UOL Notícias Cotidiano
 

17/06/2009 - 09h17

Mesmo sem ver necropsias, França diz que investigação sobre acidente está perto do objetivo

Do UOL Notícias*
Em São Paulo
O investigador-chefe francês do desastre aéreo com o voo AF 447 da Air France, Paul-Louis Arslanian, disse que os patologistas da França ainda não tiveram acesso ao resultado das necropsias dos corpos encontrados no mar, mas evitou criticar as autoridades brasileiras. Segundo Arslanian, a investigação "se aproxima de causas do acidente".

Navios brasileiros e franceses ainda estão procurando por pedaços da fuselagem e por corpos de vítimas do avião que caiu no oceano Atlântico no dia 1º de junho, com 228 pessoas a bordo.

Arslanian, que é diretor do Escritório de Pesquisa e Análise Francês (BEA), afirmou que ainda é preciso ter cautela nas especulações das causas do acidente. Entretanto, Arslanian admitiu que os investigadores estão próximos de descobrir o que realmente aconteceu.

"Não digo que será um trabalho fácil, mas afirmo que nos esforçamos ao máximo. Acredito que este trabalho realizado até agora nos aproximou de nosso objetivo", assegurou. "No entanto, é quase certo que o avião não poderá ser recuperado por inteiro", acrescentou Arslanian.

O diretor do BEA assinalou que a investigação é conduzida levando em conta "todos os elementos recolhidos até agora", sejam dos restos do avião ou das mensagens de rádio enviadas no dia da catástrofe. Mais de 400 destroços já foram encontrados.


"Já reunimos um grande número de fatos que estão sendo analisados. A situação é um pouco mais favorável do que nos primeiros dias, quando não tínhamos nenhuma peça e nenhum elemento sobre a área do acidente", disse.

Arslanian concedeu uma entrevista coletiva en Le Bourget, sede do organismo responsável pela investigação técnica sobre o acidente do voo AF447 entre Rio e Paris.

O BEA é o único organismo na França que realiza as investigações técnicas para determinar as causas do acidente de um avião. O órgão deverá divulgar até o fim deste mês um relatório preliminar sobre as investigações do acidente.

*Com agências internacionais

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host