PUBLICIDADE
Topo

Reverendo chora e admite culpa: “queria ter vacina para o Brasil”

03/08/2021 17h00

O reverendo Amilton Gomes de Paula foi às lágrimas hoje, durante a CPI da Covid, e se disse culpado por "ter estado nessa alteração das vacinas". Ele também afirmou que queria "vacinas para o Brasil" após a morte de um conhecido por covid. O religioso é suspeito de intermediar uma venda supostamente superfaturada da AstraZeneca ao Ministério da Saúde, sem a autorização da farmacêutica.

A CPI da Covid foi criada no Senado após determinação do Supremo. A comissão, formada por 11 senadores (maioria é independente ou de oposição), investiga ações e omissões do governo Bolsonaro na pandemia do coronavírus e repasses federais a estados e municípios. Tem prazo inicial (prorrogável) de 90 dias. Seu relatório final será enviado ao Ministério Público para eventuais criminalizações.