Topo

Entrevistas


Aras vai ser uma tragédia, diz procurador que caçou corruptos

UOL Notícias

28/10/2019 04h00

Considerado o "terror dos políticos" nos anos 1990, o procurador Luiz Francisco de Souza vê com maus olhos o futuro do Ministério Público. Em entrevista ao UOL, ele disse que o novo procurador-geral da República, Augusto Aras, não vai combater a corrupção dos grandes cartéis e dos políticos que se vendem. "Vai ser uma tragédia." Luiz Francisco de Souza foi o responsável pela prisão do ex-senador Luiz Estêvão (ex-MDB, hoje no PRTB), e de Hildebrando Pascoal (ex-DEM). O procurador afirma ter "vergonha" de ter Deltan Dallagnol, como colega no Ministério Público. Critica o coordenador da força-tarefa da Lava Jato no Paraná por dar palestras pagas. Para ele, as chamadas "dez medidas" contra a corrupção são "fascistas" e não têm o apoio dos demais procuradores da República. Luiz Francisco admite ainda que torce para que Jair Bolsonaro (PSL) sofra um impeachment. Ele chama o presidente pejorativamente de "Bozó", um personagem do humorista falecido Chico Anysio, que trabalhava com um crachá da TV Globo. http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2019/10/28/cacador-de-corruptos-dos-anos-90-condena-deltan-dallagnol-e-augusto-aras.htm

Entrevistas