PUBLICIDADE
Topo

Diretor da Prevent Senior admite à CPI mudança de código de diagnóstico da covid

22/09/2021 15h36

Durante depoimento à CPI da Covid, o diretor da Prevent Senior, Pedro Batista, admitiu que a operadora recomendou que os médicos alterassem o CID de pacientes com Covid após 14 ou 21 dias do diagnóstico inicial. A afirmação revoltou o senador Otto Alencar, que também é médico.

A CPI da Covid foi criada no Senado após determinação do Supremo. A comissão, formada por 11 senadores (maioria é independente ou de oposição), investiga ações e omissões do governo Bolsonaro na pandemia do coronavírus e repasses federais a estados e municípios. Tem prazo inicial (prorrogável) de 90 dias. Seu relatório final será enviado ao Ministério Público para eventuais criminalizações.