UOL Últimas NotíciasUOL Últimas Notícias
UOL BUSCA


 

01/05/2006 - 11h48
Quem vai me julgar é o povo, diz Lula na missa

SÃO BERNARDO DO CAMPO (Reuters) - Ao encerrar a missa do Primeiro de Maio na igreja matriz de São Bernardo do Campo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva praticamente assumiu sua candidatura à reeleição e pediu que tanto ele quantos seus adversários sejam julgados pelo povo nas eleições de outubro.

Lula disse aos cerca de mil fiéis presentes à Igreja que "algumas pessoas nervosas xingam de lá, xingam de cá", mas que ele teria decidido não responder às críticas.

"Eu acho que o julgamento dessa gente e o meu julgamento não pode ser feito pelo baixo nível da disputa pela imprensa, tem que ser feito pelo comportamento do povo", disse o presidente em discurso junto ao altar da Igreja, nesta segunda-feira.

"Tem que ser feito pelo comportamento do povo. São vocês que vão julgar quem é quem na política brasileira", acrescentou Lula, recebendo aplausos dos fiéis.

Alguns, mais entusiasmados, ensaiaram o coro "um, dois, três, Lula outra vez".

Convidado a falar pelo celebrante, Padre Roberto Marangon, Lula recordou que desde 1979 participa da missa de Primeiro de Maio da matriz de São Bernardo do Campo.

"Era um tempo de ditaduras militares em quase toda a América do Sul e, hoje, temos a democracia e o povo avançando em seus direitos em todo o continente", lembrou.

(Por Ricardo Amaral)



Veja também:
Folha Online
Reforma visual da Folha facilita a leitura; conheça as mudanças
UOL Esporte
Após fiasco de público, CBF reduz preços de ingressos para partida
UOL Economia
Bovespa reduz ritmo de perdas
perto do fim dos negócios

UOL Tecnologia
Fãs do iPhone promovem encontro no Brasil; veja mais
UOL Notícias
Chuvas deixam quatro mortos e afetam mais de 4 mil no Paraná
UOL Vestibular
Cotista tem nota parecida com de não-cotista aponta Unifesp
UOL Televisão
Nova novela da Record terá máfia e Gabriel Braga Nunes como protagonista
UOL Música
Radiohead entra em estúdio para trabalhar em disco novo
UOL Diversão & Arte
Escritor indiano Aravind Adiga ganha o Booker Prize
UOL Cinema
Novo filme dos irmãos
Coen tem maior bilheteria nos EUA