PUBLICIDADE
Topo

Vídeos

Silêncio na CPI confessa culpa de Pazuello e também de Bolsonaro | Josias de Souza

14/05/2021 09h39

A Advocacia-Geral da União entrou com pedido ao Supremo Tribunal Federal para que o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello possa permanecer em silêncio ao depor na CPI da Covid. Josias de Souza, colunista de política do UOL, analisa que, ao silenciar e optar por não responder questões dos senadores na Comissão, Pazuello confessa culpa nas questões que fugir. Não apenas a culpa dele, mas também do presidente Jair Bolsonaro.

Vídeos