PUBLICIDADE
Topo

Podcast

Baixo Clero

A jornalista Carla Bigatto conduz com analistas um papo sobre temas que dominam a pauta política.


Baixo Clero #27: "Guedes não sobrevive politicamente a esta pandemia"

Do UOL, em São Paulo

13/03/2020 04h00

Na estreia da segunda temporada de Baixo Clero #27, o podcast de política do UOL, os jornalistas Carla Bigatto, Diogo Schelp e Maria Carolina Trevisan abordaram o coronavírus e suas consequências para a economia e a política brasileiras em um momento no qual o mundo já vem sentindo os efeitos da pandemia declarada pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

O aumento no número de casos do covid-19 no país tem impactado fortemente a economia e, dia a dia, o dólar bate novos recordes, enquanto a Bolsa de Valores tem fechado em quedas superiores a 10%.

O mercado, que aguardava medidas econômicas do governo de Jair Bolsonaro (sem partido), decepcionou-se com a reunião do ministro da Economia, Paulo Guedes, com o Congresso, pela falta de soluções de efeito imediato.

"Enquanto os mercados estavam derretendo, ele disse que estava muito tranquilo, talvez porque as aplicações dele estavam seguras, ou por algum motivo assim. O problema, ali, era a questão blasé, a atitude blasé dele. Toda a comunidade econômica pedindo uma ação, pedindo para ele anunciar algo de concreto e de imediato, e o que ele fez foi mandar uma cartinha para o Congresso pedindo para aprovar as PECs emergenciais, que procuram a redução de gastos", afirma o jornalista Diogo Schelp (disponível no arquivo a partir de 25:17).

Schelp faz uma aposta de que o ministro da Economia pode não resistir politicamente às consequências do coronavírus.

"A minha aposta é de que o Guedes não sobrevive politicamente a essa pandemia. Fala-se por aí que pode durar quatro meses, e talvez esse seja o prazo. Tem toda essa história de que o presidente já estava insatisfeito com a atuação dele [como ministro]. E, quando houve o anúncio do pibinho de 2019, o Paulo Guedes ficou balançando. Então, dependendo de como se desenrolar toda essa crise envolvendo o coronavírus, é possível que isso acabe chegando nele, sim", prevê Schelp (disponível a partir de 25:51).

Já a jornalista Maria Carolina Trevisan aponta que este pode ser um momento de pacificação da relação do governo com o Congresso, depois de dias de disputa acirrada como os da derrubada do veto presidencial ao benefício de prestação continuada.

"Acho que o Congresso tem tentado apaziguar desde antes da crise do coronavírus. Agora, este é um momento oportuno para o governo tomar uma decisão de também apaziguar os ânimos e tentar criar algum tipo de consenso que leve adiante a questão econômica, porque a crise só se aprofunda. E a tendência é se aprofundar ainda mais com esse cenário mundial. Nada está sendo feito. Então, não só as reformas estruturais precisam avançar, como outras medidas precisam ser adotadas para conter a situação grave que a gente está vivendo neste momento", afirma Trevisan (no arquivo a partir de 5:00).

Além da questão econômica, o episódio do Baixo Clero também analisa como tem agido o Ministério da Saúde em relação ao coronavírus e como a pandemia poderá afetar a tentativa de reeleição de Donald Trump nos Estados Unidos.

Baixo Clero está disponível noSpotify, na Apple Podcasts, no Google Podcasts, no Castbox, no Deezer e em outros distribuidores. Você também pode ouvir o programa no YouTube. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.