PUBLICIDADE
Topo

Entrevistas


Não se falou em acabar com o toma lá dá cá, diz líder do governo

UOL Notícias

15/12/2019 02h00

Líder do governo Jair Bolsonaro (sem partido) no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) afirma, em entrevista ao UOL e à Folha de S.Paulo, que não vê como "toma lá dá cá" a destinação mais rápida de emendas parlamentares em troca de apoio a um determinado projeto no Congresso. Para o senador, o pagamento de emendas a parlamentares faz parte do processo orçamentário e "é evidente que [os congressistas] vão sempre influenciar e pedir ao governo, dentro daquilo que foi aprovado, que possa acelerar a liberação de recursos para o atendimento das suas bases". No ano passado, Bolsonaro venceu a eleição presidencial com a promessa de que daria fim na política do toma lá dá cá para aprovar iniciativas do governo, com loteamento de cargos na administração federal e liberação de recursos. O então candidato afirmava que a prática estimula corrupção e era recorrente na gestão de seus antecessores --- Michel Temer (MDB), Dilma Rousseff (PT) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Entrevistas