UOL Notícias Notícias
 

14/06/2011 - 13h15

Venezuela confirma 19 mortes após conflito em prisão próxima a Caracas

Caracas, 14 jun (EFE).- O ministro venezuelano do Interior, Tareck el Aissami, confirmou a jornalistas que "19 internos perderam a vida" no domingo em consequência de um "conflito entre dois setores" da prisão El Rodeo I, próxima a Caracas.

"Nós ratificamos e dissemos em diferentes ocasiões: o sistema penitenciário venezuelano é parte dos compromissos do nosso Governo. Fizemos um trabalho importante, no entanto, resta muita coisa a ser desenvolvida no sistema penitenciário", afirmou El Aissami.

O ministro lembrou que o Governo realiza vários programas no âmbito carcerário e tem um plano de reestruturação completo da rede de prisões, mas reconheceu que os esforços são insuficientes "diante do drama, da necessidade e da complexidade" do sistema penitenciário venezuelano.

El Aissami afirmou que o Governo enfrenta com "muita responsabilidade e autocrítica" a situação, e lembrou que o presidente Hugo Chávez já aprovou a criação de uma pasta ministerial para o sistema penitenciário e recentemente aprovou recursos de US$ 100 milhões para o setor.

O incidente acontece poucas semanas depois dos sequestros de funcionários por parte de internos em duas prisões, uma delas a El Rodeo II, muito próxima ao local do conflito do último domingo.

As organizações não governamentais que trabalham no âmbito carcerário consideram que o Governo perdeu o controle dos centros penitenciários, onde os presos dispõem de armamento e comandam o regime de funcionamento interno.

A Comissão Interamericana de Direitos Humanos (CIDH) solicitou repetidas vezes às autoridades venezuelanas que tomem medidas que garantam a segurança nas prisões.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,69
    3,853
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h24

    -1,93
    100.092,95
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host