PUBLICIDADE
Topo

Caso Marielle: bombeiro é preso por ajudar Lessa a esconder arma do crime

10/06/2020 12h02

O bombeiro Maxwell Simões Correa foi preso na manhã de hoje sob suspeita de participação no assassinato da vereadora Marielle Franco, em março de 2018. Ele foi alvo de um mandado de prisão na Operação Submersus 2, realizada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público do Rio de Janeiro. De acordo com o MP, o bombeiro de 44 anos teria tentado "atrapalhar de maneira deliberada a investigação". Conhecido como Suel, ele é suspeito de ter ajudado a esconder a arma usada no crime.

Caso Marielle