EleiçõesEleições
BUSCA

Rio de Janeiro
27/09/2004 - 14h54
Conde e Bittar voltam forças contra Cesar

Da Redação

No penúltimo programa de rádio do primeiro turno da eleição municipal, os candidatos de oposição à Prefeitura do Rio centram forças contra Cesar Maia (PFL), que disputa a reeleição. Luiz Paulo Conde (PMDB) afirmou que Cesar não deu continuidade a alguns programas e Jorge Bittar (PT) fez os ataques mais pesados e lembrou promessas não cumpridas pelo prefeito.

"Cesar Maia prometeu 100 mil casas populares. Não conseguiu construir nem 30%", disse Bittar. O petista disse ainda que o pefelista "foge do debtate" porque "não sabe como ou não quer responder". O petista bateu na tecla de que o prefeito aplicou a verba destinada à saúde no mercado financeiro.

Bittar cobrou explicações de Cesar sobre um vereador que receberia R$ 600 mil da prefeitura "em plena campanha". "chega de posar de bom moço, o carioca descobrir a verdade", disse a apresentadora sobre Cesar Maia.

Além afirmar que o prefeito não deu continuidade à construção de creches, Conde fez um "resumo" de suas principais propostas: a implementação dos postos de saúde 24 horas, o projeto Corações Cariocas (revitalização de áreas abandonas em 18 bairros) e o ônibus a R$ 1 (a prefeitura banca a diferença no valor da passagem). Conde prometeu ainda criar o Escola Nota dez (todas as crianças até 10 anos nas escolas, com direito a jantar). O programa exibiu, mais uma vez, o apoio da governadora Rosinha Matheus (PMDB).

O senador Marcelo Crivella (PL), empatado com Conde em segundo lugar, usou o tempo para passar a seguinte mensagem: "queremos eleger quem possa mandar e permitir que mandemos também".

Enquanto lidera com folga, o prefeito segue sem responder aos ataques. Cesar dedicou o programa de hoje aos idosos. O prefeito disse que os programas Remédio em Casa e as Vilas Olímpicas são projetos também voltados para a terceira idade. Ele prometeu ainda que o programa de medicamentos, que segundo o prefeito atende a 200 mil pessoas, vai atender a 500 mil, caso seja reeleito.

Ainda sobre saúde, Cesar prometeu 50 novos postos médicos e aumentar a equipe do Saúde da Família. Foi exibida ainda mensagem de apoio de Lucinha Araújo, da ONG Viva Cazuza. Já Jandira Feghali (PC do B) recorreu ao apoio da atriz Fernanda Montenegro.

Reprisando o programa da última sexta-feira (24), André Corrêa (PPS) lembrou sua atuação como secretário do Meio Ambiente: os programas de despoluição das praias e a construção de um piscinão em Ramos. O candidato prometeu construir dez novos piscinões.

Nilo Batista (PDT) fez críticas aos govenrnos federal ("que traiu suas esperanças"), estadual ("que mata quatro negros todos os dias") e do governo municipal ("que perssegue os marginalizados pelo procesos econômico"). "Uma prefeitura pedetista significa a presença do primeiro escalão muncipal nas favelas", disse Nilo. Como sempre, evocou a imagem de Leonel Brizola.

O PSTU de Otacílio Ramalho seguiu com a reprise em que pede o não-pagamento da dívida do município e o rompimento com o Fundo Monetário Internacional.

A candidata do PCO, Thelma Maria, continua a não usar o tempo a que tem direito no horário eleitoral no rádio.







CHARGE
Os caminhos em São Paulo
Debates
Saiba como se saíram os candidatos
Pesquisas
Acompanhe os últimos resultados
Dúvidas
E se não puder votar no dia?
Legislação
Instruções e resoluções estão aqui
Links
Confira o endereço do seu TRE