UOL Notícias Cotidiano
 

04/06/2009 - 17h19

Chanceler diz que França "não está escondendo nada" sobre queda do Airbus

Do UOL Notícias
Em São Paulo
Atualizada às 15h29

ASSISTA A TRECHO DA ENTREVISTA


Em entrevista coletiva no hotel Windsor, no Rio de Janeiro, o chanceler francês, Bernard Kouchner, afirmou que a França "não está escondendo nada" e "não tem razão alguma para esconder" o que ocorreu com o Airbus da Air France, que se acidentou na noite do último domingo com 228 pessoas a bordo.

"Brasil e França são países amigos, assim como EUA, Canadá, Espanha. Juntos todos [esses países] vão buscar os meios em comum para rapidamente encontrar uma explicação para o que aconteceu", disse o chanceler.

Kouchner afirmou ainda que não foi feito na França qualquer anúncio oficial sobre a morte dos passageiros. "Quem faz isso na França é o procurador-geral da República, e ele tem que respeitar um prazo de três meses, que pode ser reduzido para três semanas."

Ao lado de autoridades brasileiras, como o ministro de Relações Exteriores, Celso Amorim, e o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), Kouchner participou nesta manhã do ato ecumênico na Igreja da Candelária, no centro do Rio de Janeiro, em homenagem aos passageiros do voo AF 447.
  • AP

    Airbus A330-200 saiu do Rio de Janeiro com destino a Paris



"Nós imaginamos o sofrimento de todas as famílias de todos os países. Nada se compara aos relatos que ouvi ontem e hoje. Vim em nome do presidente da França, Nicolas Sarkozy, para prestar as condolências aos parentes dos atingidos", disse.

"Eu só posso compartilhar essa espécie de desespero. A única resposta para esse desespero é a fraternidade", acrescentou Kouchner.

Questionado se o Airbus deveria ter sido submetido a um recall, o chanceler afirmou: "este avião tinha quatro anos, passou por uma revisão completa em abril e funciona como outros mil aviões no Brasil. Se fosse necessário fazer um recall, isso teria sido feito", acrescentando que, "se não fosse um avião confiável, nenhum membro da Air France viajaria nele".

Kouchner também afirmou que "todas as possibilidades estão sendo investigadas". "As investigações interessam a todo mundo."



Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    17h00

    0,40
    3,279
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    0,95
    63.257,36
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host