PUBLICIDADE
Topo

Vídeos

Mulher denuncia intolerância religiosa em posto de vacinação no Amazonas

17/05/2021 21h01

Uma mulher de 41 anos procurou a polícia de Manaus, no Amazonas, para denunciar um episódio de intolerância religiosa em um posto de vacinação contra a covid-19. Em um vídeo gravado pela vítima, identificada como Ana Vieira, ela afirma que a servidora disse ter medo de que ela "jogasse uma bomba" no local. A mulher, que é muçulmana, cobria a cabeça com um lenço comum no Oriente Médio, chamado kufiyyah, e uma máscara com as cores da bandeira palestina.

Vídeos