Topo

Entrevistas


PT precisa falar para além de um terço do eleitorado, diz líder do partido

UOL Notícias

16/11/2019 01h59

Líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE) afirma, em entrevista ao UOL e à Folha de S.Paulo, que a sigla precisa se reinventar para disputar as próximas eleições e começar a dialogar além da sua "base social", que representaria, segundo ele, um terço da sociedade. Para o senador, o PT, desgastado pela Operação Lava Jato, precisou "se fechar em copas" e "dar ordem unida à tropa de resistir" a fim de sobreviver ao pleito de 2018. "Se considerarmos todo o massacre que o partido sofreu, nós chegamos perto", diz ele, em referência à derrota de Fernando Haddad para Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno da disputa pela Presidência. O parlamentar afirma ainda ver a legenda muito "contaminada" pela repercussão dos escândalos e denúncias de corrupção que ocorreram na esteira da Lava Jato. Por outro lado, ele aponta um caminho: "Aos poucos, o partido vai saindo dessa posição e vai compreendendo, por exemplo, que nós não podemos continuar falando só para aquele terço da população que é a nossa base social." Leia mais

Entrevistas