PUBLICIDADE
Topo

Vídeos

TSE nunca puniu um presidente, mas formação atual parece disposta a ir para embate | Carolina Brígido

03/08/2021 18h57

Em participação no UOL News, a colunista Carolina Brígido, setorista de Judiciário no UOL, fala sobre os inquéritos no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e no STF (Supremo Tribunal Federal) que envolvem o nome do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e podem torná-lo inelegível para 2022. Brígido vê mais chances do avanço do processo no TSE, mas lembra: "TSE nunca puniu um presidente. Até hoje, nenhum presidente da República perdeu o sono por causa do TSE, mas formação atual parece mais disposta a ir para o embate". Para ela, o recado principal do ministro Barroso, presidente do TSE, foi de que não vai bater-boca com Bolsonaro

Vídeos