UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

23/11/2006 - 11h45
Brasileiro pode ter sido morto por engano no Timor Leste

Porto, 23 Nov (Lusa) - O pastor evangélico brasileiro Edgar Gonçalves Brito, assassinado no domingo (19) à noite no Timor Leste, pode ter sido confundido com um australiano, acredita o antropólogo luso Paulo Castro Seixas, especialista em Timor Leste e vice-presidente da ONG Médicos do Mundo-Portugal.

Seixas disse à Agência Lusa, no Porto, que o relatório apresentado pela Fretilin (Frente Timorense de Libertação Nacional, partido atualmente no poder) em 28 de outubro sobre os episódios de violência no Timor foi uma "má contribuição" para a paz no território, por apontar a influência estrangeira, particularmente da Austrália, como um dos fatores da violência.

"Este relatório em nada veio ajudar e está na base da recente morte de um missionário brasileiro às mãos de seis jovens timorenses embriagados, que o confundiram com um australiano", afirmou o especialista.

O antropólogo, que além de ter feito parte da escola primária em Díli, quando o território era ainda colônia portuguesa, tem passado longos períodos no Timor desde 1999, acredita que a Austrália pretenda manter influência no país, o que considera "perfeitamente natural".

"Foi, por isso, que se criou em determinados setores algum ódio indistinto aos australianos, que já teve como conseqüência a morte do missionário brasileiro", reforçou Seixas.

Fontes oficiais em Dili anunciaram nesta quinta-feira que pelo menos dez pessoas morreram e cerca de 40 ficaram feridas em vários incidentes registrados no Timor Leste em uma semana, o último dos quais na segunda-feira, em Maubisse, envolvendo um grupo que recusa a autoridade do Estado timorense.

Eleições

Em relação às eleições do Timor em 2007 (legislativas em março e presidenciais ainda sem data definida) o antropólogo diz que vão tornar o ano que vem "perigoso" para o território.

"Os processos eleitorais poderão vir a aprofundar as divisões existentes no Timor Leste tanto no plano político (no interior da própria Fretilin) como no cultural, em que é determinante a estrutura segmentada da sociedade timorense baseada em clãs", afirmou o especialista.

O maior receio do antropólogo é que uma nova intervenção internacional no país se resuma à vertente burocrática, como aconteceu com a primeira, em que não foram levados em conta os importantes fatores étnicos, culturais e lingüísticos presentes.

"Se a situação continuar a deteriorar-se, podemos chegar a um tribalismo político, com os partidos a implantarem-se nas diferentes regiões de acordo com os diferentes clãs, o que seria gravíssimo", disse o especialista.

Castro Seixas pensa também que a Constituição do Timor Leste, largamente inspirada na portuguesa (escrita para uma realidade totalmente distinta) deve ser reformulada, uma vez que não tem em consideração a realidade cultural do país, baseada na dualidade de poder, o que deveria conduzir à criação de uma segunda câmara, integrada pelos representantes dos poderes tradicionais.

Livros

Paulo Castro Seixas lança sexta-feira dois livros sobre o Timor Leste, um dos quais em co-autoria, já considerados fundamentais para compreender a situação naquele país.

O primeiro dos dois livros, "Diversidade Cultural na Construção da nação e do estado em Timor Leste", será lançado sexta-feira, no Porto, e agrupa 12 trabalhos científicos de especialistas de sete países (Portugal, Holanda, Timor Leste, Japão, França, Inglaterra e Brasil) sobre a cultura, a sociedade e o estado timorense, coordenado por Seixas e Aone Engelenhoven (Holanda).

O segundo livro, "Timor Leste - Viagens, Transições, Mediações", é o resultado de 20 anos de interesse e de cinco anos de trabalho antropológico de Paulo Castro Seixas sobre aquele país.

Este volume reúne textos científicos, notas de campo antropológicas e entrevistas com personalidades timorenses, incluindo ainda um DVD com quatro filmes etnográficos e entrevistas.

ÍNDICE DE ÚLTIMAS NOTÍCIAS   IMPRIMIR   ENVIE POR E-MAIL

Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA