Informações sobre o álbums
  • editoria:Geral
  • galeria: Enquete
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2013/01/04/acidentes-aereos-no-brasil-e-no-mundo.htm
  • totalImagens: 780
  • fotoInicial: 0
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20110610213816
Fotos
17.abr.2014 - Um avião bimotor, que tentou fazer um pouso forçado em Iranduba, no Amazonas, na tarde de quarta-feira (16), foi localizado nesta quinta-feira (17). A aeronave caiu em um matagal, dentro de um sítio, próximo a uma rodovia que passa por Iranduba. O avião ia de Canutama (AM) para Manaus com piloto e copiloto, que tiveram ferimentos leves Edmar Barros/Futura Press/Estadão ConteúdoMais
16.abr.2014 - Um helicóptero das Forças de Defesa da Namíbia caiu na última sexta-feira (11) na Base Aérea Grootfontein Nampa/ XinhuaMais
15.abr.2014 - Submarino não tripulado da Marinha dos EUA é acionado no oceano Índico para participar das buscas ao voo MH370 da Malaysia Airlines, desaparecido desde 8 de março. O equipamento, batizado de Bluefin-21, teve sua primeira missão interrompida nesta terça-feira (15), após ultrapassar os 4.500 metros de profundidade, limite de sua operação Divulgação/Ministério da Defesa da Austrália/ReutersMais
13.abr.2014 - Navio da Marinha Real da Austrália, guiado por helicóptero da Força Aérea Real da Nova Zelândia, faz buscas pelo avião da Malaysia Airlines no Oceano Índico. A Austrália estuda colocar um robô subaquático para ajudar nas buscas. A aeronave desapareceu em 8 de março, com 227 passageiros e 12 tripulantes a bordo Greg Wood/Pool/ReutersMais
12.abr.2014 - Mapa detalha, em amarelo, as áreas do oceano Índico que serão investigadas em busca de indícios do voo MH370 da Malaysia Airlines, sumido desde 8 de março. As áreas em cinza representam os locais já verificado Centro de Coordenação da Agência Conjunta/APMais
11.abr.2014 - Duas pessoas morreram em um acidente com um pequeno avião nas montanhas perto de Schierke, na Alemanha, nesta sexta-feira (11). De acordo com uma testemunha que viu o acidente, a aeronave bateu contra uma antena de 27 metros de uma estação meteorológica Matthias Bein/EFEMais
10.abr.2014 - Tripulação a bordo do navio da Marinha australiana HMAS Perth (à esquerda) acompanha reabastecimento no mar, feito por outro navio australiano, enquanto o Perth continua a procurar destroços do voo 370 da Malaysian Airlines. Estimativas da Reuters mostram que a busca pelo Boeing desaparecido desde 8 de março já custou pelo menos U$ 44 milhões (quase R$ 100 milhões) tornando-se a busca mais cara da história da aviação, com a contribuição de 26 países Secretaria de Defesa da Austrália/Divulgação/ReutersMais
9.abr.2014 - O empresário Clayton Finger, 66, dono da rede de joalherias Gold Finger, morreu no fim da manhã desta quarta-feira (9) após o avião que pilotava cair na cabeceira do Aeroporto de Americana (127 km de São Paulo). O empresário era casado, deixa mulher e cinco filhos Luiz Ricardo da Silva/TodoDia ImagemMais
24.mar.2014 - Em imagem de arquivo, engenheiro inspeciona o submarino não tripulado 'Abyss' no Centro Helmholtz para Pesquisa Oceano, em Kiel (Alemanha). O 'Abyss', um dos três únicos submarinos autônomos de pesquisa em mar profundo participa da busca por destroços do avião da Malaysia Airlines desaparecido desde 8 de março. Nesta quarta-feira (9), o coordenador das buscas afirmou esperar encontrar restos do avião nos próximos dias, conforme novos sinais de caixa-preta foram registrados Fabian Bimmer/ReutersMais
9.abr.2014 - O navio australiano "Ocean Shield" participa das operações de busca do voo 370 da Malaysia Airlines, desaparecido desde 8 de março. Os responsáveis pela procura informaram que nenhum submersível a bordo do Ocean Shield será usado até que haja elementos mais concretos. Novos sinais que podem ser de caixa-preta, registrados na terça (8), diminuíram ainda mais a área de buscas no oceano Índico Departamento de Defesa da Austrália/XinhuaMais
8.abr.2014 - Familiares choram ao acender velas em um bolo para marcar o aniversário de 21 anos de um dos passageiros que morreu a bordo do vôo MH370 da Malaysia Airlines, no Hotel Lido, em Pequim, na China ReutersMais
7.abr.2014 - Angus Houston, chefe do grupo que lidera a procura pelo voo 370 da Malaysia Airlines, aponta gráfico da área de busca, durante coletiva de imprensa na manhã (horário de Brasília) desta segunda-feira (7), em Perth (Austrália). Um navio da Marinha australiana detectou novos sinais submarinos que coincidem com aqueles emitidos por caixas-pretas, constituindo a pista mais promissora até o momento sobre o paradeiro do Boeing desaparecido desde 8 de março Greg Wood/AFPMais
4.abr.2014 - O veículo submarino autônomo Bluefin 21 é içado de volta ao navio australiano Ocean Shield após teste bem sucedido de flutuabilidade no sul do Oceano Índico Australian Defence Force/ReutersMais
O ministro interino dos Transportes da Malásia, Hishammuddin Hussein, conversa com jornalistas sobre as buscas ao voo MH370 da Malaysia Airlines, que fez seu último contato com o controle de tráfego aéreo em 8 de março Getty ImagesMais
3.abr.2014 - Familiar de passageiro do voo MH370, da Malaysia Airlines, espera por informações em hotel de Pequim, na China. O primeiro-ministro da Malásia afirmou que o país não vai descansar até esclarecer o mistério do voo desaparecido desde 8 de março Wang Zhao/AFPMais
3.abr.2014 - Familiar de passageiro do voo MH370, da Malaysia Airlines, espera por informações em hotel de Pequim, na China. O primeiro-ministro da Malásia afirmou que o país não vai descansar até esclarecer o mistério do voo desaparecido desde 8 de março Wang Zhao/AFPMais
O primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, explica a jornalistas os detalhes sobre as buscas ao voo MH370, da Malaysia Airlines, que fez seu último contato com o controle de tráfego aéreo no dia 8 de março AFPMais
24.mar.2014 - No dia em que o governo da Malásia anunciou, oficialmente, que o voo MH370 havia caído no oceano Índico, o jornal norte-americano The New York Times trouxe a manchete do dia embaixo de um anúncio da gigante Apple em que uma pessoa debaixo d'água aparece ao lado de um convite: "Veja as maneiras únicas em que as pessoas estão usando o Ipad ao redor do mundo". O anúncio foi considerado inapropriado pelo público Reprodução/TwitterMais
25.mar.2014 - Ministério dos Transportes da Malásia postou um tuíte pedindo que o oceano Índico tomasse cuidado, abraçasse e aquecesse as vítimas do voo MH370, desaparecido desde o dia 8 de março no oceano Índico Reprodução/TwitterMais
31.mar.2014 - Parentes chineses de passageiros do voo 370 da Malaysian Airlines, desaparecido desde 8 de março, são consolados por monges após orações em templo budista em Petaling Jaya (Malásia), nesta segunda-feira (31). A operação para localizar o Boeing 777 desaparecido no Oceano Índico foi expandida, segundo autoridades australianas. Dez aeronaves e dez navios buscam destroços do acidente, que matou as 239 pessoas a bordo Azhar Rahim/EPA/EfeMais
31.mar.2014 - O primeiro-ministro australiano, Tony Abbott, fala em coletiva de imprensa realizada na base da Força Aérea, em Perth (Austrália), nesta segunda-feira (31). Abbott disse que não há limite de tempo para parar de procurar por destroços do Boeing 777 da Malysia Airlines desaparecido desde 8 de março Lui Siu Wai/XinhuaMais
30.mar.2014 - 30.mar.2014 - Pessoas acendem velas em homenagem aos passageiros do voo MH 370, da Malaysia Airlines, em Kuala Lumpur (Malásia), neste domingo (30) Wang Shen/XinhuaMais
30.mar.2014 - O primeiro-ministro da Austrália, Tony Abbott, anda ao lado do comandante da Força Aérea australiana, Craig Heap (terceiro à esquerda), durante visita de Abbott a base aérea de Pearce, perto de Perth (Austrália), nesta segunda-feira (31). O governo australiano coordena às buscas pelo avião da Malaysia Airlines que desapareceu no começo do mês Jason Reed/ReutersMais
30.mar.2014 - Pessoas acendem velas em homenagem aos passageiros do voo MH 370, da Malaysia Airlines, em Kuala Lumpur (Malásia), neste domingo (30) Athit Perawongmetha/ReutersMais
30.mar.2014 - Parentes dos passageiros do voo MH370, da Malaysia Airlines, chegam a hotel em Kuala Lampur. Os chineses, que voaram de Pequim à Malásia, são familiares de 30 passageiros chineses ainda desaparecidos Wang Shen/XinhuaMais
30.mar.2014 - Voluntários soltam balões durante evento em homenagem aos passageiros do voo MH370, da Malaysian Airline, desaparecido há três semanas. A Malásia continua responsável por coordenar a operação de buscas pelo avião, que ocorre no Oceano Índico Azhar Rahim/EFE/EPAMais
29.mar.2014 - Um vídeo no Youtube mostra o momento em que o Fokker-100 da Avianca pousou ontem à tarde no aeroporto de Brasília Reprodução/YouTubeMais
29.mar.2014 - Parente de passageiro do voo da MH370 Malaysia Airlines descansa durante encontro com oficiais malaios em Pequim, China Alexander F. Yuan/APMais
28.mar.2014 - Pessoas observam destroços de avião da Força Aérea indiana que caiu nesta sexta-feira (28) no Estado de Madhya, na Índia. Os cinco tripulantes da aeronave morreram no acidente ReutersMais
Companhia aérea British Airways enviou um comunicado pedindo desculpas pelo anúncio veiculado em aeroportos e na Internet em que sugere que seus clientes 'descubram' o oceano Índico. A campanha ocorreu no mesmo momento em que as atenções estão voltadas para as buscas ao voo MH370, desaparecido no oceano Índico Reprodução/Daily MailMais
Imagem de objetos avistados por um dos aviões que participa da busca pelos destroços do voo MH370 da Malaysia Airlines. A foto foi tirada por um jornalista que estava a bordo do avião BBC/ReproduçãoMais
28.mar.2014 - Muçulmanos participam das orações desta sexta-feira (28) na Mesquita Nacional em Kuala Lumpur, na Malásia, que incluíram uma sessão especial para os desaparecidos do voo MH370 Athit Perawongmetha/ReutersMais
28.mar.2014 - Mapa da Autoridade Marítima Australiana mostra uma nova área de buscas do voo MH370 no Oceano Índico Alan Porritt/EfeMais
28.mar.2014 - Homem a bordo do navio HMAS Success, da Marinha australiana, procura destroços do voo MH370 no Oceano Índico Australian Defence Force/ReutersMais
27.mar.2014 - O dublê Ju Kun posa para foto na parte de trás do novo Pinewood Studios, em Johor Bahru, Malásia. Ju Kun, cujos créditos incluem o aclamado épico de artes marciais "O Grande Mestre", estava entre os passageiros do voo da Malaysia Airlines que desapareceu no dia 8 de março Brian Ho/APMais
26.mar.2014 - Foto registrou o jovem Yuchen Li que estava no voo MH370 da Malaysia Airlines e havia terminado o doutorado em engenharia na Universidade de Cambridge, no Reino Unido, e se casado com Mingei Ma, sua colega na faculdade Reprodução/ Facebook/ Churchill CollegeMais
A rainha da Malásia, Raja Agong Tuanku Hajah Haminah, foi flagrada às gargalhadas durante evento em um campo de golfe em Kuala Lumpur, capital do país, nesta quarta-feira (26). De acordo com o jornal britânico "Daily Mail", a rainha se divertia enquanto o restante de seu país lamenta o desaparecimento do voo MH370 da Malaysia Airlines e as mortes de todas as 239 pessoas que estavam a bordo Reprodução/Daily Mail/Getty ImagesMais
A rainha da Malásia, Raja Agong Tuanku Hajah Haminah, foi flagrada às gargalhadas durante evento em um campo de golfe em Kuala Lumpur, capital do país, nesta quarta-feira (26). De acordo com o jornal britânico "Daily Mail", a rainha se divertia enquanto o restante de seu país lamenta o desaparecimento do voo MH370 da Malaysia Airlines e as mortes de todas as 239 pessoas que estavam a bordo Reprodução/Daily Mail/Getty ImagesMais
26.mar.2014 - Um avião AP-3C Orion da Real Força Aérea Australiana retorna para base aérea da busca pela aeronave da Malaysia Airlines que fazia o voo MH370, no sul do oceano Índico Jason Reed/ReutersMais
26.mar.2014 - Fotografia divulgada pela família mostra o indonésio Firman Siregar (centro) que estava no voo MH370 da Malaysia Airlines.Um escritório de advocacia que representa familiares dos passageiros, entrou com uma petição por informações à operadora do voo, e à Boeing, fabricante da aeronave, segundo a agência Reuters. A petição foi feita em nome do indonésio Januari Siregar, pai de Firman AFPMais
26.mar.2014 - Tripulação do navio quebra-gelo chinês Xuelong preparam ferramentas para resgatar eventuais destroços do voo MH370 no sul do Oceano Índico Zhang Jiansong/XinhuaMais
Alunos do ensino médio seguram velas enquanto fazem oração pelas pessoas a bordo do voo MH370 em Lianyungang, província de Jiangsu, na China, China Daily/ReutersMais
26.mar.2014 - Equipes da Marinha australiana conduzem operações de busca pelo voo MH370 da Malaysia Airlines cerca de 2.500 quilômetros a sudoeste de Perth Australian Defense Department/XinhuaMais
25.mar.2014 - Ayu Suliasti mostra fotos de seus pais, Sugianto e Vinny Chynthya Tio, da Indonésia, que estavam a bordo do voo MH370 da Malaysia Airlines, cuja queda foi confirmada nesta segunda-feira (24) por autoridades da Malásia Dedi Sahputra/EfeMais
25.mar.2014 - Parente de passageiro do voo MH370 desmaia durante protesto realizado em frente à Embaixada da Malásia em Pequim, na China. Dezenas de familiares dos passageiros foram ao local exigir mais respostas para o acidente que causou a morte de 239 pessoas AFPMais
25.mar.2014 - Parente de passageiro do voo MH370 é consolado durante protesto realizado em frente à Embaixada da Malásia em Pequim, na China. Dezenas de familiares dos passageiros foram ao local exigir mais respostas para o acidente que causou a morte de 239 pessoas APMais
25.mar.2014 - Familiar de passageiro do voo MH370 tenta furar bloqueio policial durante protesto em frente à Embaixada da Malásia em Pequim, na China. Parentes das vítimas exigem mais respostas sobre o acidente aéreo que causou a morte de 239 pessoas Mark Ralston/AFPMais
25.mar.2014 - Parente de passageiro do voo MH370 discute durante protesto em frente à Embaixada da Malásia em Pequim, na China. Parentes das vítimas exigem mais respostas sobre o acidente aéreo que causou a morte de 239 pessoas Ng Han Guan/APMais
25.mar.2014 - Os chineses Liu Rusheng, 76, e sua mulher, Bao Yuanhua, 63, eram os passageiros mais velhos a bordo do voo MH370 da Malaysia Airlines, cuja queda foi confirmada por autoridades da Malásia na segunda-feira (24) Reprodução/TwitterMais
25.mar.2014 - Parente de passageiro do voo MH370 chora em protesto realizado em frente à Embaixada da Malásia em Pequim, na China. Dezenas de familiares dos passageiros foram ao local exigir mais respostas para o acidente que causou a morte de 239 pessoas AFPMais
25.mar.2014 - Parente de passageiro do voo MH370 chora em protesto realizado em frente à Embaixada da Malásia em Pequim, na China. Dezenas de familiares dos passageiros foram ao local exigir mais respostas para o acidente que causou a morte de 239 pessoas AFPMais
25.mar.2014 - Parente de passageiro do voo MH370 chora em protesto realizado em frente à Embaixada da Malásia em Pequim, na China. Dezenas de familiares dos passageiros foram ao local exigir mais respostas para o acidente que causou a morte de 239 pessoas Ng Han Guan/APMais
Nelson Faria Marinho ao lado do filho, que morreu na queda do voo AF447, da Air France. Marinho tornou-se presidente da Associação Brasileira de Familiares das Vítimas do Voo 447, a AFVV447 Arquivo PessoalMais
25.mar.2014 - Familiar de passageiro do voo MH370 chora durante protesto em frente à Embaixada da Malásia em Pequim, na China. Parentes das vítimas exigem mais respostas sobre o acidente aéreo que causou a morte de 239 pessoas Kim Kyung-Hoon/ReutersMais
25.mar.2014 - Parentes de passageiros chineses do voo MH370 protestam em frente à Embaixada da Malásia em Pequim. Eles exigem mais respostas sobre o acidente aéreo que causou a morte de 239 pessoas Mark Ralston/AFPMais
25.mar.2014 - Parentes de passageiros chineses do voo MH370 protestam em frente à Embaixada da Malásia em Pequim. Cerca de 30 pessoas se reuniram no local, exigindo um encontro com o embaixador. Eles acusam a Malásia de ter atrasado as buscas e guardado informações Kim Kyung-Hoon/ReutersMais
25.mar.2014 - Parente de passageiro chinês do voo MH370 é consolada em hotel em Bangi, próximo a Kulala Lumpur, na Malásia. Autoridades do país foram criticadas pelo anúncio da queda do avião antes que fossem encontrados destroços Mohd Rasfan/AFPMais
Sistema de localização da Immarsat que permitiu reduzir a área de buscas do voo MH370 BBCMais
25.mar.2014 - Objetos suspeitos são vistos a partir de avião chinês durante sobrevoo de buscas no sul do oceano Índico nesta segunda-feira (24). A força aérea chinesa relata ter descoberto os objetos, levantando a possibilidade de que eles poderiam ser do Boeing 777 da Malaysia Airlines desaparecido desde 8 de março. Também na segunda-feira as autoridades malaias reconheceram a queda do avião, sem sobreviventes Huang Shubo/Xinhua/ReutersMais
25,mar.2014 - Familiar de passageiro a bordo do voo 370 da Malaysia Airlines chora ao lado de outros parentes durante protesto perto do hotel Lido Hotel, em Pequim, onde eram abrigados parentes de passageiros do avião desaparecido desde 8 de março. As buscas por destroços e pelas 239 pessoas a bordo foram suspensas nesta terça-feira (25), devido ao mau-tempo. Na segunda, o governo malaio declarou a queda do Boeing 777 no oceano Índico, reforçado por análises de satélite britânicas. O cartaz diz: "MH370, não vamos esperar muito tempo!" Kim Kyung-Hoon/ReutersMais
24.mar.2014 - Uma aeronave da empresa Cururupu Táxi Aéreo, que saiu de São Luís com destino à cidade de Barreirinhas, no Maranhão, caiu na tarde desta segunda-feira (24) em uma fazenda no município de Humberto Campos (a 178km da capital maranhense) . O avião, de modelo Minuano, levava quatro turistas de São Paulo para conhecer a região. Havia seis pessoas na aeronave, que transportava os quatro turistas, um guia turístico e o piloto. Todos se feriram, mas estão fora de perigo de morrer. Eles foram socorridos pro equipes do GTA (Grupo Tático Aéreo do Maranhão) e atendidos na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Araçagy GTA/DivulgaçãoMais
24.mar.2014 - Uma mulher espera ao lado de fora de uma sala para jornalistas e parentes dos passageiros chineses que estavam a bordo do avião desaparecido Malaysia Airlines em um hotel em Pequim, na China Ng Han Guan/ APMais
24.mar.2014 - Um parente de um dos passageiro que estava a bordo do voo MH370, da Malaysia Airlines, cai na escada rolante do hotel, Lido, em Pequim, na China, enquanto chora depois de assistir a um programa de televisão com a entrevista coletiva do premiê da Malásia, Najib Razak, que anunciou que a aeronave caiu no sul do oceano Índico e que não há sobreviventes Jason Lee/ReutersMais
24.mar.2014 - Familiares dos passageiros do vôo MH370, da Malaysia Airlines, saem em choque de uma sala no hotel Lido, em Pequim, na China, após serem informados de que a aeronave caiu no sul do oceano Índico e que não há sobreviventes entre os 239 ocupantes Mark Ralston/AFPMais
24.mar.2014 -Parentes de passageiros do vôo desaparecido Malaysia Airlines se consolam após coletiva que informou a morte de todos os passageiros e tripulantes do avião, no hotel Lido, em Pequim, na China Mark Ralston/AFPMais
24.mar.2014 - Um familiar de um dos passageiros do vôo MH370 da Malaysia Airlines foi retirado pela equipe médica ao passar mal após receber a notícia de que o avião caiu em uma área remota do oceano Índico e não deixou sobreviventes, no Hotel Lido, em Pequim, na China Goh Chai Hin/AFPMais
24.mar.2014 - Familiares dos passageiros do vôo MH370, da Malaysia Airlines, saem em choque de uma sala no hotel Lido, em Pequim, na China, nesta segunda-feira (24), após serem informados de que a aeronave caiu no sul do oceano Índico e que não há sobreviventes entre os 239 ocupantes. A companhia aérea informou que os parentes podem ser levados para uma "área de recuperação", para se estabilizar após 17 dias de angústia sem ter informações sobre o paradeiro do avião Goh Chai Hin/AFPMais
24.mar.2014 - Familiares dos passageiros do voo MH370 da Malaysian Airlines choram após o anuncio do premiê da Malásia, Najib Razak, de que a aeronave caiu no sul do oceano Índico e que não há sobreviventes entre os 239 ocupantes Ng Han Guan/APMais
24.mar.2014 - Familiares dos passageiros do voo MH370 da Malaysian Airlines choram após o anuncio do premiê da Malásia, Najib Razak, de que a aeronave caiu no sul do oceano Índico e que não há sobreviventes entre os 239 ocupantes Kim Kyung-Hoon/ReutersMais
24.mar.2014 - Familiares dos passageiros do voo MH370 da Malaysian Airlines choram após o anuncio do premiê da Malásia, Najib Razak, de que a aeronave caiu no sul do oceano Índico e que não há sobreviventes entre os 239 ocupantes Jason Lee/ReutersMais
24.mar.2014 - Familiares dos passageiros do voo MH370 da Malaysian Airlines choram após o anuncio do premiê da Malásia, Najib Razak, de que a aeronave caiu no sul do oceano Índico e que não há sobreviventes entre os 239 ocupantes Goh Chai Hin/ AFPMais
24.mar.2014 - Familiar de passageiro do voo MH370 da Malaysian Airlines desmaia após o anuncio do premiê da Malásia, Najib Razak, de que a aeronave caiu no sul do oceano Índico e que não há sobreviventes entre os 239 ocupantes Chen Yehua/XinhuaMais
24.mar.2014 - Familiares dos passageiros dos voo MH370 da Malaysian Airlines choram após o anuncio do premiê da Malásia, Najib Razak, de que a aeronave caiu no sul do oceano Índico e que não há sobreviventes entre os 239 ocupantes Jason Lee/ReutersMais
24.mar.2014 - Familiares dos passageiros do voo MH370 da Malaysian Airlines choram após o anuncio do premiê da Malásia, Najib Razak, de que a aeronave caiu no sul do oceano Índico e que não há sobreviventes entre os 239 ocupantes Jason Lee/ReutersMais
O primeiro-ministro da Malásia, Najik Razak, anuncia que o voo MH-370 da Malasya Airlines, desaparecido desde o dia 8 de março, caiu no Oceano Índico e não há sobreviventes Mohd Rasfan/ AFPMais
24.mar.2014 - Familiares dos passageiros dos voo MH370 da Malaysian Airlines, desaparecido desde 8 de março fazem orações em Pequim, China. O premiê da Malásia, Najib Razak, anunciou na manhã desta segunda-feira (24) que o avião caiu no sul do oceano Índico e que não há sobreviventes entre os 239 ocupantes Mark Wong/EFEMais
23.mar.2014 - O capitão Russell Adams dá entrevistas depois de completar a missão de busca pelo voo desaparecido da Malaysia Airways em Perth, Austrália. A busca para identificar se os objetos vistos no Oceano Índico estão relacionados ao voo MH370 continua pelo quarto dia. A aeronave da Malaysia Airways desapareceu em 08 de março de 2014, durante um voo entre Kuala Lumpur e Pequim EFEMais
23.mar.2014 - Oficiais de voo da Força Aérea Chinesa falam sobre as buscas ao avião da Malaysia Airlines, desaparecido em 8 de março com 239 ocupantes, entre passageiros e tripulação. Duas aeronaves da Força Aérea Chinesa foram enviadas a Austrália, junto com mais sete barcos, para ajudar nas buscas. Dois terços dos 227 passageiros eram chineses Huang Shubo/XinhuaMais
22.mar.2014 - Visitante escreve mensagem de esperança para os passageiros e tripulantes do voo MH370, da Malaysia Airlines, neste sábado (22), em Kuala Lumpur, Malásia. O avião está desaparecido há duas semanas. A China detectou objetos que podem estar relacionados ao desaparecimento da aeronave EfeMais
22.mar.2014 - China possui novas imagens de satélite que mostram objetos flutuando no oceano Índico,o quais poderiam estar relacionados ao voo MH370, da Malaysia Airlines, segundo o ministro dos Transportes da Malásia, Hishammuddin Hussein. Um dos objetos teria mais de 22,5 metros de comprimento Reprodução/ CNN/TwitterMais
O site do jornal britâncio "The Telegraph" divulgou nesta sexta-feira (21) o que seria o relatório de comunicação entre o piloto e o copiloto do voo MH 370, da Malaysia Airlines, com as torres de controle de tráfego aéreo nos últimos 54 minutos antes de a aeronave desparecer, há duas semanas Reprodução/The TelegraphMais
21.mar.2014 - O comissário de bordo Junaidi Kassim trabalhava para a Malaysia Airlines desde 1997. Segundo o site Sharelor, dedicado aos tripulantes do voo MH370, Kassim gostava de gatos, carros e fotografia Reprodução/www.sharelor.netMais
21.mar.2014 - Os australianos Robert e Catherine Lawton viajavam com um casal de amigos no voo MH370 da Malaysia Airlines. Eles vivam em Springfield Lakes, em Queensland (Austrália) Reprodução/FacebookMais
21.mar.2014 - De acordo com o site Sharelor, dedicado aos tripulantes do voo MH370 da Malaysia Airlines, Andrew Nari, chefe dos comissários de bordo do voo, gostava de cachorros e era torcedor do time de futebol britânico Liverpool. Nari também era fã das bandas de rock Pink Floyd e Dire Straits Reprodução/www.sharelor.netMais
Pilotos da companhia aérea indiana SpiceJet foram suspensos por dançar durante um voo realizado entre Goa e Bangalore. A autoridade de aviação indiana disse que a tripulação colocou a segurança do avião em risco. Um porta-voz da companhia disse que a dança foi uma forma de tornar a viagem dos passageiros mais agradável ReproduçãoMais
21.mar.2014 - O copiloto do voo MH370, Fariq Ab Hamid, tinha 2.763 horas de voo e trabalhava para a Malaysia Airlines desde 2007 Reprodução/www.sharelor.netMais
21.mar.2014 - O comissário de bordo Tan Size Hiang, 46, trabalhava para a Malaysia Airlines há quase 18 anos. Assim como o piloto do voo MH370, Hiang era apaixonado por aviação e tinha seu próprio simulador de voo. Ele era casado e tinha uma filha de 5 anos Reprodução/www.sharelor.netMais
21.mar.2014 - Mulher ergue fotografia da indiana Chandrika Sharma (à esq.), com seu marido, Narendran, e sua filha, Meghna, durante entrevista coletiva em Chennai, na Índia. Narendran criticou o governo indiano por seu "silêncio" e disse que nenhuma autoridade do país o contatou para tratar do desaparecimento do avião da Malaysia Airlines, que levava sua mulher a bordo Arun Sankar K/APMais
21.mar.2014 - Fotografia feita em 7 de março mostra Norliakmar Hamid (2ª à esq.) e seu marido, Razahan Zamani (à dir.), com familiares no dia do embarque para o voo MH370 da Malaysia Airlines, no aeroporto internacional de Kuala Lumpur Hamid Ramlan/AFPMais
21.mar.2014 - Em foto feita em 4 de março, o artista chinês Maimaitijiang Abula, 34, posa em frente a obra de sua autoria exibida em uma mostra de arte chinesa organizada em Kuala Lumpur. Abula, que também era professor de arte, vivia na região de Xinjiang e fazia parte da minoria étnica uigur. Era a primeira vez que o artista viajava para o exterior APMais
21.mar.2014 - Em foto feita no dia 4 de março, o artista chinês Wang Linshi, 69, aparece em frente a uma obra de sua autoria exibida em uma mostra de arte chinesa organizada em Kuala Lumpur, na Malásia. Wang trabalhou para o governo chinês até se aposentar e então passou a se dedicar à pintura, de acordo com seu filho, Wang Zhen APMais
21.mar.2014 - Em foto feita no dia 4 de março, o artista chinês Meng Gaosheng, 64, aparece em frente a uma obra de sua autoria exibida em uma mostra de arte chinesa organizada em Kuala Lumpur, na Malásia. O calígrafo, que já recebeu vários prêmios por seu trabalho, liderava uma comitiva de artistas que viajaram a Kuala Lumpur para participar de uma mostra dedicada à arte chinesa APMais
21.mar.2014 - Fotografia cedida pela família mostra o executivo americano Philip Wood em frente às torres Petronas, em Kuala Lumpur, na Malásia. Wood trabalhava para a IBM e, após passar dois anos em Pequim, tinha voltado recentemente para os Estados Unidos APMais
20.mar.2014 - Parentes de passageiros do voo MH370, da Malaysia Airlines, desaparecido desde 8 de março, se reúnem em hotel de Pequim, China, para receberem notícias sobre as buscas Rolex Dela Pen/EFEMais
20.mar.2014 - Rosila Abu Samah, 50, e sua filha Kaiyisah Selamat, 8, mãe e irmã do engenheiro de voo Mohd Khairul Amri Selamat que estava a bordo do MH370, desaparecido desde 8 de março, se abraçam durante uma entrevista onde parentes dos passageiros Boeing estão hospedados Samsul Said/ReutersMais
8.mar.2014 - Um parente de Norliakmar Hamid e Razahan Zamani, passageiros do voo da Malaysia Airlines que está desaparecido, chora enquanto fala ao telefone em Kuala Lumpur, na Malásia Mohd Rasfan/AFPMais
9.mar.2014 - Parentes de um passageiro que estava a bordo do voo MH370 da Malaysia Airlines, que está desaparecido, caminham no hall de um hotel, em Putrajaya, na Malásia, onde familiares estão hospedados enquanto esperam informações sobre o avião desaparecido Manan Vatsyayana/AFPMais
10.mar.2014 - Uma parente de passageiro que estava a bordo do voo MH370 da Malaysia Airlines, que está desaparecido, é confortada por uma funcionária do aeroporto enquanto ela protege o rosto de jornalistas, no aeroporto internacional de Kuala Lumput, em Sepang Edgar Su/ReutersMais
11.mar.2014 - Parente de passageiros do voo MH370 da Malaysia Airlines, que está desaparecido, espera em um ônibus após pegar seu visto malaio no hotel Metro Park Lido, em Pequim, na China Mark Ralston/AFPMais
11.mar.2014 - Um parente (centro) de um dos passageiros que estava a bordo do voo MH370 da Malaysia Airlines, que está desaparecido, tenta de desvencilhar de jornalistas em um ressorte em Cyberjaya, na Malásia Lai Seng Sin/APMais
11.mar.2014 - Uma parente de um dos passageiros que estava a bordo do voo MH370 da Malaysia Airlines, que está desaparecido, chora enquanto espera novas informações em um hotel em Putrajaya, na Malásia Mohd Rasfan/AFPMais
14.mar.2014 - Uma mulher chora enquanto abraça parente de passageiro do voo da Malaysia Airlines que está desaparecido, após receber novas informações sobre o avião, em Pequim, na China Goh Chai Hin/AFPMais
14.mar.2014 - Uma mulher chora enquanto sai de uma sala cheia de parentes e amigos dos passageiros que estavam a bordo do voo MH370 da Malaysia Airlines, que está desaparecido, em um hotel em Pequim, na China Kim Kyung-Hoon/ReutersMais
16.mar.2014 - Parentes de passageiros que estavam a bordo do voo MH370 da Malaysia Airlines, que está desaparecido, conversam após uma reunião com representantes da companhia aérea, no hotel Lido, em Pequim, na China Jason Lee/ReutersMais
18.mar.2014 - Uma parente de um passageiros chinês que estava a bordo do voo MH370 da Malaysia Airlines, que está desaparecido, segura um cartaz onde se lê "Greve de fome, respeito à vida, volta do meu parente, não quero me tornar vítima da política, diga a verdade", enquanto fala com a imprensa do lado de fora do salão de um hotel, após assistir a uma entrevista coletiva oferecida por companhias aéreas Andy Wong/APMais
19.mar.2014 - Dois seguranças sentam na entrada do lounge de um hotel onde parentes de passageiros do voo MH370 da Malaysia Airlines, que está desaparecido estão reunidos em Pequim Wang Zhao/AFPMais
19.mar.2014 - Um parente de um dos passageiros do voo MH370 da Malaysia Airlines, que está desaparecido, é escoltado por um policial malaio para fora do centro de mídia, antes do início de uma conferência de imprensa em um hotel próximo ao aeroporto internacional de Kuala Lumpur, na Malásia, em Sepang Mohd Rasfan/AFPMais
14.mar.2014 - Mulher tenta tapar câmera de fotógrafo na saída de uma reunião entre familiares dos passageiros do voo MH370 da Malaysia Airlines e funcionários da companhia, em hotel em Pequim, na China Goh Chai Hin/AFPMais
10.mar.2014 - Parentes de passageiro do voo MH370 da Malaysia Airlines choram em hotel em Putrajaya, enquanto aguardam notícias da aeronave desaparecida no dia 8 de março Samsul Said/ReutersMais
14.mar.2014 - Parente de passageiro do voo MH370, que está desaparecido desde 8 de março, descansa em cadeiras em sala de hotel de Pequim, na China, enquanto aguarda notícias sobre o paradeiro da aeronave Kim Kyung-Hoon/ReutersMais
16.mar.2014 - Criança é carregada por parente de passageiro do voo MH370 da Malaysia Airlines durante uma reunião com funcionários da companhia aérea em hotel de Pequim, na China Jason Lee/ReutersMais
19.mar.2014 - Familiares de passageiros do voo MH370 da Malaysia Airlines aguardam notícias do voo desaparecido no dia 8 de março, em sala de hotel de Pequim, na China Jason Lee/ReutersMais
19.mar.2014 - Parente de passageiros do voo MH370 da Malaysia Airlines aguarda notícias do voo desaparecido no dia 8 de março, em sala de hotel de Pequim, na China Jason Lee/ReutersMais
19.mar.2014 - Familiares de passageiros chineses do voo MH370 da Malaysia Airlines são impedidos pela polícia de entrar na sala de imprensa de um hotel próximo ao aeroporto internacional de Kuala Lumpur, na Malásia, onde nesta quarta-feira (19) aconteceu uma entrevista coletiva sobre o voo desaparecido em 8 de março Mohd Rasfan/AFPMais
A companhia Digital Globe coleta imagens digitais geradas por satélite e compartilha na internet, o que permite que os internautas ajudem nas buscas pelo voo MH370 GoogleMais
19.mar.2014 - Mensagens expressando orações e esperança para as 239 pessoas que desapareceram a bordo do voo MH370 da Malaysia Airlines são exibidos em um shopping em Kuala Lumpur, na Malásia, Mohd Rasfan/AFPMais
19.mar.2014 - Parentes de passageiros do voo MH370, desaparecido desde o dia 8, reclamam com um funcionário da Malaysia Airlines após entrevista coletiva da empresa para os membros das famílias em um hotel em Pequim, na China Kim Kyung-Hoon/ReutersMais
18.mar.2014 - A fotografia cedida pela Marinha dos Estados Unidos mostra um fuzileiro preparando o lançamento de um avião P-3C Orion, envolvido na busca e resgate do avião da companhia aérea malaia que desapareceu, em Kuala Lumpur, na Malásia, nesta terça-feira (18) MC2 Eric A. Pastor/EFEMais
18.mar.2014 - Ao menos duas pessoas morreram nesta terça-feira (18) na queda de um helicóptero usado pelas filiais da emissora de televisão CNN, Komo e King, em pleno centro de Seattle, no noroeste dos Estados Unidos, de acordo com os bombeiros. Segundo informações da Komo, o helicóptero estaria saindo do heliponto no topo do edifício quando supostamente atingiu o teto do prédio e caiu, atingindo vários veículos na rua. Além dos mortos, um homem de 37 anos que estava em um dos carros atingidos foi levado ao hospital e está em estado crítico, com mais de 50% do corpo queimado, afirmou o porta-voz do governo Seattle, Kyle Moore The Seattle Times, Ken Lambert/ APMais
18.mar.2014 - Ao menos duas pessoas morreram nesta terça-feira (18) na queda de um helicóptero usado pelas filiais da emissora de televisão CNN, Komo e King, em pleno centro de Seattle, no noroeste dos Estados Unidos, de acordo com os bombeiros. Segundo informações da Komo, o helicóptero estaria saindo do heliponto no topo do edifício quando supostamente atingiu o teto do prédio e caiu, atingindo vários veículos na rua. Além dos mortos, um homem de 37 anos que estava em um dos carros atingidos foi levado ao hospital e está em estado crítico, com mais de 50% do corpo queimado, afirmou o porta-voz do governo Seattle, Kyle Moore Stephen Brashear/ APMais
18.mar.2014 - Ao menos duas pessoas morreram nesta terça-feira (18) na queda de um helicóptero usado pelas filiais da emissora de televisão CNN, Komo e King, em pleno centro de Seattle, no noroeste dos Estados Unidos, de acordo com os bombeiros. Segundo informações da Komo, o helicóptero estaria saindo do heliponto no topo do edifício quando supostamente atingiu o teto do prédio e caiu, atingindo vários veículos na rua. Além dos mortos, um homem de 37 anos que estava em um dos carros atingidos foi levado ao hospital e está em estado crítico, com mais de 50% do corpo queimado, afirmou o porta-voz do governo Seattle, Kyle Moore The Seattle Times, Mike Siegel/ APMais
18.mar.2014 - Ao menos duas pessoas morreram nesta terça-feira (18) na queda de um helicóptero usado pelas filiais da emissora de televisão CNN, Komo e King, em pleno centro de Seattle, no noroeste dos Estados Unidos, de acordo com os bombeiros. Segundo informações da Komo, o helicóptero estaria saindo do heliponto no topo do edifício quando supostamente atingiu o teto do prédio e caiu, atingindo vários veículos na rua. Além dos mortos, um homem de 37 anos que estava em um dos carros atingidos foi levado ao hospital e está em estado crítico, com mais de 50% do corpo queimado, afirmou o porta-voz do governo Seattle, Kyle Moore Stephen Brashear/ APMais
18.mar.2014 - Ao menos duas pessoas morreram nesta terça-feira (18) na queda de um helicóptero usado pelas filiais da emissora de televisão CNN, Komo e King, em pleno centro de Seattle, no noroeste dos Estados Unidos, de acordo com os bombeiros. Segundo informações da Komo, o helicóptero estaria saindo do heliponto no topo do edifício quando supostamente atingiu o teto do prédio e caiu, atingindo vários veículos na rua. Além dos mortos, um homem de 37 anos que estava em um dos carros atingidos foi levado ao hospital e está em estado crítico, com mais de 50% do corpo queimado, afirmou o porta-voz do governo Seattle, Kyle Moore The Seattle Times, Mike Siegel/ APMais
18.mar.2014 - Ao menos duas pessoas morreram nesta terça-feira (18) na queda de um helicóptero usado pelas filiais da emissora de televisão CNN, Komo e King, em pleno centro de Seattle, no noroeste dos Estados Unidos, de acordo com os bombeiros. Segundo informações da Komo, o helicóptero estaria saindo do heliponto no topo do edifício quando supostamente atingiu o teto do prédio e caiu, atingindo vários veículos na rua. Além dos mortos, um homem de 37 anos que estava em um dos carros atingidos foi levado ao hospital e está em estado crítico, com mais de 50% do corpo queimado, afirmou o porta-voz do governo Seattle, Kyle Moore Elaine Thompson/ APMais
18.mar.2014 - Ao menos duas pessoas morreram nesta terça-feira (18) na queda de um helicóptero usado pelas filiais da emissora de televisão CNN, Komo e King, em pleno centro de Seattle, no noroeste dos Estados Unidos, de acordo com os bombeiros. Segundo informações da Komo, o helicóptero estaria saindo do heliponto no topo do edifício quando supostamente atingiu o teto do prédio e caiu, atingindo vários veículos na rua. Além dos mortos, um homem de 37 anos que estava em um dos carros atingidos foi levado ao hospital e está em estado crítico, com mais de 50% do corpo queimado, afirmou o porta-voz do governo Seattle, Kyle Moore Elaine Thompson/ APMais
18.mar.2014 - Um helicóptero de uma rede de televisão caiu próximo ao estúdio da rede, no centro de Seattle (EUA), nesta terça-feira (18). De acordo com a rede de televisão, o helicóptero estaria se preparando para pousar no topo de um prédio quando bateu no edifício e caiu, atingindo diversos carros estacionados no local APMais
