UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

07/04/2005 - 12h52
Angola: Congresso do PDP/ANA abre com criticas ao governo

Luanda, 07 Abr (Lusa) - O presidente interino do Partido Democrático para Progresso/Aliança Nacional Angolana (PDP/ANA), Sediangani Mbimbi, acusou hoje o governo angolano de ser "mentiroso e incapaz" por não ter ainda esclarecido as condições em que foi assassinado o líder do partido.

"É triste e curioso constatar que, apesar de vários pronunciamentos de grandes entidades do governo sobre o assassínio do nosso líder, que prometeram apresentar com brevidade os resultados do inquérito, infelizmente, até hoje, não existe qualquer esclarecimento", afirmou Sediangani Mbimbi.

"A falta deste esclarecimento demonstra que estamos perante um governo mentiroso, mas a verdade é teimosa e acaba sempre por vir à superfície", acrescentou.

Sediangani Mbimbi discursava na sessão de abertura do Congresso do PDP/ANA, que decorre até sábado para definir a estratégia do partido para as eleições previstas para 2006, mas também para eleger o novo presidente, que sucederá a Mfulupinga Landu Victor, assassinado a 02 de Julho de 2004 em circunstâncias ainda por esclarecer.

"Face à insensibilidade e incapacidade do governo para encontrar os assassinos, os militantes do PDP/ANA, em nome da paz, da unidade e da reconciliação nacional, pedem ao Presidente da República que se empenhe pessoalmente no sentido de se fazer justiça o mais rapidamente possível", afirmou o líder interino do partido.

Na sua intervenção, Sediangani Mbimbi propôs ainda que a Assembleia Nacional consagre Mfulupinga Landu Victor como "herói da democracia em Angola" e anunciou que está a ser preparado o lançamento de uma fundação com o nome daquele político angolano para "imortalizar a sua figura".

Relativamente à actual situação política em Angola, o líder interino do PDP/ANA defendeu a necessidade de uma mudança, salientando que "é urgente mudar com actos concretos".

"O povo deve libertar-se do medo e da inércia e dizer que tipo de governantes quer", afirmou, recordando que, "depois de quase 30 anos de independência, são grandes os indicadores de catástrofe".

"Fala-se de uma Angola potencialmente rica, mas a sua população vive na extrema miséria e pobreza", acrescentou, salientando que as próximas eleições gerais, previstas para 2006, são uma oportunidade para implementar a mudança que o partido defende.

Os três dias de trabalhos deste congresso, que decorre nas instalações da Feira Internacional de Luanda (FILDA) com cerca de 600 delegados presentes, vão ser dominados pela eleição do novo presidente do partido.

Os candidatos à sucessão de Mfulupinga Landu Victor são o actual líder interino, Sediangani Mbimbi, e o vice-ministro da Juventude e Desportos, Malungo Belo.

A sessão de abertura do Congresso do PDP/ANA ficou marcada por um episódio rocambolesco, quando as centenas de delegados e convidados tiveram que esperar cerca de duas horas no exterior da FILDA porque não estava presente nenhum funcionário que tivesse as chaves das instalações.

Depois de alguns protestos e muita confusão, as chaves acabaram por aparecer e a sessão de abertura realizou-se, mas com mais de duas horas de atraso em relação ao horário previsto.

Entre os convidados presentes, encontravam-se os presidentes da UNITA, Isaías Samakuva, e da FNLA, Holden Roberto, dois dos principais políticos da oposição angolana.

O PDP/ANA, fundado a 17 de Março de 1991, tem um deputado eleito na Assembleia Nacional, lugar que se encontra vago desde o princípio de Julho na sequência da morte de Mfulumpinga Landu Victor.

HSO/FR.

ÍNDICE DE ÚLTIMAS NOTÍCIAS   IMPRIMIR   ENVIE POR E-MAIL

Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA