PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Polícia prende professor acusado de estuprar crianças em escolinha na Bahia

Mattheus Miranda

Colaboração para o UOL, em Salvador

23/11/2020 14h15

Um homem de 30 anos foi preso na última sexta-feira (20), em Trancoso, Porto Seguro, no extremo sul da Bahia, acusado de estuprar alunos de uma escolinha de futebol. Os abusos sexuais teriam ocorrido no período entre 2016 e 2019, quando atuou na escolinha Júnior Trancoso.

Procurado pelo UOL, o delegado Valfredo Lima Borges, responsável pelo inquérito, revelou que seis menores relataram que foram vítimas do homem.

"Alguns começaram a sofrer com os abusos com nove, dez anos, e permaneceram até o ano passado. Ele negou, mas apuramos que os abusos aconteceram entre 2016 e 2019", disse.

O delegado informou ainda que o crime foi descoberto através do Disque Denúncia, que notificou o Conselho Tutelar. Posteriormente, o Conselho Tutelar passou a situação para o Ministério Público, que solicitou o início das investigações por parte da Polícia Civil.

Em contato com o advogado da escolinha, Paulo Galdino, a reportagem confirmou que o acusado foi afastado no momento da denúncia. "O crime é intolerável. Na época foi orientado ao representante da escolinha para que tomasse todas as medidas cabíveis — como, de fato, foi feito", disse.

Conforme apurado pela reportagem, o homem mantinha relações sexuais com os alunos na casa onde morava, no distrito de Trancoso. As vítimas ainda teriam relatado à polícia que os abusos também ocorriam no centro de treinamento da escolinha e nas viagens com o grupo.

No entanto, o proprietário da escolinha informou à reportagem que "desconhece qualquer caso de abuso praticado dentro do centro de treinamento e também em viagens".

Ao UOL, a Policia Civil da Bahia revelou que com ele também foram apreendidos computadores, CDs e fotografias dos abusos que praticava, no momento da prisão. O material foi encaminhado para perícia.

Ele é investigado pelos crimes de estupro de vulnerável, favorecimento de prostituição a menores, corrupção de menores e divulgação fotográfica envolvendo menores. Ele está preso no município de Porto Seguro.

As investigações continuam e o suspeito deverá ser encaminhado ao sistema prisional do município de Eunápolis, também na Bahia.

Cotidiano