14.mar.2014 - Gráfico mostra como é feito o acompanhamento de uma aeronave em voo BBCMais
14.mar.2014 - Mapa acompanha as últimas horas do voo MH370 da Malaysia Airlines BBCMais
14.mar.2014 - Foto de 1946 mostra o avião Lancaster utilizado na Segunda Guera Mundial. O avião desapareceu em agosto de 1947 e foi encontrado em janeiro de 2000 por alpinistas, na montanha Tupungato, Argentina. Análises dos destroços mostraram que o avião se chocou diretamente com a montanha. Segundo os investigadores, o impacto provavelmente gerou uma avalanche que escondeu o avião das equipes de resgate APMais
13.mar.2014 - Navios de resgate chineses participam de buscas do avião da Malaysia Airlines desaparecido no último sábado (8), no Mar do Sul da China, na manhã desta quinta-feira (13) Zhao Yingquan/XinhuaMais
Pais das duas meninas postaram mensagens no Weibo (serviço chinês semelhante ao Twitter) antes de embarcarem no voo MH-370. Os pais, um casal chinês, viajava para Pequim, onde reencontrariam as filhas Weibo/Sydney Morning HeraldMais
Capa da Folha de S.Paulo noticia o desaparecimento do avião cargueiro da Varig em janeiro de 1979; Boeing jamais foi encontrado Reprodução/FolhaMais
11.mar.2014 - Oficial vietnamita a bordo de helicóptero militar procura sinais do avião da Malaysia Airlines que permanece desaparecido desde sábado (8). Cerca de 40 navios e 34 aeronaves de nove países diferentes estão participando das buscas pela aeronave Lui Siu Wai/XinhuaMais
10.fev.2004 - Destroços de avião iraniano que caiu a três quilômetros de pista de pouso nos Emirados Árabes Unidos, matando 43 pessoas e deixando três feridos graves, em 10 de fevereiro de 2004. A aeronave, um Fokker-50, pertencia à Kish Airlines, uma companhia aérea iraniana que opera a partir da ilha de Kish, um zona livre do regime islâmico do Irã, localizada no golfo Pérsico AFPMais
23.out.2005 - Equipes de resgate trabalham nos destroços do Boeing que caiu na cidade de Lissa, na Nigéria, matando todos os seus 117 passageiros Utomi Ekpei/AFPMais
5.set.2005 - Bombeiro caminha sobre destroços do Boeing 737-200 que caiu sobre casas em um bairro residencial de Medan, no norte da Indonésia. Já chega a 147 o número de mortos no acidente do avião da Mandala Airlines, que transportava 111 passageiros e cinco tripulantes. Segundo as autoridades, pelo menos 100 pessoas a bordo morreram. As vítimas que estavam na rua e nas casas atingidas pelo avião chegam a 47 AFPMais
21.nov.2004 - Equipe de resgate vasculha os destroços do Bombardier; o avião da companhia China Eastern, tinha como destino Xangai, mas caiu logo após decolar, num lago gelado na Mongólia Interior, em Baotou; nenhuma das 53 pessoas a bordo sobreviveu APMais
11.dez.2005 - Um avião DC-9 da companhia Sosoliso caiu na cidade de Port Harcourt, no sul da Nigéria, matando as 103 pessoas a bordo, em 10 de dezembro de 2005 AFPMais
6.dez.2005 - Militares levam corpo de vítima de queda de avião em Teerã, no Irã. O avião, que levava jornalistas locais que iriam cobrir exercícios militares no sul do Irã, teve dificuldades mecânicas logo após decolar e teve de fazer um pouso de emergência. Ao menos 110 pessoas morreram no acidente, incluindo algumas em terra, que foram atingidas pelo avião ReutersMais
9.jul.2006 - Um Airbus A-310 da empresa russa S7 derrapou na pista durante o pouso no aeroporto de Irkutsk, na Sibéria. Das pessoas a bordo, 124 morreram e mais de 50 sobreviveram ao acidente EfeMais
3.mai.2006 - Parte do avião Airbus A-320 que caiu em 3 de maio de 2006 no Mar Negro, perto de Sochi, na Rússia, é erguida no porto da cidade russa. Todas as 113 pessoas a bordo do voo da companhia Armavia morreram no acidente Sergey Ponomarev/APMais
16.set.2007 - Um avião da companhia tailandesa One-To-Go derrapou e bateu ao pousar em pista de Phuket, na Tailândia, em 16 de setembro de 2007. Dos 123 passageiros do avião, 88 morreram e 42 foram encaminhados a hospitais AFPMais
7.dez.2008 - Destroços de avião pegam fogo após acidente aéreo em Goma, no leste da República Democrática do Congo, em 15 de abril de 2008. Cerca de 40 pessoas morrem quando um DC-9 sai da pista quando tentava decolar em meio ao mau tempo Lionel Healing/AFPMais
25.fev.2009 - Equipes de resgate atendem vítimas do acidente com um Boeing 737-800 da Turkish Airlines, perto do aeroporto de Amsterdã; a queda, que deixou nove mortos e mais de 80 feridos, ocorreu quando o avião, vindo de Istambul, se preparava para pousar ReutersMais
15.jan.2009 - Passageiros de voo da US Airways aguardam resgate nas asas de avião que teve que fazer um pouso forçado no rio Hudson, em Nova York, no dia 15 de janeiro de 2009. Todos os 150 passageiros e cinco tripulantes foram resgatados com vida Brendan McDermid/ReutersMais
30.jun.2009 - Militares na base aérea de Sainte-Marie de la Reunion, localizada no Oceano Índico, na costa da África, preparam equipamentos para a busca de vítimas da queda de avião da companhia Yemenia próximo à Ilha de Comores, no oceano Índico, com 153 pessoas a bordo. A adolescente Baya Bakari foi a única sobrevivente do acidente. Ela foi encontrada agarrada a um pedaço do avião, depois de boiar no mar por duas horas AFPMais
12.mai.2010 - Destroços de Airbus-A330 da empresa líbia Afriqiyah, que caiu ao se aproximar do aeroporto de Trípoli, na Líbia, no dia 12 de maio de 2010. Dos 104 passageiros, só um menino holandês de dez anos foi resgatado com vida. A aeronave havia decolado de Johannesburgo (África do Sul) e faria uma escala antes de seguir para o aeroporto de Gatwick, em Londres ReutersMais
4.jun.2012 - Equipes de resgate trabalham em meio aos destroços de um avião da companhia nigeriana Dana Air, que caiu com 153 pessoas a bordo em 3 de junho de 2012. O avião caiu em uma área densamento povoada da cidade de Lagos, na Nigéria, depois de uma falha nos motores Emmanuel Arewa/AFPMais
25.ago.2010 - Um avião modelo Embraer ERJ-190, da Henan Airlines, ultrapassou a pista de pouso do aeroporto de Yichun, na província de Heilongjiang, no leste da China, causando a morte de 42 das 91 pessoas a bordo, no dia 24 de agosto de 2010 ReutersMais
28.jul.2010 - Um avião da companhia aérea Airblue com 152 pessoas a bordo caiu nas montanhas do norte do Paquistão, na capital do país, Islamabad. Não houve sobreviventes AFPMais
13.abr.2010 - Um Tupolev 154 caiu perto do aeroporto russo de Smolensk no dia 10 de abril de 2010, matando todas as 96 pessoas a bordo. O avião levava o presidente da Polônia, Lech Kaczynski, a primeira-dama, Maria Kaczynski, e diversas autoridades do governo polonês, como o presidente do Banco Central do país, o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas e os principais comandantes do Exército polonês Sergei Chirikov/EfeMais
10.mar.2014 - Membros da Força Aérea de Cingapura fazem varredura dos mares, cerca de 140 milhas náuticas a nordeste de Kota Baru, na Malásia, para detectar sinais do avião da Malaysia Airlines que desapareceu no fim-de-semana. A Malásia disse que ainda não há vestígios de destroços do jato que desapareceu com 239 pessoas a bordo, prosseguindo com o mistério do sumiço do avião em pleno ar Desmond Lim/Times Strait/AFPMais
9.mar.2014 - O helicóptero Sea Hawk regressa ao porta-aviões USS Pinckney, após missão de busca pelos destroços do voo MH370 da Malaysia Airlines, neste domingo (9). A tripulação não conseguiu avistar sobreviventes Chris D. Boardman/Marinha dos EUA/EFE/EPAMais
Fotografia fornecida pelo xerife do condado de Polk, Mulberry, Florida (EUA), mostra um avião pilotado por Shannon Trembley, de 87 anos, em queda livre no chão depois de colidir com paraquedista John Frost. O acidente ocorreu porque o avião enroscou-se nas linhas do paraquedas, no sábado (8). Ambos sobreviveram ao encontro e só tiveram ferimentos leves Tim Telford/Polk County Sherrifs Departament /EFE/EPAMais
7.mar.2014 - Avião de pequeno porte cai em aldeia filipina na cidade de Tagum, sul do país insular, nesta sexta-feira (7). Uma pessoa ficou ferida na queda do equipamento, utilizado para espalhar pesticida em plantações XinhuaMais
4.mar.2014 - Um avião agrícola caiu, nessa segunda-feira (3), em uma fazenda no município de Carolina (a 808 km ao sul de São Luís). O piloto, Sidinei Nardi, 36, morreu na hora com a queda.Segundo a polícia, o piloto era natural de Vicente Dutra (RS) e prestava serviço a uma fazenda de plantação de soja em uma localidade conhecida com Canabrava. Com a queda, a aeronave ficou totalmente destruída Henrique Aires/Arquivo pessoalMais
21.fev.2014 - Polícia tunisiana inspeciona o local da queda de um avião médico do Exército líbio, em região que fica a 40 km ao sul da capital, Túnis, e que provocou a morte de todas as 11 pessoas a bordo - três médicos, dois pacientes e seis tripulantes Mohamed Fliss/AFPMais
18-fev.2014 - Trabalho de buscas a um helicóptero de treinamento da Escola Nacional de Pilotagem que caiu na manhã desta terça-feira (18), no mar da Praia do Perigoso, em Barra de Guaratiba, na Zona Oeste do Rio de Janeiro Fernando Borba/Agência O DIA/Estadão ConteúdoMais
12.fev.2014 - Foto tirada com um celular mostra os destroços da aeronave C-130 Hercules que colidiu com o Monte Fertas, na região de Oum El Bouaghi, cerca de 500 km da capital argelina, Argel, na terça-feira (11). O avião militar transportava 78 pessoas, e apenas uma sobreviveu ao choque AFPMais
11.fev.2014 - Um homem sobreviveu após a queda de um avião militar de carga na Argélia, nesta terça-feira (11), que matou 77 pessoas. A aeronave transportava integrantes das Forças Armadas e seus parentes, e o acidente teria ocorrido possivelmente por conta de más condições do clima, com ventos fortes e baixa visibilidade, em Oum El Bouaghi (500 km da capital Argel) Mohamed Ali/APMais
30.jan.2014 - Moradores examinam avião Cessna que fez um pouso de emergência na noite de quarta-feira (29) em um campo de bananas nos arredores de Cabaret, no Haiti. A polícia do país disse que a aeronave era pilotada por um americano e sofreu problemas mecânicos. Practor Antoine foi levado ao hospital. O passageiro, John Michael, não ficou ferido Dieu Nalio Chery/APMais
29.jan.2014 - Um avião de instrução caiu nesta quarta-feira (29) em uma lavoura de soja, em Cachoeira do Sul, na região central do Rio Grande do Sul. Piloto e passageiro, que, segundo os bombeiros, seriam instrutor e aluno, não sobreviveram ao acidente. A aeronave teria tido uma pane e caído de bico no chão Marcus Tatsch/Agência Free Lancer/Estadão ConteúdoMais
23.jan.2014 - Modelo experimental Explorer Monomotor caiu em Botucatu (SP) com três pessoas a bordo. Dois corpos já foram encontrados Cléber Novelli/UOLMais
23.jan.2014 - Um pequeno avião que transportava um piloto e seis profissionais de saúde caiu no pico Perteasa, na Romênia, na segunda-feira (20). Moradores localizaram o avião cerca de quatro horas e meia depois da queda, mas as equipes médicas chegaram muito mais tarde. O piloto e um estudante de medicina morreram de hipotermia e ferimentos múltiplos. A equipe médica iria colher órgãos para transplante Catalin Cadan/Mediafax Foto/APMais
Equipes de socorro atendem a aeronave de pequeno porte que se acidentou ao pousar, neste domingo (5), no aeroporto de Aspen (Colorado, EUA) Corey Morris-Singer/APMais
Avião faz pouso de emergência em estrada movimentada nos EUA. Monomotor apresentou falhas e teve ajuda de funcionários rodoviários, que pararam trânsito para aterrissagem; ninguém ficou ferido BBCMais
4.jan.2014 - Equipes de resgate trabalham no local onde um avião de pequeno porte fez pouso de emergência, na via expressa Major Deegan, no Bronx, em Nova York, neste sábado (4). Três pessoas teriam ficado feridas no acidente e ainda não há informações sobre as causas do pouso de emergência Andrew Gombert/EPA/EFEMais
26.dez.2013 - Um avião de transporte An-12 caiu na região siberiana de Irkutsk. Segundo o Ministério para Situações de Emergência da Rússia, a aeronave caiu em uma área militar e deixou ao menos nove pessoas mortas AFP Mais
23.dez.2013 - A asa de um avião, que levava 200 passageiros a bordo, colide com edifício do aeroporto da cidade de Johannesburgo, na África do Sul, quando se preparava para decolar. O voo com destino a Londres, na Inglaterra, era operado pela companhia aérea British Airways. Nenhum dos passageiros ficou ferido, mas quatro pessoas que trabalhavam no edifício no momento do acidente tiveram escoriações leves BBC/ReproduçãoMais
23.dez.2013 - Edifício do aeroporto da cidade de Johannesburgo, na África do Sul, fica danificado após sofrer o impacto de um avião com 200 passageiros a bordo que colidiu com o prédio quando se preparava para decolar. O voo com destino a Londres, na Inglaterra, era operado pela companhia aérea British Airways. Nenhum dos passageiros ficou ferido, mas quatro pessoas que trabalhavam no edifício no momento do acidente tiveram escoriações leves BBC/ReproduçãoMais
