UOL Notícias Cotidiano
 

10/06/2009 - 16h54

Perícia em Fernando de Noronha atrasa, e corpos só devem chegar à noite ao Recife

Carlos Madeiro
Especial para o UOL Notícias
No Recife
Atualizado às 18h04

A demora na perícia inicial dos 16 corpos das vítimas do Airbus A-330 em Fernando de Noronha (PE) atrasa a chegada dos corpos à base aérea do Recife. A previsão inicial era de que os corpos chegassem às 15h à capital pernambucana e seguissem da base direto para a sede regional do IML (Instituto de Medicina Legal). Segundo a nova previsão da Aeronáutica, os corpos devem deixar o arquipélago por volta das 19h, com chegada ao Recife às 20h ou 20h30.

Informações repassadas pela Aeronáutica no Recife revelam que o trabalho da perícia está sendo mais complicado do que o esperado. Em Fernando de Noronha, os corpos passam por uma análise inicial e por catalogação. A Polícia Federal e a Secretaria de Defesa Social de Pernambuco dizem que no arquipélago também são realizadas inspeção visual, coletas de DNA e impressões digitais. Vestimentas e objetos resgatados junto com as vítimas também foram catalogados. Os corpos estão sendo conservados em câmaras frigoríficas a 8°C negativos.

Três peritos federais, um papiloscopista federal, um médico-legista de Pernambuco e um auxiliar de necropsia estão em Fernando de Noronha realizando este trabalho. Para isso, foram instaladas 10 mesas em uma sala improvisada no aeroporto do arquipélago.

Os exames médicos legais serão feitos no IML do Recife. Já a análise de DNA, se necessária, será feita no laboratório da PF em Brasília.

Os corpos chegarão a Recife a bordo de um avião Hércules C-130. Após a aterrissagem, os corpos serão transportados em viaturas do IML para necropsia. Além da equipe da Polícia Científica de Pernambuco, técnicos da França, da Polícia Federal e do IML da Paraíba estão na capital pernambucana para ajudar na análise dos corpos.

Resgate
Os corpos que chegarão a Recife esta tarde foram resgatados do mar no sábado e domingo últimos e levados a 50 km de Fernando de Noronha pela fragata Constituição. Nesse ponto, dois helicópteros da Força Aérea Brasileira os buscaram na embarcação.

Além desses corpos, mais 25 estão a caminho do arquipélago a bordo da fragata Bosísio, totalizando 41 resgatados até o momento. A previsão de chegada é para esta quinta-feira (11) pela manhã, quando helicópteros devem repetir a missão e resgatar os corpos a bordo do navio.

Segundo Marinha e Aeronáutica, as buscas nesta quarta-feira estão concentradas ao norte do local onde foram achados os primeiros corpos. Devido às correntes marítimas, a região das buscas já abrange a área juridicional do Senegal.

Na tarde desta quarta-feira, as buscas são prejudicadas pelo mau tempo. Pela manhã, em entrevista coletiva no Cindacta 3, no Recife, as autoridades informaram que nenhum corpo foi resgatado hoje.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host