UOL Notícias Internacional
 

29/04/2009 - 15h20

OMS diz que está perto de declarar nível 5 de alerta de pandemia

Do UOL Notícias*
Em São Paulo
*Atualizada às 16h07

A Organização Mundial de Saúde anunciou nesta quarta-feira (29) que está perto de declarar um alerta de pandemia mundial em nível 5, de um máximo de 6, para o atual surto de gripe suína, à medida em que novos casos estão sendo confirmados pelo mundo.

H1N1

  • AP

    Imagem de microscópio cedida pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos mostra o H1N1, estirpe do vírus da gripe suína

Nesta quarta-feira, Alemanha e Áustria confirmaram seus primeiros casos de gripe suína, aumentando para 11 o número de países com casos confirmados da doença: México (26), Estados Unidos (91), Canadá (13), Espanha (10), Inglaterra (3), Alemanha (3), Nova Zelândia (14), Israel (2), Escócia (2), Costa Rica (2) e Áustria (1). No Brasil, o último relatório do Ministério da Saúde indica que 20 pessoas com sintomas da doença estão sendo monitoradas.

"Parece que estamos nos aproximando [do nível 5], mas ainda não estamos lá ainda", afirmou Keiji Fukuda, dirigente da OMS.

O nível 4 de pandemia indica que a doença está se espalhando de ser humano para ser humano. Aumentar o índice para nível 5 significa que a doença tem dois focos, em mais de dois países, indicando pandemia iminente.

Esse estágio pode ser atingido depois que a Espanha detectou o primeiro caso de pessoa infectada que não esteve no México recentemente, mas teve contato com alguém que visitou o país.

"Está claro que o vírus está se disseminando, nós não vemos evidência de redução neste momento", acrescentou Fukuda a jornalistas.

Você está em alguma área afetada pela gripe suína?

Níveis de alerta de epidemia, segundo OMS

NívelCondições
1Vírus de gripe circulam entre animais, especialmente aves. Nenhum vírus de animais infectou humanos
2Um vírus de animais infectou pessoas. Existe potencial ameaça pandêmica
3Casos esporádicos ou pequenos focos de doença em humanos, sem capacidade para transmissão entre humanos
4Transmissão entre pessoas, capaz de causar surtos em nível comunitário. Há aumento significativo no risco de pandemia
5Transmissão entre pessoas são confirmadas em ao menos dois países de uma região da OMS. Pandemia iminente
6Epidemia global em andamento
Primeira morte nos EUA
Nesta quarta-feira, autoridades sanitárias dos Estados Unidos confirmaram que um bebê mexicano de 23 meses morreu no Texas vítima de gripe suína, o que configura a primeira morte causada pela doença fora do México.

Kathy Barton, porta-voz do departamento de Saúde de Houston, afirmou que a criança havia viajado para a cidade para fazer tratamentos médicos.

"Infelizmente, esta manhã eu confirmo que nós tivemos a primeira morte de uma criança pelo vírus de gripe H1N1", anunciou Richard Besser, do Centro de Controle Sanitário dos Estados Unidos.

"Do modo como vemos, devemos encontrar mais casos", acrescentou Besser. "Eu acredito que nós vamos continuar tendo mais mortes."

México
O México, onde se suspeita que a doença tenha surgido, anunciou nesta quarta-feira que, com o resultado dos exames laboratoriais, foram registrados no país 49 casos de gripe suína, onde estão confirmadas sete pessoas mortas em função da doença. O último balanço do governo mexicano também indica que outras 152 mortes no país podem ter sido causadas pelo H1N1.

O comunicado do Ministério da Saúde do México diz que "os resultados dos exames recebidos dos laboratórios detectaram 23 casos positivos de gripe suína". "Com isso, e de acordo com os dados obtidos até o momento, o total de pessoas contagiadas soma 49 e, dentre estes, o número de mortes se mantém em sete", acrescenta o boletim.

No Brasil
A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais informou que uma mulher de 34 anos foi internada na noite desta terça-feira (28) no Hospital das Clínicas da UFMG, em Belo Horizonte, com sintomas de gripe suína.

Ela está na ala de isolamento respiratório, onde mais três pessoas estão internadas. O hospital é o único no Estado a ter essa estrutura de isolamento total de pacientes.

Segundo o órgão, a paciente retornou de Nova York (EUA) no dia 26 deste mês, e havia apresentado os sintomas ainda no território norte-americano.

Como os sintomas permaneceram após sua chegada ao Brasil, ela procurou atendimento no Hospital das Clínicas, onde chegou trazida por ambulância do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

De acordo com a secretaria, ela apresentava febre alta ao chegar à unidade hospitalar e se queixou de dor de cabeça e dores musculares.

Gripe suína deve chegar ao país; sistema de saúde está preparado, diz infectologista

Boletim emitido nesta quarta-feira (29) pelo hospital informa que a mulher passou a não mais apresentar quadro febril. A equipe médica colheu o material biológico dela pela manhã de hoje e o enviou à Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), no Rio de Janeiro.

A expectativa é que na tarde de hoje a Secretaria de Estado de Saúde receba os resultados dos exames que estão sendo feitos na Fiocruz de três pacientes que estão internados na unidade hospitalar desde a última segunda-feira. Segundo a assessoria do órgão, o secretário de Estado de Saúde deverá divulgá-los.

A mulher internada na noite de ontem em Minas Gerais não faz parte da lista de casos monitorados pelo Ministério da Saúde. Divulgada na tarde de ontem (28), a lista tem 20 casos: três pessoas no Amazonas, duas na Bahia, três em Minas Gerais, uma no Pará, quatro no Paraná, duas no Rio de Janeiro, duas no Rio Grande do Norte e três em Santa Catarina. Um novo balanço pode ser divulgado na tarde desta quarta-feira (29), durante coletiva do ministro da Saúde, José Gomes Temporão, em Brasília.

Hoje, mais cinco casos sob observação foram registrados pelas secretarias de Saúde de Goiás, São Paulo e do Espírito Santo.

*Com agências internacionais, CNN e Folha Online

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,74
    3,687
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,63
    85.596,69
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host