17.dez.2013 - Bombeiros trabalham no local do acidente com o avião monomotor, modelo Cessna 172 e prefixo PT-CNL, que caiu no aeroporto Senador Petrônio Portella, em Teresina Fábio Carvalho / 180grausMais
2.dez.2013 - Avião Cessna 208 cai em St. Mary, no Alasca, na sexta-feira (29). Das dez pessoas a bordo, quatro, incluindo o piloto, morreram Alaska State Troopers/APMais
01.dez.2013 - Equipes removem destroços do helicóptero que caiu sobre um pub no centro de Glasgow, na Escócia, nesse sábado. Oito pessoas morreram e pelo menos 14 ficaram feridas Andrew Winning/ReutersMais
30..nov.2013 - Destroços do avião que caiu no Parque Nacional Bwabwata, Moçambique (Namíbia) são registrados neste domingo (1º). Todas as 33 pessoas a bordo morreram, e o Itamaraty confirmou que um brasileiro é uma das vítimas Nampa/XinhuaMais
30.nov.2013 - Equipe de resgate examina neste sábado (30) destroços de um helicóptero da polícia que caiu no dia anterior sobre o telhado do bar Clutha Vaults em Glasgow (Escócia). O pub estava lotado e pessoas ficaram presas, segundo a polícia, que ainda não divulgou o número de vítimas Russel Cheyne/ReutersMais
29.nov.2013 - Imagem cedida por Jan Hollands e publicada em seu perfil no Twitter mostra um acidente de helicóptero no Bar Clutha em Glasgow, na Escócia, nesta sexta-feira (29). O veículo, que pertence à polícia, caiu no telhado de um pub popular na cidade, destruindo parcialmente o local. Equipes de resgate procuravam por vítimas Jan Hollands/APMais
20.nov.2013 - Destroços de avião que caiu na costa de Fort Lauderdale, Flórida (EUA), é trazido a bordo de barco da Guarda Costeira na madrugada desta quarta-feira (20). Equipes de resgate continuam a procurar por possíveis sobreviventes do acidente. Foram encontrados dois passageiros, já mortos, segundo jornal local Guarda Costeira dos EUA/APMais
18.nov.2013 - Policiais e militares guardam local da queda de um avião Cessna 414, em Miahuatlan, sul do México, nesta segunda-feira (18). O bimotor, com capacidade para até oito pessoas, caiu matando duas pessoas a bordo, segundo a imprensa local. As autoridades estão investigando a causa do acidente Oscar Martinez/ReutersMais
18.nov.2013 - Mulher vela vítimas de acidente com avião Boeing que deixou 50 pessoas mortas no domingo (17), no aeroporto de Kazan, na Rússia. Um jato do Tatarstan Airlines voando de Moscou para Kazan caiu no momento da aterrissagem neste domingo (18), explodindo e matando os 44 passageiros e os seis tripulantes Maxim Shemetov/ReutersMais
18.nov.2013 - Em imagem divulgada pelas autoridades russas, peça da fuselagem do avião Boeing 737 que caiu no aeroporto de Kazan no domingo (17), causando a morte das 50 pessoas que estavam a bordo Ministério da Emergência da Rússia/EFEMais
18.nov.2013 - Em imagem divulgada pelas autoridades russas, peça da fuselagem do avião Boeing 737 que caiu no aeroporto de Kazan no domingo (17), causando a morte das 50 pessoas que estavam a bordo Ministério da Emergência da Rússia/EFEMais
18.nov.2013 - Flores e bichos de pelúcia são deixados em memorial improvisado próximo à grade do aeroporto de Kazan, na Rússia. Um acidente com um avião Boeing 737 no domingo (17) causou a morte das 50 pessoas a bordo Maxim Shemetov/ReutersMais
18.nov.2013 - Flores e bichos de pelúcia são deixados em memorial improvisado próximo à grade do aeroporto de Kazan, na Rússia. Um acidente com um avião Boeing 737 no domingo (17) causou a morte das 50 pessoas a bordo Maxim Shemetov/ReutersMais
18.nov.2013 - Médico mede a frequência cardíaca de homem sentado em banco na área externa do aeroporto de Kazan (Rússia), onde um acidente com um avião Boeing 737 causou a morte das 50 pessoas a bordo neste domingo (17) Yegor Aleev/ReutersMais
18.nov.2013 - Pessoas deixam flores perto de grade do aeroporto de Kazan, na Rússia. Um jato do Tatarstan Airlines voando de Moscou para Kazan caiu no momento da aterrissagem neste domingo (18), explodindo e matando os 44 passageiros e os seis tripulantes Maxim Shemetov/ReutersMais
18.nov.2013 - Pessoal dos serviços de emergência russo trabalha no aeroporto internacional de Kazan (Rússia), onde um acidente com um avião de passageiros Boeing 737 causou a morte das 50 pessoas a bordo, neste domingo (17). O jato do Tatarstan Airlines voando de Moscou para Kazan caiu no momento da aterrissagem, explodindo e matando os 44 passageiros e os seis tripulantes Divulgação/Ministério da Emergência russo/EPA/EfeMais
18.nov.2013 - Pessoal dos serviços de emergência russo trabalha no aeroporto internacional de Kazan (Rússia), onde um acidente com um avião de passageiros Boeing 737 causou a morte das 50 pessoas a bordo, neste domingo (17). O jato do Tatarstan Airlines voando de Moscou para Kazan caiu no momento da aterrissagem, explodindo e matando os 44 passageiros e os seis tripulantes Divulgação/Ministério da Emergência russo/EPA/EfeMais
17.nov.2013 - Familiares procuram nomes na lista dos passageiros mortos em acidente envolvendo um Boeing 737 pertencente à companhia aérea Tatarstan Airlines, que caiu matando ao menos 50 pessoas neste domingo (17). O avião partiu do aeroporto de Domodedovo, em Moscou, e seguia para a cidade de Petrozavodsk. A área do acidente foi cercada e o aeroporto foi fechado Roman Kruchinin/AFPMais
17.nov.2013 - Pessoas choram dentro do aeroporto de Kazan, na Rússia, que fica a 720 km a leste de Moscou, onde um Boeing 737 pertencente à companhia aérea Tatarstan Airlines caiu matando ao menos 50 pessoas neste domingo (17). O avião partiu do aeroporto de Domodedovo, em Moscou, e seguia para a cidade de Petrozavodsk . A área do acidente foi cercada e o aeroporto foi fechado Roman Kruchinin/AFPMais
17.nov.2013 - Pessoas choram dentro do aeroporto de Kazan, na Rússia, que fica a 720 km a leste de Moscou, onde um Boeing 737 pertencente à companhia aérea Tatarstan Airlines caiu matando ao menos 50 pessoas neste domingo (17). O avião partiu do aeroporto de Domodedovo, em Moscou, e seguia para a cidade de Petrozavodsk . A área do acidente foi cercada e o aeroporto foi fechado Roman Kruchinin/AFPMais
17.nov.2013 - Destroços são vistos no local onde um Boeing 737 pertencente à companhia aérea Tatarstan Airlines, que caiu matando ao menos 50 pessoas neste domingo (17), no aeroporto de Kazan, na Rússia, que fica a 720 km a leste de Moscou. O avião partiu do aeroporto de Domodedovo, em Moscou, e seguia para a cidade de Petrozavodsk. A área do acidente foi cercada e o aeroporto foi fechado Yegor Aleev/ReutersMais
17.nov.2013 - Destroços são vistos no local onde um Boeing 737 pertencente à companhia aérea Tatarstan Airlines, que caiu matando ao menos 50 pessoas neste domingo (17), no aeroporto de Kazan, na Rússia, que fica a 720 km a leste de Moscou. O avião partiu do aeroporto de Domodedovo, em Moscou, e seguia para a cidade de Petrozavodsk. A área do acidente foi cercada e o aeroporto foi fechado Russian Emergencies Ministry/ReutersMais
17.nov.2013 - Ambulâncias em frente ao aeroporto de Kazan (720km de Moscou), capital da República do Tartaristão. Um avião caiu na cidade neste domingo (17). Aparentemente, a aeronave da Tatarstan Airlines, que vinha de Moscou, se chocou contra a pista do aeroporto quando tentava voltar após abortar uma primeira tentativa de aterrissagem Roman Kruchinin/AFPMais
17.nov.2013 - Mulher chora enquanto fala ao celular dentro do aeroporto de Kazan, na Rússia, que fica a 720 km a leste de Moscou, onde um Boeing 737 pertencente à companhia aérea Tatarstan Airlines caiu matando ao menos 50 pessoas neste domingo (17). O avião partiu do aeroporto de Domodedovo, em Moscou, e seguia para a cidade de Petrozavodsk . A área do acidente foi cercada e o aeroporto foi fechado Roman Kruchinin/AFPMais
17.nov.2013 - Pessoas se abraçam dentro do aeroporto de Kazan, na Rússia, que fica a 720 km a leste de Moscou, onde um Boeing 737 pertencente à companhia aérea Tatarstan Airlines caiu matando ao menos 50 pessoas neste domingo (17). O avião partiu do aeroporto de Domodedovo, em Moscou, e seguia para a cidade de Petrozavodsk . A área do acidente foi cercada e o aeroporto foi fechado Roman Kruchinin/AFPMais
17.nov.2013 - Pessoas falam ao celular enquanto procuram nomes na lista dos passageiros mortos em acidente envolvendo um Boeing 737 pertencente à companhia aérea Tatarstan Airlines, que caiu matando ao menos 50 pessoas neste domingo (17). O avião partiu do aeroporto de Domodedovo, em Moscou, e seguia para a cidade de Petrozavodsk. A área do acidente foi cercada e o aeroporto foi fechado Roman Kruchinin/AFPMais
17.nov.2013 - Pessoas permanecem em frente ao aeroporto da cidade russa de Kazan, onde um Boeing 737 pertencente à companhia aérea Tatarstan Airlines caiu matando ao menos 50 pessoas neste domingo (17). O avião partiu do aeroporto de Domodedovo, em Moscou, e seguia para a cidade de Petrozavodsk . A área do acidente foi cercada e o aeroporto foi fechado Zhai Yuhao/XinhuaMais
17.nov.2013 - Pessoas aguardam dentro do aeroporto da cidade russa de Kazan, onde um Boeing 737 pertencente à companhia aérea Tatarstan Airlines caiu matando ao menos 50 pessoas neste domingo (17). O avião partiu do aeroporto de Domodedovo, em Moscou, e seguia para a cidade de Petrozavodsk . A área do acidente foi cercada e o aeroporto foi fechado Zhai Yuhao/XinhuaMais
17.nov.2013 - Imagem tirada de uma emissora da cidade russa de Kazan mostra local onde um Boeing 737 pertencente à companhia aérea Tatarstan Airlines caiu matando ao menos 50 pessoas neste domingo (17). O avião partiu do aeroporto de Domodedovo, em Moscou, e seguia para a cidade de Petrozavodsk . A área do acidente foi cercada e o aeroporto foi fechado XinhuaMais
17.nov.2013 - Uma ambulância é vista do lado de fora do prédio principal do aeroporto de Kazan, onde um Boeing 737 pertencente à companhia aérea Tatarstan Airlines caiu matando ao menos 50 pessoas neste domingo (17). O avião partiu do aeroporto de Domodedovo, em Moscou, e seguia para a cidade de Petrozavodsk . A área do acidente foi cercada e o aeroporto foi fechado Yegor Aleev/ReutersMais
17.nov.2013 - Agentes federais chegam ao aeroporto de Kazan, na Rússia, que fica a 720 km a leste de Moscou, onde um Boeing 737 pertencente à companhia aérea Tatarstan Airlines caiu matando ao menos 50 pessoas neste domingo (17). O avião partiu do aeroporto de Domodedovo, em Moscou, e seguia para a cidade de Petrozavodsk . A área do acidente foi cercada e o aeroporto foi fechado Nikolai Alexandrov/APMais
17.nov.2013 - Uma psicóloga do aeroporto fala com familiares e amigos dos passageiros que estavam a bordo do Boeing 737 pertencente à companhia aérea Tatarstan Airlines caiu matando ao menos 50 pessoas neste domingo (17). O avião partiu do aeroporto de Domodedovo, em Moscou, e seguia para a cidade de Petrozavodsk . A área do acidente foi cercada e o aeroporto foi fechado Nikolai Alexandrov/APMais
17.nov.2013 - Boeing 737 da companhia Tatarstan Airlines explodiu no aeroporto da cidade russa de Kazan (720km de Moscou), na República do Tartaristão. Pelo menos 50 morreram Divulgação/Ministério para Situações de Emergência da RússiaMais
17.nov.2013 - Ambulâncias em frente ao aeroporto de Kazan (720km de Moscou), capital da República do Tartaristão. Um avião caiu na cidade neste domingo (17). Aparentemente, a aeronave da Tatarstan Airlines, que vinha de Moscou, se chocou contra a pista do aeroporto quando tentava voltar após abortar uma primeira tentativa de aterrissagem ReutersMais
17.nov.2013 - Mulher lê uma lista com o nome dos passageiros que estavam a bordo do Boeing 737 que caiu em Kazan (720km de Moscou), capital da República do Tartaristão. Aparentemente, a aeronave da Tatarstan Airlines, que vinha de Moscou, se chocou contra a pista do aeroporto quando tentava voltar após abortar uma primeira tentativa de aterrissagem Nikolai Alexandrov/APMais
17.nov.2013 - Pelo menos 50 pessoas morreram neste domingo (17) na queda de um avião de passageiros Boeing 737 no aeroporto da cidade russa de Kazan (720km de Moscou), capital da República do Tartaristão, informou o Ministério para Situações de Emergência da Rússia. Aparentemente, a aeronave da Tatarstan Airlines, que vinha de Moscou, se chocou contra a pista do aeroporto quando tentava voltar após abortar uma primeira tentativa de aterrissagem ReproduçãoMais
Modelo do Boeing 737-500 da Tatarstan Airlines Divulgação/Tatarstan Mais
17.nov.2013 - Pelo menos 50 pessoas morreram neste domingo (17) na queda de um avião de passageiros Boeing 737 no aeroporto da cidade russa de Kazan (720km de Moscou), capital da República do Tartaristão, informou o Ministério para Situações de Emergência da Rússia. Aparentemente, a aeronave da Tatarstan Airlines, que vinha de Moscou, se chocou contra a pista do aeroporto quando tentava voltar após abortar uma primeira tentativa de aterrissagem ReproduçãoMais
