Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2012/04/16/sem-terra-ocupam-ministerio-do-desenvolvimento-agrario.htm
  • totalImagens: 58
  • fotoInicial: 41
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20120416105906
    • MST [21731];
    • Brasília [5301]; Centro-Oeste [53199];
    • Ministério do Desenvolvimento Agrário [61163]; Ocupação [32965]; MST [21731]; aplicativo notícias [55626];
Fotos
16.abr.2012 - O MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) ocupou na manhã desta segunda-feira (16) o prédio do Ministério de Desenvolvimento Agrário em Brasília. Segundo o movimento, o ato é parte da programação do "Abril Vermelho", como o MST chama a onda de protestos e invasões que faz anualmente para lembrar o massacre de Eldorado dos Carajás, ocorrido em 17 de abril de 1996 Marcello Casal/Agência Brasil Mais
16.abr.2012 - O MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) ocupou na manhã desta segunda-feira (16) o prédio do Ministério de Desenvolvimento Agrário em Brasília. Segundo o movimento, o ato é parte da programação do "Abril Vermelho", como o MST chama a onda de protestos e invasões que faz anualmente para lembrar o massacre de Eldorado dos Carajás, ocorrido em 17 de abril de 1996 Marcello Casal/Agência Brasil Mais
16.abr.2012 - O MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) ocupou na manhã desta segunda-feira (16) o prédio do Ministério de Desenvolvimento Agrário em Brasília. Segundo o movimento, o ato é parte da programação do "Abril Vermelho", como o MST chama a onda de protestos e invasões que faz anualmente para lembrar o massacre de Eldorado dos Carajás, ocorrido em 17 de abril de 1996 Marcello Casal/Agência Brasil Mais
16.abr.2012 - O MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) ocupou na manhã desta segunda-feira (16) o prédio do Ministério de Desenvolvimento Agrário em Brasília. Segundo o movimento, o ato é parte da programação do "Abril Vermelho", como o MST chama a onda de protestos e invasões que faz anualmente para lembrar o massacre de Eldorado dos Carajás, ocorrido em 17 de abril de 1996 Marcello Casal/Agência Brasil Mais
16.abr.2012 - O MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) ocupou na manhã desta segunda-feira (16) o prédio do Ministério de Desenvolvimento Agrário em Brasília. Segundo o movimento, o ato é parte da programação do "Abril Vermelho", como o MST chama a onda de protestos e invasões que faz anualmente para lembrar o massacre de Eldorado dos Carajás, ocorrido em 17 de abril de 1996 Marcello Casal/Agência Brasil Mais
16.abr.2012 - O MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) ocupou nesta segunda-feira (15) o Palácio da Abolição, sede do governo cearense, para cobrar soluções aos efeitos da estiagem. Segundo o movimento, o ato é parte da programação do "Abril Vermelho", como o MST chama a onda de protestos e invasões que faz anualmente para lembrar o massacre de Eldorado dos Carajás, ocorrido em 17 de abril de 1996 Divulgação/MST Mais
16.abr.2012 - O MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) ocupou na manhã desta segunda-feira (16) o prédio do Ministério de Desenvolvimento Agrário em Brasília. Mais de 1.500 trabalhadores ocuparam o local para pedir uma audiência com a presidente Dilma Rousseff. Segundo o movimento, o ato é parte da programação do "Abril Vermelho", como o MST chama a onda de protestos e invasões que faz anualmente para lembrar o massacre de Eldorado dos Carajás, ocorrido em 17 de abril de 1996 Divulgação/MST Mais
16.abr.2012 - O MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) ocupou na manhã desta segunda-feira (16) o prédio do Ministério de Desenvolvimento Agrário em Brasília. Mais de 1.500 trabalhadores ocuparam o local para pedir uma audiência com a presidente Dilma Rousseff. Segundo o movimento, o ato é parte da programação do "Abril Vermelho", como o MST chama a onda de protestos e invasões que faz anualmente para lembrar o massacre de Eldorado dos Carajás, ocorrido em 17 de abril de 1996 Divulgação/MST Mais
16.abr.2012 - Integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) invadem o Ministério do Desenvolvimento Social, na Esplanada dos Ministerios, em Brasília. Segundo o movimento, o ato é parte da programação do "Abril Vermelho", como o MST chama a onda de protestos e invasões que faz anualmente para lembrar o massacre de Eldorado dos Carajás, ocorrido em 17 de abril de 1996 Lula Marques/Folhapress Mais
