UOL Notícias Notícias
 

14/10/2010 - 18h42

EUA consideram "provocadora" a visita de Ahmadinejad ao sul do Líbano

Washington, 14 out (EFE).- O Governo dos Estados Unidos considerou hoje "provocadora" a visita do presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, ao sul do Líbano, e disse que o líder foi apenas discursar para o grupo xiita libanês Hisbolá.

"Sua viagem ao sul do Líbano é somente para discursar para o Hisbolá, que segue atuando em nome do Irã no país", disse o porta-voz do Departamento de Estado, Philip Crowley, em entrevista coletiva.

"Consideramos sua presença no local uma provocação que segue solapando a soberania do Líbano e a segurança da região", acrescentou.

Ahmadinejad concluiu hoje uma visita oficial de dois dias ao Líbano em duas localidades fronteiriças com Israel, onde elogiou o grupo xiita Hisbolá e desejou "o desaparecimento dos sionistas".

No dia 5 de outubro, Washington assinalou que tinha expressado "preocupação" pela visita de Ahmadinejad ao Líbano e, particularmente, ao sul, porque considera que Teerã "abala ativamente" a soberania do país.

A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, abordou os planos de Ahmadinejad em reunião com o presidente do Líbano, Michel Suleiman, na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) no mês passado.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    -0,68
    4,095
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h25

    1,98
    103.831,92
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host