16.nov.2013 - Agentes investigam destroços de helicóptero que caiu neste sábado (16) após bater em um edifício (no detalhe da imagem) em Seul (Coreia do Sul). O acidente matou os dois tripulantes Jeon Heon-Kyun/EfeMais
8.nov.2013 - Bombeiros contêm fogo de caça MiG-29 da Força Aérea Indiana que caiu perto de Jamnagar, no Estado de Gujarat, oeste da Índia, nesta sexta-feira (8). O piloto da aeronave conseguiu ejetar sua poltrona em segurança, e o acidente não deixou vítimas ReutersMais
4.nov.2013 - Investigador analisa destroços de avião que colidiu no ar com outra aeronave, no último dia 2 de novembro, em Lake Superior, nos EUA Steve Kuchera/The News-Tribune/APMais
3.nov.2013 - Um avião da companhia boliviana Aerocon caiu neste domingo (3) quando pousava no povoado amazônico de Riberalta, no nordeste da Bolívia, matando oito pessoas e deixando outras pessoas feridas Bolivian Presidency/ReutersMais
31.out.1996 - Casas são destruídas no local da queda de um Fokker 100 da TAM, voo 402, no bairro do Jabaquara, em São Paulo. Logo após decolar do aeroporto de Congonhas, o avião apresentou problemas, perdeu altitude, bateu em dois prédios e explodiu, matando 99 pessoas entre passageiros, tripulantes e moradores da região Moacyr Lopes Jr./FolhapressMais
31.out.1996 - Bombeiros trabalham no local da queda de um Fokker 100 da TAM, voo 402, no bairro do Jabaquara, em São Paulo. Logo após decolar do aeroporto de Congonhas, o avião apresentou problemas, perdeu altitude, bateu em dois prédios e explodiu, matando 99 pessoas entre passageiros, tripulantes e moradores da região Moacyr Lopes Jr./FolhapressMais
31.out.1996 - Bombeiros trabalham no local da queda de um Fokker 100 da TAM, voo 402, no bairro do Jabaquara, em São Paulo. Logo após decolar do aeroporto de Congonhas, o avião apresentou problemas, perdeu altitude, bateu em dois prédios e explodiu, matando 99 pessoas entre passageiros, tripulantes e moradores da região Moacyr Lopes Jr./FolhapressMais
31.out.1996 - Corpos das vítimas da queda de um Fokker 100 da TAM, voo 402, no bairro do Jabaquara, em São Paulo. Logo após decolar do aeroporto de Congonhas, o avião apresentou problemas, perdeu altitude, bateu em dois prédios e explodiu, matando 99 pessoas entre passageiros, tripulantes e moradores da região Moacyr Lopes Jr./FolhapressMais
31.out.1996 - Bombeiros trabalham no local da queda de um Fokker 100 da TAM, voo 402, no bairro do Jabaquara, em São Paulo. Logo após decolar do aeroporto de Congonhas, o avião apresentou problemas, perdeu altitude, bateu em dois prédios e explodiu, matando 99 pessoas entre passageiros, tripulantes e moradores da região Moacyr Lopes Jr./FolhapressMais
31.out.1996 - Corpos das vítimas da queda de um Fokker 100 da TAM, voo 402, no bairro do Jabaquara, em São Paulo. Logo após decolar do aeroporto de Congonhas, o avião apresentou problemas, perdeu altitude, bateu em dois prédios e explodiu, matando 99 pessoas entre passageiros, tripulantes e moradores da região Moacyr Lopes Jr./FolhapressMais
31.out.1996 - Equipes de resgate trabalham no local da queda de um Fokker 100 da TAM, voo 402, no bairro do Jabaquara, em São Paulo. Logo após decolar do aeroporto de Congonhas, o avião apresentou problemas, perdeu altitude, bateu em dois prédios e explodiu, matando 99 pessoas entre passageiros, tripulantes e moradores da região Moacyr Lopes Jr./FolhapressMais
31.out.1996 - Bombeiros trabalham no local da queda de um Fokker 100 da TAM, voo 402, no bairro do Jabaquara, em São Paulo. Logo após decolar do aeroporto de Congonhas, o avião apresentou problemas, perdeu altitude, bateu em dois prédios e explodiu, matando 99 pessoas entre passageiros, tripulantes e moradores da região Moacyr Lopes Jr./FolhapressMais
31.out.1996 - Bombeiros trabalham no local da queda de um Fokker 100 da TAM, voo 402, no bairro do Jabaquara, em São Paulo. Logo após decolar do aeroporto de Congonhas, o avião apresentou problemas, perdeu altitude, bateu em dois prédios e explodiu, matando 99 pessoas entre passageiros, tripulantes e moradores da região Moacyr Lopes Jr./FolhapressMais
31.out.1996 - Sangue escorre pela sarjeta da rua Luís Orsini de Castro, junto aos corpos das vítimas do acidente com o Fokker 100 da TAM, voo 402, na região do Jabaquara, em São Paulo.Logo após decolar do aeroporto de Congonhas, o avião apresentou problemas, perdeu altitude, bateu em dois prédios e explodiu, matando 99 pessoas entre passageiros, tripulantes e moradores da região Ormuzd Alves/FolhapressMais
1º.nov.1996 - Escombros de casas da rua Luís Orsini de Castro, no local da queda de um Fokker 100 da TAM, voo 402, no bairro do Jabaquara, em São Paulo. Logo após decolar do aeroporto de Congonhas, o avião apresentou problemas, perdeu altitude, bateu em dois prédios e explodiu, matando 99 pessoas entre passageiros, tripulantes e moradores da região Cleo Velleda/ FolhapressMais
21.out.2013 - Dois homens não identificados morreram na queda de um avião de pequeno porte em Maricá, na região metropolitana do Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (21). De acordo com o Corpo de Bombeiros, a aeronave caiu na lagoa Marine, no bairro de São José do Imbassaí Romário Barros/Lei Seca MaricáMais
19.out.2013 - Parentes das vítimas do acidente com voo da de avião da Lao Airlines que caiu na última quarta-feira (16) em Pakse, sul do Laos, acendem incensos e fazem orações. As equipes de resgate recuperaram 30 corpos do total das 49 pessoas, entre viajantes de 11 nacionalidades e tripulação, informaram fontes oficiais neste sábado (19) Pornchai Kittiwongsakul/AFPMais
19.out.2013 - Investigadores franceses analisam neste sábado (19) os destroços de avião da Lao Airlines que caiu na última quarta-feira (16) em Pakse, sul do Laos. As equipes de resgate recuperaram 30 corpos do total das 49 pessoas, entre viajantes de 11 nacionalidades e tripulação, informaram fontes oficiais neste sábado (19) Sakchai Lalit/APMais
17.out.2013 - Moradores observam nesta quinta-feira (17) em Pakse (Laos) restos de fuselagem e objetos pessoais dos 49 passageiros e tripulantes que morreram em queda de avião nesta quarta-feira (16) Runrgroj Yongrit/EfeMais
17.out.2013 - Autoridades mexicanas da península de Baja California encontraram nesta quarta-feira (16) os restos de um pequeno avião que desapareceu na segunda-feira (14). Todas as 14 pessoas a bordo morreram Governo de Baja California/EfeMais
16.out.2013 - Em foto feita em novembro de 2012, avião da companhia Lao parecido com o que caiu nesta quarta-feira (16) sobre o rio Mekong, ao sul de Laos, matando todas as 44 pessoas a bordo Barbara Walton/EFEMais
12.out.2013 - O governador da província argentina de San Juan, Jose Luis Gioja, é transferido em ambulância para hospital após acidente de helicóptero em San Juan Delfo Rodriguez/AFPMais
9.out.2013 - Helicóptero cai no Golfo do México, a cerca de 30 km de Venice, Louisiana (EUA). O piloto morreu e dois dos três passageiros ficaram feridos, segundo a Guarda Costeira dos Estados Unidos. As causas do acidente ainda não foram divulgadas APMais
4.out.2013 - Helicóptero cai em uma praça no centro de São Caetano do Sul, na Grande São Paulo, no começo da tarde desta sexta-feira (4) Tamires HardenMais
3.out.2013 - Equipe de resgate da Nigéria trabalha nos destroços de um avião que caiu em Lagos. A aeronave havia acabado de decolar com 27 pessoas a bordo, quando sofreu avaria no motor. Já foram confirmadas 15 mortes Pius Utomi/AFPMais
3.out.2013 - Equipes de resgate inspecionam os destroços de um avião de passageiros que caiu logo após decolar do aeroporto de Lagos, na Nigéria. Autoridades disseram que há vítimas, e 15 mortes foram confirmadas até agora Pius Utomi/AFPMais
3.out.2013 - Homem da equipe de resgate inspeciona os destroços do avião de passageiros que caiu logo após decolar do aeroporto de Lagos, na Nigéria. Autoridades disseram que há vítimas, e 15 mortes foram confirmadas até agora Pius Utomi/AFPMais
3.out.2013 - Cauda do avião fabricado pela Embraer, modelo EMB-120 Brasília, que caiu logo após decolar, em Lagos, na Nigéria. Das 27 pessoas a bordo, 15 foram encontradas mortas, de acordo com autoridades locais Pius Utomi/AFPMais
3.out.2013 - Equipes de resgate inspecionam os destroços de um avião de passageiros que caiu logo após decolar do aeroporto de Lagos, na Nigéria. Autoridades disseram que há vítimas, e 15 mortes foram confirmadas até agora Sunday Alamba/APMais
3.out.2013 - Homem da equipe de resgate inspeciona os destroços do avião de passageiros que caiu logo após decolar do aeroporto de Lagos, na Nigéria. Autoridades disseram que há vítimas, e 15 mortes foram confirmadas até agora Sunday Alamba/APMais
3.out.2013 - Destroços do avião que caiu logo após a decolagem em Lagos, na Nigéria. A aeronave, fabricada pela Embraer, foi fretada da Nigéria e estava com 27 pessoas a bordo, quando sofreu avaria no motor pouco depois de decolar. De acordo com as autoridades, pelo menos 15 mortes foram confirmadas até agora Pius Utomi/AFPMais
3.out.2013 - Moradores da região ajudam bombeiros a conter o fogo causado pela queda de um avião em Lagos, na Nigéria. A aeronave, um modelo fabricado pela companhia brasileira Embraer, caiu logo após a decolagem, com problemas em um dos motores Pius Utomi/AFPMais
3.out.2013 - Destroços do avião que caiu logo após a decolagem em Lagos, na Nigéria. A aeronave, fabricada pela Embraer, foi fretada da Nigéria e estava com 27 pessoas a bordo, quando sofreu avaria no motor pouco depois de decolar. De acordo com as autoridades, pelo menos 15 mortes foram confirmadas até agora Pius Utomi/AFPMais
3.out.2013 - Objetos pessoais de passageiros de avião que caiu logo após a decolagem em Lagos, na Nigéria. A aeronave, fabricada pela Embraer, foi fretada da Nigéria e estava com 27 pessoas a bordo, quando sofreu avaria no motor pouco depois de decolar. De acordo com as autoridades, pelo menos 15 mortes foram confirmadas até agora Pius Utomi/AFPMais
3.out.2013 - Destroços do avião que caiu logo após a decolagem em Lagos, na Nigéria. A aeronave, fabricada pela Embraer, foi fretada da Nigéria e estava com 27 pessoas a bordo, quando sofreu avaria no motor pouco depois de decolar. De acordo com as autoridades, pelo menos 15 mortes foram confirmadas até agora Pius Utomi/AFPMais
3.out.2013 - Perito analisa destroços do painel do avião da Embraer, modelo EMB-120 Brasília, que caiu em Lagos, na Nigéria. Das 27 pessoas que estavam a bordo, nove teriam morrido, em informação ainda não confirmada pelas autoridades locais Pius Utomi/AFPMais
3.out.2013 - Destroços do avião que caiu logo após a decolagem em Lagos, na Nigéria. A aeronave, fabricada pela Embraer, foi fretada da Nigéria e estava com 27 pessoas a bordo, quando sofreu avaria no motor pouco depois de decolar. De acordo com as autoridades, pelo menos 15 mortes foram confirmadas até agora Pius Utomi/AFPMais
3.out.2013 - Destroços do avião que caiu logo após a decolagem em Lagos, na Nigéria. A aeronave, fabricada pela Embraer, foi fretada da Nigéria e estava com 27 pessoas a bordo, quando sofreu avaria no motor pouco depois de decolar. De acordo com as autoridades, pelo menos 15 mortes foram confirmadas até agora Pius Utomi/AFPMais
30.set.2013 - Bombeiros finalizam trabalho nas ruínas de um hangar, destruído após uma aterrissagem forçada de um jato pequeno, no último domingo (29), no aeroporto de Santa Monica, na Califórnia (EUA). Todos que estavam a bordo morreram, embora as autoridades ainda não tenham especificado o número de vítimas. O avião era um modelo bimotor Cessna Citation Kevork Djamsezian/ReutersMais
30.set.2013 - Bombeiros combatem fogo na noite deste domingo (29) após avião bater em hangar e causar incêndio, no Aeroporto Santa Monica, Estado da Califórnia (Estados Unidos). As autoridades não informaram se há feridos. A aeronave voou partindo de Hailey, no Estado do Idaho, e perdeu o controle quando aterrissava na pista. A foto foi disponibilizada nesta segunda-feira (30) Jonathan Alcorn/ReutersMais
29.set.2013 -Um avião da empresa Alitalia, vindo de Madri, teve problemas na aterrissagem neste domingo (29) no aeroporto de Fumicino, em Roma. O trem de pouso da aeronave teve problemas, mas nenhum dos 151 passageiros a bordo ficou ferido Telenews/Epa/EfeMais
29.set.2013 - Os sete anos da morte de 154 pessoas no acidente com o voo 1907 da Gol provocado por um jato Legacy, pilotado por dois norte-americanos, foram lembrados neste domingo (29), em missa para homenagear as vítimas, na igreja Rainha da Paz, em Brasília Antônio Cruz/Agência BrasilMais
30.set.2006 - Familiares de passageiros choram após receberem a notícia sobre o acidente com o voo 1907 da Gol, em Brasília. Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Denio Simões/ReutersMais
30.set.2006 - Familiares de passageiros choram após receberem a notícia sobre o acidente com o voo 1907 da Gol, em Brasília. Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Ueslei Marcelino/APMais
