UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

05/10/2005 - 10h39
"Dança do carbono" dá Nobel de Química a francês e americanos

Por Simon Johnson

ESTOCOLMO (Reuters) - O francês Yves Chauvin e os norte-americanos Robert Grubbs e Richard Schrock ganharam na quarta-feira o Nobel de Química pela síntese de moléculas que produzem substâncias químicas mais baratas e inofensivas e medicamentos usados contra várias doenças.

A Real Academia Sueca de Ciências entregará 10 milhões de coroas (1,29 milhão de dólares) ao trio por seu trabalho na metátese, processo pelo qual as moléculas "dançam ao redor e mudam de parceiro" para criar novas moléculas. "Demonstramos como fazer catalisadores para esta reação, agora os químicos orgânicos podem usar essa reação para muitas coisas, para a fabricação de medicamentos, por exemplo", disse Schrork à Reuters, por telefone, em sua casa, em Massachusetts.

Descrevendo o prêmio como "muito significativo" ele prometeu "comprar uma garrafa de vinho para comemorar, uma garrafa que era muito cara até agora".

Na Nova Zelândia para uma conferência, Grubbs disse que a notícia ainda estava sendo digerida. "Provavelmente tomarei uns drinques e tentarei dormir um pouco", afirmou.

A Academia Sueca disse que o trio lançou as bases de pesquisas que podem gerar medicamentos contra doenças como mal de Alzheimer, síndrome de Down, Aids e câncer, além de aplicações nas indústrias químicas, plásticas e de alimentos.

"A imaginação logo será o único limite para o que as moléculas podem construir", disse a Academia, qualificando a metátese como "um exemplo de como a ciência básica importante foi aplicada para o benefício do homem, da sociedade e do ambiente."

Metátese significa "troca de lugares". O termo se refere à reorganização de grupos de átomos de carbono, que formam os "tijolos" de toda a vida orgânica na Terra.

Chauvin, hoje com 74 anos e trabalhando no Instituto Francês do Petróleo, deu a "receita" para isso em 1961.

Schrock, 60, do MIT, e Grubbs, 63, do Instituto de Tecnologia da Califórnia, desenvolveram catalisadores eficientes e mais estáveis para produzir essa reação.


Veja também:

ÍNDICE DE ÚLTIMAS NOTÍCIAS   IMPRIMIR   ENVIE POR E-MAIL

Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA