UOL Notícias Cotidiano
 

03/06/2009 - 17h49

Operação para identificar vítimas já está sendo montada

Carina Dourado e Débora Brito
Repórteres da TV Brasil
Em Fernando de Noronha (PE)
Um grupo formado por peritos, legistas e papiloscopistas se prepara para, a qualquer momento, trabalhar no reconhecimento dos corpos de vítimas do acidente com o avião da Air France.
  • AP

    Airbus A330-200 saiu do Rio de Janeiro com destino a Paris



Os peritos irão ficar baseados, por enquanto, na cidade de Recife. Três peritos e um papiloscopista da Polícia Federal, procedentes de Brasília, já estão na capital pernambucana e vão se juntar aos colegas da Secretaria de Defesa Social do Estado e do Instituto Médico Legal de Recife.

Segundo o gerente-geral da Polícia Científica de Pernambuco, Francisco Sarmento, apenas quatro peritos deverão seguir para Fernando de Noronha. Como a ilha não é aparelhada para realizar um serviço mais complexo de identificação, os técnicos vão garantir que os corpos, que venham a ser localizados, sejam transportados de maneira adequada para Recife.

Neste momento, os peritos da Polícia Federal estão conhecendo a estrutura do IML de Recife para ajudar a montar a base da operação de identificação dos corpos das vítimas do vôo AF 447.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h39

    0,24
    3,287
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h46

    -0,53
    62.924,35
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host