Topo

Vídeos


Marco Aurélio vota contra tese que pode anular condenações

UOL Notícias

02/10/2019 15h17

O STF (Supremo Tribunal Federal) retomou na tarde de hoje o julgamento que pode levar à anulação de condenações da Lava Jato, incluindo uma contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A sessão começou pelo voto do ministro Marco Aurélio, contrário à anulação. "Entender que o delatado deve falar após o delator é esquecer que ambos tem condição única no processo, ou seja, de réus", diz Marco Aurélio Mello, em julgamento. O placar deve ficar em 7 a 4.

Vídeos