30.set.2006 - Familiares de passageiros choram após receberem a notícia sobre o acidente com o voo 1907 da Gol, em Brasília. Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Ueslei Marcelino/APMais
30.set.2006 - Vista aérea da região onde caiu o Boeing 737-800 da Gol, em uma fazenda em Peixoto Azevedo (MT). Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) A. Correia/FolhapressMais
4.out.2013 - Asa do jato Legacy, que se chocou no ar com o Boeing-737/800 da Gol, na base aérea da serra do Cachimbo, em Novo Progresso (PA). Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Sérgio Lima/FolhapressMais
9.dez.2006 - Sem dar declarações à imprensa, os pilotos Jan Paladino (à esquerda) e Joe Lepore, que pilotavam o jato Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), que se chocou com o da Gol são recebidos com festa por seus familiares e cerca de 200 pessoas nos EUA. Eles ficaram retidos 70 dias no Brasil o acidente Gilberto Tadday/FolhapressMais
15.dez.2006 - Os pilotos Joe Lapore (direita) e Jan Paladino durante entrevista à jornalista Eliane Cantanhêde, da Folha de S.Paulo, em Nova York, nos Estados Unidos. Lapore e Paladino pilotavam o jato Legacy que se chocou com o boeing 737-800 da Gol, no acidente que matou 154 pessoas. Eles ficaram retidos 70 dias no Brasil. Na entrevista, afirmaram que seguiram plano ditado pelo controle de voo brasileiro Claudio Versiani/FolhapressMais
30.mar.2011 - Membros da Associação de Familiares e Amigos das Vítimas do voo 1907, da Gol, fazem protesto pedindo punição aos responsáveis pelo acidente durante realização de videoconferência do Ministério da Justiça em que foram tomados os depoimentos dos pilotos Joseph Leopore e Jan Paul Paladino, que pilotavam o Legacy que se envolveu em acidente com avião da Gol em 2006. foram durante a vidioconferencia. O acidente, em que morreram 154 pessoas, completa sete anos neste domingo (29) Sergio Lima/FolhapressMais
2.out.2006 - Shirley G. Rondini mostra foto do filho Michel, uma das vítimas do acidente da Gol. Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Moacyr Lopes Junior/FolhapressMais
2.out.2006 - Alvimar Duarte mostra foto da cunhada Carla, uma das vítimas da queda do voo da Gol, em Brasília. Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Moacyr Lopes Junior/FolhapressMais
2.out.2006 - Maria Irani Siqueira mostra fotos do filho Plínio Siqueira Júnior, uma das vítimas da queda do voo da Gol. Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Denio Simões/ReutersMais
3.out.2006 - Documentos e objetos de passageiros achados no local do acidente do Boeing 737-800 da Gol, em uma fazenda em Peixoto Azevedo (MT). Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Eraldo Peres/APMais
3.out.2006 - Helicóptero da FAB (Força Aérea Brasileira) transporta corpos achados no local da queda do Boeing 737-800 da Gol. Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Eraldo Peres/APMais
3.out.2006 - Helicóptero da FAB (Força Aérea Brasileira) transporta corpos achados no local da queda do Boeing 737-800 da Gol. Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Ademilde Correia/FolhapressMais
5.out.2013 - Funcionários da Gol dão as mãos uns aos outros durante homenagem às vítimas da queda do avião no aeroporto de Congonhas, zona sul de São Paulo. Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Moacyr Lopes Junior/FolhapressMais
5.out.2013 - Funcionários da Gol se emocionam durante homenagem às vítimas da queda do avião no aeroporto de Congonhas, zona sul de São Paulo. Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Moacyr Lopes Junior/FolhapressMais
6.out.2006 - Parentes e amigos acompanham o enterro de Francisco Loiola, uma das vítimas da queda do vôo 1907 da Gol, em Brasília. Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Paulo Whitaker/ReutersMais
6.out.2006 - Parentes e amigos acompanham o enterro de José Inácio Ferreira Trindade, uma das vítimas da queda do vôo 1907 da Gol, em Brasília (DF). A colisão entre o Boeing-737/800 da Gol e o jato executivo Legacy-600 comprado pela empresa norte-americana ExcelAire da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica) ocorreu na noite de 29 de setembro de 2006 e matou 154 pessoas. O Boeing-737/800 saiu de Manaus (AM) rumo ao Rio de Janeiro, com escala em Brasília (DF), e caiu após um incidente não esclarecido com o jato executivo Legacy. O Legacy conseguiu pousar na base aérea de Cachimbo, no sul do Pará Lula Marques/FolhapressMais
6.out.2006 - Parentes choram no velório de Atila Assad Rezende, 24, uma das vítimas da queda do voo 1907 da Gol, em Brasília. Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Ricardo Rafael/O Popular/FolhapressMais
6.out.2006 - Parentes e amigos rezam durante o enterro de José Inácio Ferreira Trindade, uma das vítimas da queda do vôo 1907 da Gol, em Brasília. Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Lula Marques/FolhapressMais
6.out.2006 - Parentes e amigos jogam flores sobre o caixão de Francisco Loiola, uma das vítimas da queda do voo 1907 da Gol, em Brasília. Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Paulo Whitaker/ReutersMais
6.out.2006 - Mulheres choram durante a missa de sétimo dia de vítimas da queda do voo 1907 da Gol, em Brasília. Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Kléber Lima/Agência O GloboMais
10.out.2006 - Parentes se consolam no enterro da médica Ana Maria Maciel Silva, que estava no voo 1907 da Gol, em Recife. Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Teresa Maia/Diário de Pernambuco/FolhapressMais
11.out.2006 - Tropa do Exército embarca para o local da queda do Boeing 737-800 da Gol para buscar corpos de passageiros, na fazenda Jarinã, em Peixoto de Azevedo (MT). O acidente, que deixou 154 mortos, completa sete anos neste domingo (29) Alan Marques/FolhapressMais
11.out.2006 - Militares carregam equipamentos usados no resgate dos passageiros do voo da Gol no campo de futebol da fazenda Jarinã, em Peixoto de Azevedo (MT), usado como pista de pouso de helicópteros. O acidente, que deixou 154 mortos, completa sete anos neste domingo (29) Alan Marques/FolhapressMais
13.out.2006 - Em Brasília, cães farejadores embarcam para ajudar nas buscas por corpos e do cilindro da caixa preta do voo 1907 da Gol. O Boeing-737/800 saiu de Manaus (AM) rumo ao Rio de Janeiro, com escala em Brasília (DF), e caiu após bater com o jato executivo Legacy. O Legacy conseguiu pousar na base aérea de Cachimbo, no sul do Pará. O acidente, que deixou 154 mortos, completa sete anos neste domingo (29) Folha de S. PauloMais
2.out.2006 - Imagem dos destroços no local onde caiu o Boeing 737-800 da Gol, em uma fazenda em Peixoto Azevedo (MT). Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Força Aérea Brasileira/DivulgaçãoMais
3.out.2006 - Equipe de resgate carrega corpos de vítimas do acidente da Gol na fazenda Jarinã, que fica próxima ao local onde o avião caiu e que foi usada como base pelos militares para fazer as buscas das vítimas e de destroços do avião, em Peixoto de Azevedo (741 km ao norte de Cuiabá). O Boeing-737/800 saiu de Manaus (AM) rumo ao Rio de Janeiro, com escala em Brasília, e caiu após se chocar com o jato executivo Legacy. O acidente, que deixou 154 mortos, completa sete anos neste domingo (29) Jamil Bittar/ReutersMais
3.out.2006 - Militares da Aeronáutica mostram a caixa-preta do Boeing da Gol, achada em 2 de outubro de 2006, na fazenda Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km ao norte de Cuiabá - MT). O Boeing-737/800 saiu de Manaus (AM) rumo ao Rio de Janeiro, com escala em Brasília, e caiu após se chocar com o jato executivo Legacy. O acidente, que deixou 154 mortos, completa sete anos neste domingo (29) FAB/EFEMais
3.out.2006 - Equipe de resgate carrega corpos de vítimas do acidente da Gol na fazenda Jarinã, que fica próxima ao local onde o avião caiu e que foi usada como base pelos militares para fazer as buscas das vítimas e de destroços do avião, em Peixoto de Azevedo (741 km ao norte de Cuiabá). O Boeing-737/800 saiu de Manaus (AM) rumo ao Rio de Janeiro, com escala em Brasília, e caiu após se chocar com o jato executivo Legacy. O acidente, que deixou 154 mortos, completa sete anos neste domingo (29) Jamil Bittar/ReutersMais
8.out.2006 - Militares e peritos do IML (Instituto Médico Legal) trabalham em área de destroços do Boeing da Gol, em Mato Grosso; houve troca da equipe de resgate. A Justiça do Distrito Federal determinou em 7 de outubro de 2006, em caráter liminar, a retenção do jato Legacy da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), que no dia 29 de setembro colidiu com o Boeing da Gol em pleno ar, no maior acidente da história do país, que deixou 154 vítimas fatais. O Boeing-737/800 saiu de Manaus (AM) rumo ao Rio de Janeiro, com escala em Brasília (DF), e caiu dentro da reserva Capoto-Jarinã e próximo do Parque Indígena do Xingu, no Mato Grosso. O Legacy conseguiu pousar na base aérea de Cachimbo, no sul do Pará Alan Marques/FolhapressMais
mar.2007 - Destroços do Boeing-737/800 da Gol permaneciam no local da queda, junto com restos de remédios e roupas das vítimas, seis meses após o maior acidente da aviação brasileira. Em 29 de setembro de 2006, o Boeing e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido Jorge Araújo/FolhapressMais
mar.2007 - Destroços do Boeing-737/800 da Gol permaneciam no local da queda, junto com restos de remédios e roupas das vítimas, seis meses após o maior acidente da aviação brasileira. Em 29 de setembro de 2006, o Boeing e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido Jorge Araújo/FolhapressMais
mar.2007 - Destroços do Boeing-737/800 da Gol permaneciam no local da queda, junto com restos de remédios e roupas das vítimas, seis meses após o maior acidente da aviação brasileira. Em 29 de setembro de 2006, o Boeing e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido Jorge Araújo/FolhapressMais
30.set.2006 - Imagem aérea dos destroços no local onde caiu o Boeing 737-800 da Gol, em uma fazenda em Peixoto Azevedo (MT). Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Alan Marques/FolhapressMais
1º.out.2006 - Jato Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, que ficou danificado depois de se chocar com o Boeing 737-800 da Gol. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. O acidente completa sete anos neste domingo (29) Força Aérea Brasileira/DivulgaçãoMais
30.set.2006 - Imagem aérea dos destroços no local onde caiu o Boeing 737-800 da Gol, em uma fazenda em Peixoto Azevedo (MT). Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Força Aérea Brasileira/DivulgaçãoMais
30.set.2006 - Imagem aérea dos destroços no local onde caiu o Boeing 737-800 da Gol, em uma fazenda em Peixoto Azevedo (MT). Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Força Aérea Brasileira/DivulgaçãoMais
30.set.2006 - Imagem aérea dos destroços no local onde caiu o Boeing 737-800 da Gol, em uma fazenda em Peixoto Azevedo (MT). Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Força Aérea Brasileira/DivulgaçãoMais
30.set.2006 - Imagem aérea dos destroços no local onde caiu o Boeing 737-800 da Gol, em uma fazenda em Peixoto Azevedo (MT). Em 29 de setembro de 2006, o Boeing, que fazia o voo 1907, e um jato executivo Legacy-600 da Embraer (Empresa Brasileira de Aeronáutica), comprado pela empresa norte-americana ExcelAire, chocaram-se no ar. O Boeing caiu na floresta, matando todos os 154 tripulantes que estavam a bordo, e o jato conseguiu pousar sem nenhum ocupante ferido. Os destroços do avião foram encontrados no dia seguinte na terra indígena Capoto-Jarinã, em Peixoto de Azevedo (741 km de Cuiabá). O acidente completa sete anos neste domingo (29) Força Aérea Brasileira/DivulgaçãoMais
25.set.2013 - Avião cai após falha no motor e pega fogo nesta nesta quarta-feira (25) em cruzamento de Fort Nelson, na Colúmbia Britânica (Canadá). A polícia afirmou que o piloto sofreu apenas ferimentos leves. A foto foi disponibilizada nesta quinta-feira (26) Dustin Roscoe/APMais
22.set.2013 - O piloto de um avião monomotor de pequeno porte teve problemas mecânicos e foi forçado a fazer um pouso de emergência na manhã deste domingo (22) em uma movimentada via expressa de Chicago, nos Estados Unidos. O avião pousou a apenas alguns quarteirões dos arranha-céus da cidade. O piloto era a única pessoa a bordo e escapou ileso, disse um porta-voz da polícia. O avião pode ter colidido contra um ou dois carros, mas sem causar grandes danos, disse o porta-voz Ashley Rezin/Chicago Sun-Times/ReutersMais
20.set.2013 - Cinco pessoas morreram após queda de avião em Caldas Novas (171 km de Goiânia), nesta sexta-feira (20). O acidente aconteceu no bairro Paraíso 2, a 500 metros do aeroporto Nelson Ribeiro Guimarães, onde a aeronave pousaria Corpo de Bombeiros/DivulgaçãoMais
9.set.2013 - Vista de parte da fuselagem do avião Dornier 228 que caiu nesta segunda-feira (9), perto do aeródromo da cidade de Viña Del Mar, a 160 km de Santiago, no Chile. Dois tripulantes morreram no acidente aéreo Martin Contreras/EFEMais
3.set.2013 - Três pessoas morreram após a queda de um avião de pequeno porte da empresa de táxi aéreo Dourado, nesta terça-feira (3), em Belém, capital do Pará. A aeronave caiu logo após a decolagem, segundo o Corpo de Bombeiros. Peritos foram ao local para examinar a cena do acidente. As causas da queda ainda são desconhecidas Thiago Gomes/Futura PressMais
2.set.2013 - O Airbus da TAM Linhas Aéreas que fazia o voo 8065, que saiu de Madri às 23h10 (horário local) e fez pouso de emergência às 1h43 desta segunda-feira (2) no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza. Por causa de uma forte turbulência enfrentada pela aeronave enquanto sobrevoava o Oceano Atlântico, passageiros e membros da tripulação precisaram de atendimento médico. Pelo menos 15 pessoas ficaram feridas Mauri Melo/O PovoMais
2.set.2013 - O encarregado de obras Nilton Santos, 50, mostra luxações sofridas durante a turbulência enfrentada pelo Airbus da TAM Linhas Aéreas que fazia o voo 8065, na madrugada desta segunda-feira (2), obrigando a aeronave a fazer um pouso de emergência no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza. O avião saiu de Madri às 23h10 (horário local) e precisou pousar na capital cearense às 1h43. Pelo menos 15 pessoas ficaram feridas Mauri Melo/O PovoMais
2.set.2013 - Um avião da TAM fez um pouso de emergência na madrugada desta segunda-feira (2), no aeroporto de Fortaleza, após passar por uma intensa turbulência. Passageiros ficaram feridos. Segundo a Infraero (estatal que administra os aeroportos), o voo 8065 partiu de Madri com destino a Guarulhos Paulo Moska/O Povo OnlineMais
2.set.2013 - Interior de aeronave da TAM quebrado após a aeronave fazer um pouso de emergência na madrugada desta segunda-feira (2), no aeroporto de Fortaleza, após passar por uma turbulência. "Isso é só parte do estrago. E foi quebrado com a força da batida de cabeça. Isso aconteceu com várias outras pessoas", afirma o internauta Ricardo Pontes, em sua página no microblog Twitter. Segundo a Infraero, pelo menos 15 passageiros precisaram de atendimento médico Reprodução/Twitter/ricardopontesMais
2.set.2013 - Em foto divulgada no Twitter, passageira ferida é colocada em maca após um avião da TAM fazer um pouso de emergência na madrugada desta segunda-feira (2), no aeroporto de Fortaleza, após passar por uma intensa turbulência. Passageiros ficaram feridos. Segundo a Infraero (estatal que administra os aeroportos), o voo 8065 partiu de Madri com destino a Guarulhos Reprodução/Twitter/@ricardopontesMais
2.set.2013 - Em foto divulgada no Twitter, passageira ferida é colocada em maca após um avião da TAM fazer um pouso de emergência na madrugada desta segunda-feira (2), no aeroporto de Fortaleza, após passar por uma intensa turbulência. Passageiros ficaram feridos. Segundo a Infraero (estatal que administra os aeroportos), o voo 8065 partiu de Madri com destino a Guarulhos Reprodução/Twitter/@ricardopontesMais
2.set.2013 - Um avião da TAM fez um pouso de emergência na madrugada desta segunda-feira (2), no aeroporto de Fortaleza, após passar por uma intensa turbulência. Passageiros ficaram feridos. Segundo a Infraero (estatal que administra os aeroportos), o voo 8065 partiu de Madri com destino a Guarulhos Paulo Moska/O Povo OnlineMais
28.ago.2013 - Soldados sul-coreanos carregam corpo de um dos dois pilotos que morreram nesta quarta-feira (28) na queda de um jato T-50 sobre um campo de arroz em Gwangju, ao sul de Seul, na Coreia do Sul. O acidente ocorreu próximo à base aérea da cidade, durante uma missão de treinamento Kim Tae-sung/ReutersMais
24.ago.13 - Grupo de resgate busca por sobreviventes após a queda de um helicóptero próximo às ilhas Shetland, na Escócia. A polícia confirmou neste sábado (24) que quatro pessoas foram encontradas mortas. A aeronave transportava 18 pessoas, 16 delas funcionários de uma plataforma de petróleo no Mar do Norte AFPMais
22.ago.2013 - Challenger é lançado da plataforma do Centro Espacial kennedy em Cabo Canaveral, na Flórida, nos Estados Unidos, no dia 28 de janeiro de 1986. O ônibus espacial da Nasa (Agência Espacial Norte-Americana) explodiu pouco mais de um minuto após decolar, matando os sete tripulantes Thom Baur/APMais
22.ago.2013 - Foguete VLS-1 (Veículo Lançador de Satélites) é preparado no Centro de Lançamento de Alcântara, no Maranhão, em registro do dia 19 de agosto de 2003, três dias antes do acidente que matou 21 pessoas. Segundo a comissão de investigação, a ignição do foguete acendeu sozinha e explodiu a plataforma enquanto os funcionários faziam os últimos ajustes para o lançamento Axel Bugge/ReutersMais
Homens trabalham na montagem do foguete VLS-1 (Veículo Lançador de Satélites) no Centro de Lançamento de Alcântara, no Maranhão, em registro do dia 19 de agosto de 2003, três dias antes do acidente que matou 21 pessoas. Aegundo a comissão de investigação, a ignição do foguete, que já estava na plataforma, acendeu sozinha e explodiu os motores enquanto os funcionários faziam os últimos ajustes Axel Bugge/ReutersMais
22.ago.2013 - Militar protege área do acidente na base de Alcântara, no Maranhão, no dia 25 de agosto de 2003, três dias depois da explosão do do foguete VLS-1 (Veículo Lançador de Satélites). O acidente que matou 21 pessoas que trabalhavam na montagem do foguete completa dez anos sem chegar a culpados Flávio Florido/FolhapressMais
22.ago.2013 - TV russa Vesti 24 mostra a queda de um foguete momento após ser lançado com três satélites a bordo do Cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, no dia 2 de julho de 2013. O Proton-M desviou de sua trajetória 17 segundos após seu lançamento e explodiu no ar, a apenas dois quilômetros de altitude, liberando 600 toneladas de combustível altamente tóxico na atmosfera Vesti 24 via APTN/APMais
22.ago.2013 - TV russa Vesti 24 mostra a queda de um foguete momento após ser lançado com três satélites a bordo do Cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, no dia 2 de julho de 2013. O Proton-M desviou de sua trajetória 17 segundos após seu lançamento e explodiu no ar, a apenas dois quilômetros de altitude, liberando 600 toneladas de combustível altamente tóxico na atmosfera Vesti 24 via APTN/APMais
22.ago.2013 - Sequência de imagens da tv russa Vesti 24 mostra o lançamento e a explosão do Proton-M, no dia 2 de julho de 2013. O foguete russo desviou de sua trajetória 17 segundos após seu lançamento na base do do Cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, e explodiu no ar, destruindo três satélites que estavam a bordo e liberando 600 toneladas de combustível altamente tóxico na atmosfera Pool via Reuters TVMais
22.ago.2013 - O foguete GSLV explodiu após seu lançamento em Sriharikota, na Índia, no dia 25 de dezembro de 2010. O objetivo de foguete indiano era colocar o satélite de comunicação GSAT-5P em órbita Seshadri Sukumar/AFPMais
22.ago.2013 - Teste de um modelo de avião supersônico japonês fracassou após ser lançado de Woomera, na Austrália, no dia 14 de julho de 2002. A nave e o foguete caíram logo após a decolagem, a 500 metros da base de lançamento Peter Mathew/APMais
22.ago.2013 - O ônibus espacial Challenger se desintegrou no ar 73 segundos após ser lançado do Centro Espacial Kennedy, no Cabo Canaveral, na Flórida, sudeste dos Estados Unidos, no dia 28 de janeiro de 1986. Os sete tripulantes, entre eles astronautas da Nasa (Agência Espacial Norte-Americana) e uma professora, morreram com a explosão causada por uma falha Florida Today, Michael R. Brown/APMais
22.ago.2013 - O ônibus espacial Challenger se desintegrou no ar 73 segundos após ser lançado do Centro Espacial Kennedy, no Cabo Canaveral, na Flórida, sudeste dos Estados Unidos, no dia 28 de janeiro de 1986. Os sete tripulantes, entre eles astronautas da Nasa (Agência Espacial Norte-Americana) e uma professora, morreram com a explosão causada por uma falha Nasa/ReutersMais
22.ago.2013 -O ônibus espacial Challenger explodiu em 28 de janeiro de 1986, 73 segundos depois de ser lançado do Centro Espacial Kennedy, na Flórida, no sudeste dos Estados Unidos. Os sete astronautas da Nasa (Agência Espacial Norte-Americana) morreram com a explosão causada por uma falha na estrutura do foguete Bruce Weaver/APMais
22.ago.2013 - Destroços da plataforma de lançamento três dias após a explosão do foguete VLS-1 (Veículo Lançador de Satélites) na base de Alcântara, no Maranhão, em agosto de 2003. O acidente que matou 21 pessoas que trabalhavam na montagem do foguete completa dez anos sem chegar a culpados Flávio Florido/FolhapressMais
22.ago.2013 - Destroços da plataforma de lançamento três dias após a explosão do foguete VLS-1 (Veículo Lançador de Satélites) na base de Alcântara, no Maranhão, em agosto de 2003. O acidente que matou 21 pessoas que trabalhavam na montagem do foguete completa dez anos sem chegar a culpados Flávio Florido/FolhapressMais
22.ago.2013 - Destroços da plataforma de lançamento três dias após a explosão do foguete VLS-1 (Veículo Lançador de Satélites) na base de Alcântara, no Maranhão, em agosto de 2003. O acidente que matou 21 pessoas que trabalhavam na montagem do foguete completa dez anos sem chegar a culpados Flávio Florido/FolhapressMais
22.ago.2013 - Destroços da plataforma de lançamento três dias após a explosão do foguete VLS-1 (Veículo Lançador de Satélites) na base de Alcântara, no Maranhão, em agosto de 2003. O acidente que matou 21 pessoas que trabalhavam na montagem do foguete completa dez anos sem chegar a culpados Flávio Florido/FolhapressMais
22.ago.2013 - Destroços da plataforma de lançamento três dias após a explosão do foguete VLS-1 (Veículo Lançador de Satélites) na base de Alcântara, no Maranhão, em agosto de 2003. O acidente que matou 21 pessoas que trabalhavam na montagem do foguete completa dez anos sem chegar a culpados Flávio Florido/FolhapressMais
22.ago.2013 - Destroços da plataforma de lançamento três dias após a explosão do foguete VLS-1 (Veículo Lançador de Satélites) na base de Alcântara, no Maranhão, em agosto de 2003. O acidente que matou 21 pessoas que trabalhavam na montagem do foguete completa dez anos sem chegar a culpados Flávio Florido/FolhapressMais
22.ago.2013 - Destroços da plataforma de lançamento três dias após a explosão do foguete VLS-1 (Veículo Lançador de Satélites) na base de Alcântara, no Maranhão, em agosto de 2003. O acidente que matou 21 pessoas que trabalhavam na montagem do foguete completa dez anos sem chegar a culpados Flávio Florido/FolhapressMais
21.ago.2013 - Um helicóptero fez um pouso de emergência em um canteiro da marginal Tietê, próximo à ponte da Casa Verde, na zona norte de São Paulo Rodrigo Capote/UOLMais
21.ago.2013 - Helicóptero fica danificado após fezer pouso de emergência em um canteiro da marginal Tietê, próximo à ponte da Casa Verde, na zona norte de São Paulo Rodrigo Capote/UOLMais
21.ago.2013 - Um helicóptero fez um pouso de emergência às 10h40 desta quarta-feira (21) em um canteiro da marginal Tietê, próximo à ponte da Casa Verde, na zona norte de São Paulo Leandro Martins/Futura PressMais
14.ago.2013 - Avião de carga da UPS pega fogo ao se chocar durante aterrissagem, nesta quarta-feira (14), em Birmingham, no Alabama, EUA. De acordo com um porta-voz da empresa, o avião está em uma colina e não há casas nas imediações do acidente Alabama's 13/ReutersMais
14.ago.2013 -Avião de carga da UPS caiu quando tentava pousar, nesta quarta-feira (14), em Birmingham, no Alabama, EUA. De acordo com um porta-voz da empresa, o avião está em uma colina e não há casas nas imediações do acidente Butch Dill/APMais
11.ago.2013 - Autoridades examinam um biplano que ficou de cabeça para baixo após um pouso forçado em um campo de trigo no distrito de Havel, na Alemanha. A aeronave levava um grupo de cinco turistas e caiu pouco tempo após decolar; os ocupantes sofreram ferimentos leves, segundo a polícia de Potsdam Nestor BachMann/EFE/EPAMais
9.ago.2013 - Avião da Lion Air atropela uma vaca ao pousar e sai da pista em aeroporto da Indonésia ReutersMais
9.ago.2013 - Homem observa local da queda de um avião etíope militar de carga nesta sexta-feira (9) no aeroporto de Mogadício (Somália). Quatro dos seis tripulantes morreram Mohamed Abdiwahab/AFPMais
9.ago.2013 - Bombeiros controlam chamas após a queda de um avião militar de carga nesta sexta-feira (9) no aeroporto de Mogadício (Somália). Quatro dos seis tripulantes morreram Tobin Jones/Au Un Ist Photo/EfeMais
9.ago.2013 - Bombeiros controlam chamas após a queda de um avião militar de carga nesta sexta-feira (9) no aeroporto de Mogadício (Somália). Quatro dos seis tripulantes morreram Tobin Jones/Au Un Ist Photo/EfeMais