PUBLICIDADE
Topo

Podcast

Posse de Bola

Programa semanal de futebol com Juca Kfouri, Mauro Cezar Pereira, Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi


Posse de Bola #54: Viradas de Diniz e Luxa, Flamengo embala e Inter lidera

UOL Esporte

07/09/2020 12h48

Com os técnicos Fernando Diniz e Vanderlei Luxemburgo criticados, um pelos resultados e outro o desempenho, São Paulo e Palmeiras conseguiram vitórias de virada na oitava rodada do Brasileirão e acalmaram os ânimos de seus torcedores depois do que haviam apresentado em seus jogos anteriores. Já o Corinthians empatou em casa com o Botafogo e Tiago Nunes chega pressionado para enfrentar o Palmeiras na quinta-feira. O Flamengo de Domènec Torrent venceu mais uma no sábado e se colocou entre os primeiros colocados do campeonato liderado pelo Inter. No podcast Posse de Bola #54, os jornalistas Arnaldo Ribeiro, Eduardo Tironi, Juca Kfouri e Mauro Cezar Pereira analisam a atuação dos técnicos na rodada, se as críticas sofridas por Fernando Diniz, Tiago Nunes, Vanderlei Luxemburgo são pertinentes, além das reclamações pelo rodízio de Domènec no Flamengo, a situação de Gabigol, que saiu descontente após garantir a vitória do Rubro-negro contra o Fortaleza, o Vasco de Ramon se mantendo entre os primeiros e o Grêmio de Renato Portaluppi, com mais um empate, entre os últimos colocados. Em relação ao fato de o Flamengo atual poupar jogadores como Gabigol, Mauro Cezar Pereira lembra a forma como Luiz Felipe Scolari era elogiado por rodar o elenco quando foi campeão com o Palmeiras em 2018 e vê um tratamento diferente a Domènec Torrent, mesmo em relação a outros estrangeiros que trabalham hoje no Brasil. "Felipão foi elogiadíssimo por isso, porque ele foi muito bem, ele usou o elenco que tinha a sua disposição e um dos campeonatos que disputava ele ganhou, foi o Campeonato Brasileiro. Então, evidentemente ele soube usar o seu elenco. Para que existe o elenco? Para ser utilizado. E aí quando chega um técnico de fora, e é estranho essa coisa do Domènec Torrent, porque o Sampaoli faz isso, o Coudet faz isso, para ficar só nos estrangeiros. O Coudet colocou um time