PUBLICIDADE
Topo

Vídeos

Órfã da pandemia diz que corpo do pai teve que ser achado em funerária

18/10/2021 14h45

Kátia Shirlene perdeu ambos os pais pela pandemia e contou na CPI da Covid que a própria irmã teve que procurar o corpo do pai na funerária no dia em que o parente faleceu. "Naquele dia o brasil chegou a 4 mil mortos [na média diária], foi o pico da segunda onda da pandemia.Tiveram que pedir ajuda para minha irmã procurar o meu pai, ela ficou olhando os nomes e os tamanhos dos sacos e depois ela teve que colocar o meu pai dentro do caixão." Kátia não pode nem participar do sepultamento do familiar, que ficou "deixado no chão" antes do enterro. "Fizemos apenas uma oração para o homem que nos tornou as mulheres que somos hoje."

Vídeos