16.abr.2012 - Integrantes do Movimento dos Sem Terra (MST) montam acampamento nesta segunda-feira (16) na sede do Incra no bairro de Sussuarana, em Salvador (Bahia). Eles também entraram no prédio do Ministério do Desenvolvimento Agrário em Brasília. Os manifestantes reclamam da demora no processo de reforma agrária no país e pedem agilidade do governo federal Arestides Baptista/Ag. A Tarde Mais
16.abr.2012 - Integrante do MST agita bandeira em frente ao prédio do Ministério do Desenvolvimento Agrário, em Brasília. O movimento realiza uma série de ocupações e protestos pelo país nesta segunda-feira (16). A principal manifestação acontece em Brasília, onde cerca de 1,5 mil sem-terra ocuparam, nesta manhã, o prédio do ministério. O alvo principal dos protestos é a presidente Dilma Rousseff, que teria reduzido o ritmo de criação de assentamentos e cortado crédito para área Ueslei Marcelino/Reuters Mais
16.abr.2012 - Crianças e jovens que acompanham manifestantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) se refrescam em monumento ao ex-presidente Castelo Branco, que fica próximo ao Palácio da Abolição, sede do governo do Ceará, em Fortaleza, após ocupação do local realizada na manhã desta segunda-feira (16). O movimento realiza uma série de ocupações e protestos pelo país contra a presidente Dilma Rousseff, que teria reduzido o ritmo de criação de assentamentos e cortado crédito para área, e também para lembrar o massacre de Eldorado dos Carajás (PA), em 1996 José Leomar/Agência Diário Mais
17.abr.2012 - Altura do km 28 da rodovia Anhanguera, em São Paulo (SP), fechada por integrantes do MST, que promovem bloqueios simultâneos em várias rodovias do país. Segundo o movimento, o ato é parte da programação do "Abril Vermelho", como o MST chama a onda de protestos e invasões que faz anualmente para lembrar o massacre de Eldorado dos Carajás, ocorrido em 17 de abril de 1996 Rafael Brito/Futura Press Mais
17.abr.2012 - Integrantes do MST interditam rodovia Anhanguera, em SP, como parte dos bloqueios simultâneos promovidos pelo movimento em várias rodovias do país. Segundo o movimento, o ato é parte da programação do "Abril Vermelho", como o MST chama a onda de protestos e invasões que faz anualmente para lembrar o massacre de Eldorado dos Carajás, ocorrido em 17 de abril de 1996 Guilherme Balza/UOL Mais
17.abr.2012 - Integrantes do MST interditam rodovia Anhanguera, em SP, como parte dos bloqueios simultâneos promovidos pelo movimento em várias rodovias do país. Segundo o movimento, o ato é parte da programação do "Abril Vermelho", como o MST chama a onda de protestos e invasões que faz anualmente para lembrar o massacre de Eldorado dos Carajás, ocorrido em 17 de abril de 1996 Guilherme Balza/UOL Mais
17.abr.2012 - Motoristas aguardam liberação da rodovia Anhanguera, em SP, uma das vias fechadas pelos integrantes do MST em várias rodovias do país. Segundo o movimento, o ato é parte da programação do "Abril Vermelho", como o MST chama a onda de protestos e invasões que faz anualmente para lembrar o massacre de Eldorado dos Carajás, ocorrido em 17 de abril de 1996 Guilherme Balza/UOL Mais
17.abr.2012 - Integrantes do MST interditam rodovia Anhanguera, em SP, como parte dos bloqueios simultâneos promovidos pelo movimento em várias rodovias do país. Segundo o movimento, o ato é parte da programação do "Abril Vermelho", como o MST chama a onda de protestos e invasões que faz anualmente para lembrar o massacre de Eldorado dos Carajás, ocorrido em 17 de abril de 1996 Guilherme Balza/UOL Mais
17.abr.2012 - Integrantes do MST montam feira em trecho interditado da rodovia Anhanguera, em SP. O movimento promove bloqueio simultâneos em várias rodovias do país, para cobrar punição aos responsáveis pelo Massacre de Eldorado dos Carajás (PA), ocorrido há 16 anos Guilherme Balza/UOL Mais
17.abr.2012 - Integrantes do MST interditam a rodovia PE-60 no Cabo de Santo Agostinho/Ipojuca, em Pernambuco, como parte do Abril Vermelho, uma luta pela reforma agrária e pela punição dos responsáveis pela morte de 21 sem-terra pela polícia em Eldorado dos Carajás, no Pará, em 17 de abril de 1996 Guga Matos/Agência Estado Mais
17.abr.2012 - Integrantes do MST jogam bola na Esplanada dos Ministérios durante reunião dos lideres do movimento de todo pais com o ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, na sede do ministério em Brasília Lula Marques/Folhapress Mais
