Topo

Vídeos


Procurador não é juiz, e Ilação não é prova, diz Collor após ação da PF

UOL Notícias

14/10/2019 15h24

O senador Fernando Collor (Pros-AL) voltou a atacar hoje a Polícia Federal e o MPF (Ministério Público Federal) ao se defender das investigações da operação Arremate, realizada na última sexta-feira (11), com o cumprimento de mandados de busca e apreensão em endereços ligados ao parlamentar. A PF apura se o congressista teria utilizado um assessor como laranja para aquisição de imóveis que totalizam R$ 6 milhões. Collor pediu a palavra no começo da sessão deliberativa desta tarde no Senado. Em discurso, afirmou não ter "a mais mínima vinculação com os fatos" e que a suspeita surgiu de um "vazamento seletivo, objetivo e cruel".

Vídeos