PUBLICIDADE
Topo

Reunião ministerial: Há indícios fortes de crime de Bolsonaro, diz Glenn

25/05/2020 16h54

O advogado e jornalista Glenn Greenwald, editor do site The Intercept Brasil, afirmou hoje que 'há indícios fortes' na reunião ministerial de 22 de abril de que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tentou interferir na Polícia Federal. A declaração foi dada em participação no UOL Debate. Questionado pelo colunista do UOL Reinaldo Azevedo sobre indícios de crime no vídeo divulgado na última sexta-feira pelo Supremo Tribunal Federal (STF), Glenn fez um paralelo entre Bolsonaro e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Notícias