17.abr.2012 - Integrantes do MST jogam bola na Esplanada dos Ministérios durante reunião dos lideres do movimento de todo pais com o ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, na sede do ministério em Brasília Lula Marques/Folhapress Mais
17.abr.2012 - Cruzes de madeira são utilizadas em atodo Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) participam durante ocupação da sede do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). O grupo deixou o local após quase 24 horas de ocupação, que foi iniciada ontem (16). O MST realiza uma série de protestos e ocupações pelo país durante o Abril Vermelho, com o propósito de criticar a demora do governo para implementação da reforma agrária e a impunidade aos ataques contra integrantes do grupo Elza Fiúza/ Agência Brasil Mais
17.abr.2012 - Com cruzes de madeira, integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) participam de ato durante ocupação da sede do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). O grupo deixou o local após quase 24 horas de ocupação, que foi iniciada ontem (16). O MST realiza uma série de protestos e ocupações pelo país durante o Abril Vermelho, com o propósito de criticar a demora do governo para implementação da reforma agrária e a impunidade aos ataques contra integrantes do grupo Elza Fiúza/ Agência Brasil Mais
18.abr.2012 - Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST) deixam nesta quarta- feira a área onde funciona o Laboratório Nacional Agropecuário (Lanagro), em Sarandi, no Norte gaúcho. Uma operação policial foi realizada pela manhã e um acordo garantiu a saída pacífica dos cerca de 300 integrantes do grupo. O MST realiza uma série de protestos e ocupações pelo país durante o Abril Vermelho, com o propósito de criticar a demora do governo para implementação da reforma agrária Diogo Zanata/Agência RBS/ AE Mais
18.abr.2012 - Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST) deixam nesta quarta- feira a área onde funciona o Laboratório Nacional Agropecuário (Lanagro), em Sarandi, no Norte gaúcho. Uma operação policial foi realizada pela manhã e um acordo garantiu a saída pacífica dos cerca de 300 integrantes do grupo. O MST realiza uma série de protestos e ocupações pelo país durante o Abril Vermelho, com o propósito de criticar a demora do governo para implementação da reforma agrária Diogo Zanata/Agência RBS/ AE Mais
19.abr.2012 - Integrantes do MST protestam nesta quinta-feira em frente a prédio do governo de Santa Catarina, em Florianópolis. Os manifestantes querem uma reunião com o governador Raimundo Colombo Antonio C. Mafalda/Futura Press Mais
19.abr.2012 - Manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) protestam nesta quinta-feira no estacionamento do Ministério do Planejamento, em Brasília. Eles seguram faixas com cobranças ao governo federal de rapidez na reforma agrária Marcello Casal Jr./ABr Mais
19.abr.2012 - Manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) protestam nesta quinta-feira no estacionamento do Ministério do Planejamento, em Brasília, para pedir rapidez na reforma agrária. Na terça-feira (17), o ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, informou a representantes do movimento que eles receberão resposta na tarde de hoje Marcello Casal Jr./ABr Mais
19.abr.2012 - Manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) protestam nesta quinta-feira no estacionamento do Ministério do Planejamento, em Brasília Marcello Casal Jr./ABr Mais
19.abr.2012 - Manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) protestam nesta quinta-feira no estacionamento do Ministério do Planejamento, em Brasília, para pedir rapidez na reforma agrária. Na terça-feira (17), o ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, informou a representantes do movimento que eles receberão resposta na tarde de hoje Marcello Casal Jr./ABr Mais
19.abr.2012 - Membros do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) protestam nesta quinta-feira no estacionamento do Ministério do Planejamento, em Brasília. Eles seguram faixas com cobranças ao governo federal de rapidez na reforma agrária Marcello Casal Jr./ABr Mais
19.abr.2012 - Manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) protestam nesta quinta-feira no estacionamento do Ministério do Planejamento, em Brasília Marcello Casal Jr./ABr Mais
19.abr.2012 - Manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) protestam nesta quinta-feira no estacionamento do Ministério do Planejamento, em Brasília. Eles seguram faixas com cobranças ao governo federal de rapidez na reforma agrária Marcello Casal Jr./ABr Mais
