Topo

Vídeos


Foi força de expressão de Bolsonaro, diz porta-voz sobre evangélico no STF

UOL Notícias

10/07/2019 20h15

O porta-voz do Palácio do Planalto, Otávio do Rêgo Barros, afirmou que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) usou uma "força de expressão" ao dizer que indicaria um ministro "terrivelmente evangélico" para o STF (Supremo Tribunal Federal). Rêgo Barros não negou que será um evangélico o indicado por Bolsonaro, mas tentou suavizar a fala do presidente, afirmando que Bolsonaro busca um ministro com "conhecimento técnico, respeito e confiabilidade", disse o porta-voz. "Esta frase, como eu disse inicialmente, trata-se de uma força de expressão de nosso presidente e ele gostaria de lembrar que ao citá-la, fazendo referência à ministra Damares, ele quer retomar também uma vocalização que ele fez em um café da manhã com parlamentares em que ele disse: eu tenho duas ministras e cada uma delas vale por dez de nossos ministros", disse o porta-voz.

Mais Vídeos