UOL Notícias Notícias
 

10/06/2011 - 06h39

Rússia suspenderá veto às verduras em troca de garantias da UE

Nizhni Novgorod (Rússia) 10 jun (EFE).- O chefe do Serviço Sanitário da Rússia, Gennady Onishchenko, anunciou nesta sexta-feira que seu país suspenderá o veto às importações de verduras procedentes da Europa em troca de garantias da União Europeia (UE) sobre cada país e produto.

"As posições se aproximaram significativamente. A Comissão Europeia propôs desenvolver este trabalho não em nível nacional, como é feito agora, mas em nível da Comissão, que dará garantias sobre cada país e cada tipo de produto", disse Onishchenko à imprensa.

A autoridade indicou que as primeiras provisões serão autorizadas assim que houver um acordo sobre que documentos garantirão a segurança dos produtos.

As declarações de Onishchenko, membro da delegação russa na cúpula Rússia-UE, representam uma suavização da postura de Moscou na "guerra das verduras".

Para levantar a proibição, a Rússia exigia até agora saber a causa exata do foco do surto infeccioso que deixou 29 mortos na Alemanha.

A UE solicitou a suspensão do veto russo por considerá-lo uma medida "desproporcional" à emergência sanitária causada por uma cepa agressiva da bactéria "E. coli".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,15
    3,740
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h26

    0,48
    103.949,46
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host