UOL Notícias Internacional
 

21/07/2009 - 20h13

Montanhista franco-brasileiro desaparece no Maláui

Do UOL Notícias
Em São Paulo
Um montanhista franco-brasileiro de 28 anos desapareceu no domingo (19) em uma montanha no Maláui, na África, informou o site do jornal "Nyasa Times". O Ministério das Relações Exteriores confirmou o desaparecimento e afirmou que está buscando meios para auxiliar nos trabalhos de busca.

De acordo com o jornal, Gabriel Buchmann saiu para escalar a montanha Mulanje, no sul do país, acompanhado de um guia e não retornou.

Um porta-voz da polícia afirmou que o turista tentava escalar o pico Sapitwa, cuja tradução é "área para não ir" no idioma local. A altitude da montanha é de cerca de 3.000 metros.

"O guia alertou a ele que não tentasse chegar ao Sapitwa devido ao mau tempo. Mas ele rejeitou o aviso e foi sozinho para o Sapitwa, onde desapareceu", disse.

Outro policial afirmou que Buchmann tinha dois passaportes, mas se registrou no hotel como brasileiro. Ele é o segundo turista a desaparecer na montanha Mulanje, a maior da África Central e uma das principais atrações de Maláui.

Linda Plonk, uma holandesa de 22 anos que trabalhava como técnica em um hospital da região desapareceu em 2003.

Segundo um porta-voz do Itamaraty, o Maláui não conta com helicópteros que possam trabalhar na área montanhosa.

Os esforços de busca dependeriam de aeronaves do Zimbábue, onde está a embaixada brasileira mais próxima, ou da África do Sul. A família teria de arcar com os custos da operação, diz o Itamaraty.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,39
    3,890
    Outras moedas
  • Bovespa

    18h22

    -0,82
    88.115,07
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host