UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA

MS/Campo Grande - Eleito
PMDB mantém controle da capital
Prefeito: Nelson Trad (PMDB)
Vice: Marisa Serrano (PSDB)
Coligação: Campo Grande no Rumo Certo (PMDB, PSDB, PFL, PPS, PV, PSC, PRTB, PTC e PT do B)
Gasto máximo previsto: R$ 3 milhões
Votos: 213.195
O deputado estadual Nelsinho Trad foi eleito prefeito de Campo Grande no primeiro turno com 55,7% dos votos válidos e manteve nas mãos do PMDB o comando da capital, administrada há oito anos por André Puccinelli (veja resultado final).

O prefeito eleito -que é filho do deputado federal Nelson Trad- derrotou o candidato do governador Zeca do PT, o deputado federal petista Vander Loubet, que ficou em segundo, com 22,99% dos votos.

Mas o PT de Campo Grande tende a não fazer oposição direta ao novo prefeito, já que os dois partidos são aliados no governo federal. O coordenador de campanha de Loubet já disse que é provável que o PT apoie o governo de Trad.

Nelson Trad Filho, 43 anos, nasceu em Campo Grande em 5 de setembro de 1961. É médico, formado na Universidade Gama Filho, no Rio de Janeiro.

Como especialista em urologia e medicina do trabalho, Nelsinho Trad, como é conhecido, ocupou o cargo de diretor-geral adjunto do Previsul (atual Cassems, 1991-92) e de tesoureiro do Sindicato dos Médicos de Mato Grosso do Sul.

Iniciou sua vida parlamentar na Câmara Municipal de Campo Grande, quando se elegeu vereador em 1992, sendo reeleito em 1996 e 2000. Durante a atuação na Câmara Municipal, foi vice-presidente da Casa entre 1993 e 1994, presidente da comissão de saúde e assistência social, de 1993 a 1996, e presidente da comissão de finanças e orçamento, de 1996 a 2000.

Trad também foi vice-líder de bancada na Câmara Municipal, de 1995 a 1996, líder de bancada na câmara, de 1996 a 2000, e presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, de 2001 a 2002.

Em 2002, foi eleito para seu primeiro mandato como deputado estadual na Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul.