UOL Notícias Cotidiano
 

09/06/2009 - 19h10

Número de corpos de vítimas do voo AF 447 recolhidos sobe para 41

Do UOL Notícias
Em São Paulo

Atualizada às 19h35

As Forças Armadas anunciaram nesta noite em Recife (PE) que mais 13 corpos de vítimas do voo AF 447 foram resgatados na área de busca. No total, 41 corpos já foram recolhidos, de acordo com o tenente-brigadeiro Ramón Borges Cardoso, da Aeronáutica. O Airbus A-330 da Air France caiu no mar na segunda-feira (1º) de madrugada enquanto fazia a rota Rio-Paris com 228 pessoas a bordo.

Dezesseis corpos já estão em Fernando de Noronha (PE) e 25 estão sendo transportados pela fragata Bosísio até o arquipélago. "A fragata Constituição já está deixando a proximidade de Fernando de Noronha para fazer a busca dos corpos na fragata Bosísio. Todos os corpos que foram avistados foram recolhidos", disse o tenente-brigadeiro.

Segundo Cardoso, os 25 corpos devem chegar a Fernando de Noronha (PE) na quinta-feira (11). "Para a fragrata Bosísio havíamos planejado o transporte de 20 corpos. Como havia espaço, nós utilizamos o espaço disponível."

Sobre as buscas, o tenente-brigadeiro afirmou: "nossa maior dificuldade é a meteorologia, o que poderá fazer com que as operações de resgate demorem mais. Nosso cálculo é de 40 minutos por cada operação de helicóptero para resgatar os corpos nos navios. Cada helicóptero comporta oito corpos."

LEIA MAIS

  • FAB/Divulgação

    magem divulgada pela FAB mostra a posição da fragata Constituição e as distâncias até Fernando de Noronha (PE) e Recife (PE). A embarcação trouxe 16 corpos de vítimas do voo AF 447 da área de buscas até uma distância de 55 km do arquipélago


De acordo com Cardoso, os destroços que estão nos navios brasileiros serão trazidos em algum momento para Recife e depois serão entregues à França. "Já os corpos não irão para França", afirmou.

Os corpos, segundo o tenente-coronel, estão sendo avistados em uma velocidade "um pouco acima do esperado". "Hoje, nenhum avistamento deixou de ser recolhido. Amanhã de manhã continuaremos as operações e ampliaremos nossa área de busca para o norte, para onde as correntes estão indo", acrescentou.

Segundo Cardoso, amanhã as buscas entrarão na área marítima de Dacar, pois alguns corpos devem estar na região. "Já mantivemos entendimento para que aviões e navios possam fazer suas buscas nessa região."

O tenente-brigadeiro comentou os trabalhos dos peritos da Polícia Civil e do IML (Instituto Médico Legal) em Fernando de Noronha e afirmou que os corpos devem chegar à Recife na quarta-feira à tarde. "É um trabalho bastante demorado. O planejamento é trazê-los no período da tarde. Estimamos que seja às 15h desta quarta."

Cinco embarcações francesas estão a caminho do local das busca, segundo o capitão da Marinha Giucemar Tabosa: "o submarino nuclear deve chegar amanhã, assim como o navio Mistral, com um helicóptero à bordo. Um navio-pesquisa e dois rebocadores de alto mar devem chegar na sexta-feira".

Os navios franceses também trabalharão com salvo-aéreo. "A medida que forem avistados materiais, eles serão informados e irão ao local. Porém, o principal objetivo deles é recolher destroços", disse Tabosa.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host