PUBLICIDADE
Topo

Caso Henry: Babá relatou que Jairinho tapou boca do menino, que gritava: ''Eu prometo''

04/05/2021 14h18

A Polícia Civil do Rio de Janeiro concluiu que o vereador Dr. Jairinho (sem partido) torturou ao menos duas vezes o enteado Henry Borel antes do assassinato do menino na madrugada de 8 de março. No dia 2 de fevereiro, Jairinho se trancou em um quarto, tampou a boca do menino, que só conseguia gritar "eu prometo".