UOL Notícias Internacional
 

17/09/2009 - 20h06

Governo brasileiro descarta saída da Colômbia na Unasul e defende diálogo

Cláudia Andrande
Do UOL Notícias
Em Brasília
O porta-voz da Presidência da República, Marcelo Baumbach, afirmou nesta quinta-feira (17) que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva não trabalha com a hipótese de saída da Colômbia da Unasul (União das Nações Sul-Americanas).

A possibilidade de saída foi levantada pela Colômbia, contrariada com as suspeitas dos países vizinhos em relação ao pacto firmado com os Estados Unidos que prevê a utilização de bases militares em território colombiano por militares norte-americanos.

"Trata-se de um diálogo difícil, um tema sensível, mas o presidente considera que há avanços, que a parte colombiana continuará engajada nesse diálogo e que os países da região saberão conduzir o diálogo. Os problemas podem ser resolvidos no âmbito da Unasul", disse o porta-voz.

Os países da região exigem que o governo colombiano apresente garantias de que a presença militar norte-americana ficará restrita ao seu território. A reunião de ministros de Relações Exteriores e de Defesa da Unasul, realizada esta semana no Equador, terminou sem consenso depois de a Colômbia não ter apresentado o documento do acordo com os EUA.

A tensão na região intensificou-se com a compra de armas russas pela Venezuela. O presidente Hugo Chávez diz que o acordo entre Estados Unidos e Colômbia gerou a necessidade de equipar a defesa de seu país.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    -0,25
    3,850
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,90
    100.303,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host