19.abr.2012 - Manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) protestam nesta quinta-feira no estacionamento do Ministério do Planejamento, em Brasília, para pedir rapidez na reforma agrária. Na terça-feira (17), o ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, informou a representantes do movimento que eles receberão resposta na tarde de hoje Marcello Casal Jr./ABr Mais
19.abr.2012 - Membros do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) protestam nesta quinta-feira no estacionamento do Ministério do Planejamento, em Brasília Marcello Casal Jr./ABr Mais
19.abr.2012 - Manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) disseram que passarão o dia no estacionamento do Ministério do Planejamento. Eles seguram faixas em que cobram do governo federal rapidez na reforma agrária Marcello Casal Jr./ABr Mais
8.abr.2013 - Grupo de famílias do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra) se reúne no município de Camaçari, região metropolitana de Salvador, nesta segunda-feira (08), antes de dar início a uma marcha de cerca de 50 quilômetros em direção à capital baiana Paula Fróes/BA Press/Futura Press Mais
10.abr.2013 - Integrantes do MST (Movimento dos Sem-Terra) realizam marcha da cidade de Lauro de Freitas até Salvador, na Bahia, nesta quarta-feira (10). O grupo saiu na segunda-feira de Camaçari e pretende chegar na capital baiana amanhã. Segundo informação do site do MST, cinco mil pessoas participam da coluna Claudio Cassiano/Ba Press/Futura Press Mais
11.abr.2013 - Integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra) realizam nesta quinta-feira (11) uma marcha em Salvador, em direção ao Centro Administrativo da Bahia, com o objetivo de conseguir uma reunião com o governador Jacques Wagner (PT). A marcha teve início na terça-feira (9), em Camaçari, município da região metropolitana de Salvador, a cerca de 50 quilômetros da capital Marco Aurélio Martins/Agência A Tarde/Estadão Conteúdo Mais
16.abr.2013 - O Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) ocupa o prédio do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) em Porto Alegre, na manhã desta terça-feira (16). A ocupação faz parte da série de manifestações que acontecem no mês de abril, também conhecidas como Abril Vermelho Diogo Sallaberry/Futura Press Mais
17.abr.2013 - No Dia Mundial da Luta Campesina, manifestantes da Via Campesina, ligados ao MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) ocupam o prédio da Secretária de Educação de Porto Alegre, na manhã desta quarta-feira (17). Os camponeses realizaram uma marcha até o local, onde fizeram uma reunião com a Secretária Adjunta da Educação, Maria Eulália Nascimento Diogo Sallaberry/Futura Press Mais
17.abr.2013 - Integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), acampados na sede do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), em Belém, realizam marcha para relembrar os 17 anos do Massacre de Eldorado dos Carajás Igor Mota/Futura Press Mais
17.abr.2013 - Manifestantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) percorrem a Esplanada dos Ministérios e a praça dos Três Poderes, em Brasília, pedindo o fim da impunidade no campo, em memória dos 19 mortos no massacre de Eldorado dos Carajás (PA), ocorrido há 17 anos Antonio Cruz/Agência Brasil Mais
17.abr.2013 - Manifestantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) percorrem a Esplanada dos Ministérios e a praça dos Três Poderes, em Brasília, pedindo o fim da impunidade no campo, em memória dos 19 mortos no massacre de Eldorado dos Carajás (PA), ocorrido há 17 anos Antonio Cruz/Agência Brasil Mais
17.abr.2013 - Manifestantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) percorrem a Esplanada dos Ministérios e a praça dos Três Poderes, em Brasília, pedindo o fim da impunidade no campo, em memória dos 19 mortos no massacre de Eldorado dos Carajás (PA), ocorrido há 17 anos Antonio Cruz/Agência Brasil Mais
17.abr.2013 - Manifestantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) percorrem a Esplanada dos Ministérios e a praça dos Três Poderes, em Brasília, pedindo o fim da impunidade no campo, em memória dos 19 mortos no massacre de Eldorado dos Carajás (PA), ocorrido há 17 anos Antonio Cruz/Agência Brasil Mais
17.abr.2013 - Manifestantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) percorrem a Esplanada dos Ministérios e a praça dos Três Poderes, em Brasília, pedindo o fim da impunidade no campo, em memória dos 19 mortos no massacre de Eldorado dos Carajás (PA), ocorrido há 17 anos Antonio Cruz/Agência Brasil Mais
