidente iraniano é solto após fiança de US$ 700 mil

[selo]
(Atualiza com a libertação do condenado) Teerã, 22 out (EFE).- O ex-vice-presidente reformista iraniano Mohamad Ali Abtahi foi libertado após ter depositado uma fiança de US$ 700 mil e após ter sido condenado a seis anos de prisão, informou hoje a agência de notícias "Fars".

"Abtahi, membro da Assembleia dos Clérigos Combatentes, foi libertado depois que o juiz recebeu a confirmação do pagamento de 7 bilhões de rials", explicou a fonte, sem dar mais detalhes.

Horas antes, a família tinha informado que Abtahi tinha sido condenado a seis anos de prisão por envolvimento nos protestos contra a reeleição do presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad.

Em declarações divulgadas pela internet, Fatemeh Sadat, filha do clérigo, disse que Abtahi tem um prazo de 20 dias para apelar da pena imposta por um tribunal revolucionário de Teerã.

"Esta manhã, cinco agentes chegaram com meu pai e revistaram de novo a casa. Depois, foram para a sede do tribunal, onde foi anunciado que sua pena é de seis anos de prisão", acrescentou.

Sobre isso, o tribunal insistiu em que o veredicto pode ser levado à corte de apelação.

Abtahi, que foi o braço direito do ex-presidente reformista Mohamad Khatami durante seus dois mandatos (1997-2005), foi detido poucas horas depois de centenas de milhares de pessoas saírem às ruas de Teerã, em 13 de junho, para protestar contra a vitória de Ahmadinejad, que a oposição considera fraudulenta.

Também foi um dos primeiros a depor diante do juiz durante o julgamento em massa iniciado em agosto contra mais de 100 pessoas - na maioria reformistas - acusadas de incitar os distúrbios e participar de uma conspiração supostamente organizada no exterior para derrubar o regime.

Embora Abtahi tenha admitido as acusações, a família e membros da oposição denunciam que a confissão foi obtida à força.

Até o momento, mais de 80 pessoas foram condenadas pelos protestos, e oito delas receberam sentença de pena de morte.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host