UOL Eleição americana 2008UOL Eleição americana 2008
UOL BUSCA

05/11/2008 - 06h58

Taleban ameaça "destruir" Obama caso envie mais tropas ao Afeganistão

Da EFE
Em Cabul (Afeganistão)
Os afegãos do Taleban advertiram nesta quarta-feira o próximo presidente dos Estados Unidos, o democrata Barack Obama, que enviar mais tropas ao Afeganistão, como pretende, significará sua "destruição" e sua derrota.

"Enviar mais tropas só lhes trará perdas de vidas e destruição", disse à Agência Efe por telefone de um ponto não revelado o porta-voz talibã, Qari Mohammed Yousef.

Yousef advertiu a Obama que será "derrotado" se continuar com a política desenvolvida no Afeganistão por seu antecessor, George W. Bush, e lhe pediu que ordene a retirada das tropas estrangeiras do país.

Há alguns meses, Obama tinha se mostrado partidário de reforçar a presença militar americana no Afeganistão, um país que qualificou como o "centro" da luta contra o terrorismo.

"Existe um consenso crescente de que é o momento de retirar algumas de nossas tropas de combate do Iraque e desdobrá-las no Afeganistão (...) Agora é o momento de fazer isso", disse Obama em entrevista em julho.

Os EUA lideram no Afeganistão uma coalizão que cumpre a missão antiterrorista "Liberdade Duradoura", e que conta com uma maioria de soldados americanos, de cerca de 15 mil militares.

Além disso, a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) possui no país cerca de 48 mil membros na Força de Assistência para a Segurança (Isaf), que têm mandato da ONU. Destes, 18 mil são americanos.

O presidente afegão, Hamid Karzai, já tinha parabenizado hoje Obama, a quem pediu mudanças na estratégia militar americana no Afeganistão para evitar a morte de civis.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Mais notícias

Shopping UOL