17.abr.2013 - Manifestantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) percorrem a Esplanada dos Ministérios e a praça dos Três Poderes, em Brasília, pedindo o fim da impunidade no campo, em memória dos 19 mortos no massacre de Eldorado dos Carajás (PA), ocorrido há 17 anos Antonio Cruz/Agência Brasil Mais
17.abr.2013 - Membros do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) distribuem alimentos produzidos em acampamentos e assentamentos do movimento no entorno de Brasília, próximo a rodoviária do Plano Piloto, na capital brasileira, nesta quarta-feira (17). O objetivo do ato, segundo o MST, é mostrar que a reforma agrária leva à produção de alimentos de qualidade, sem o uso de agrotóxicos, e em quantidade. Foram distribuídas duas toneladas de alimentos, segundo os organizadores do ato Beto Nociti/Futura Press Mais
17.abr.2013 - Manifestantes deixam velas e cruzes em frente ao Palácio da Justiça de Porto Alegre, em homenagem às vitimas do massacre que deixou 19 sem terra mortos, na cidade de Eldorado dos Carajás, no Pará. A vigília foi realizada para lembrar os 17 anos, completados nesta quarta-feira (17), da série de assassinatos. Durante o protesto, os manifestantes cantaram em memória dos falecidos Diogo Sallaberry/Futura Press Mais
18.abr.2013 - Integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) fazem manifestação em frente à sede do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), em Brasília Wilson Dias/Agência Brasil Mais
Cerca de 150 manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Movimento Camponês Popular (MCP) e Movimento dos Atingidos por Barragem (MAB), além de quilombolas e trabalhadores da Federação Única dos Petroleiros (FUP) ocupam o Ministério de Minas e Energia (MME), na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, segundo a Polícia Militar Antônio Cruz/ABr Mais
Cerca de 150 manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Movimento Camponês Popular (MCP) e Movimento dos Atingidos por Barragem (MAB), além de quilombolas e trabalhadores da Federação Única dos Petroleiros (FUP) ocupam o Ministério de Minas e Energia (MME), na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, segundo a Polícia Militar Antônio Cruz/ABr Mais
Cerca de 150 manifestantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Movimento Camponês Popular (MCP) e Movimento dos Atingidos por Barragem (MAB), além de quilombolas e trabalhadores da Federação Única dos Petroleiros (FUP) ocupam o Ministério de Minas e Energia (MME), na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, segundo a Polícia Militar Antônio Cruz/ABr Mais
13.mai.2013 - Manifestantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), MCP (Movimento Camponês Popular) e MAB (Movimento dos Atingidos por Barragem), além de quilombolas e trabalhadores da FUP (Federação Única dos Petroleiros), ocupam o Ministério de Minas e Energia, em Brasília. Eles protestam contra os leilões para exploração de petróleo e privatização de barragens Antonio Cruz/Agência Brasil Mais
15.mai.2013 - Integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) protestam contra o segundo adiamento do julgamento do fazendeiro Adriano Chafik Luedy, principal acusado pelo chamado Massacre de Felisburgo, quando cinco agricultores foram assassinados por 17 pistoleiros, em 2004 Antonio Cruz/Agência Brasil Mais
23.mai.2013 - Manifestantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) e do movimento Revolta do Busão, que luta contra o aumento do preço da passagem de ônibus e pede melhores condições para o transporte público da cidade, tentam invadir prefeitura de Natal, na avenida Ulisses Caldas. A via precisou ser interditada e a Guarda Civil da cidade foi mobilizada para conter o protesto, que passou por outras vias da cidade como a BR-101 e a avenida Salgado Filho Via Certa Natal / Divulgação Mais
28.mai.2013 - Integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) protestam em frente ao Congresso Nacional, em Brasília. O movimento cobra da presidente Dilma o assentamento imediato das 90 mil famílias do Acampamento Nacional Hugo Chávez e denuncia o processo de paralisação da reforma agrária no país Wilson Dias/Agência Brasil Mais

Sem-terra realizam manifestações pelo país

Últimos álbuns de Notícias

titulo-box Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos