PUBLICIDADE
Topo

Vídeos

Lava Jato negociou programa espião Pegasus com empresa israelense

26/07/2021 14h47

O Pegasus, sofisticado programa de espionagem israelense, já despertou interesse de procuradores da agora extinta força-tarefa da Lava Jato. Numa petição protocolada nesta segunda-feira (26) no STF (Supremo Tribunal Federal), a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva revela como os procuradores em Curitiba teriam buscado criar um sistema de espionagem cibernética clandestina. A perícia tem como base mensagens de chats entre membros da Lava Jato apreendidas na Operação Spoofing. O colunista Jamil Chade publicou hoje reportagem sobre a petição. Leonardo Sakamoto, comentarista do UOL News e também colunista do UOL, classifica a tentativa de criação de sistema de espinagem como "um absurdo".

Vídeos