Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2013/05/14/tumulto-faz-sessao-da-mp-dos-portos-ser-encerrada.htm
  • totalImagens: 64
  • fotoInicial: 40
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130514174838
    • Brasília [5301]; DF [5294];
    • Câmara dos Deputados do Brasil [21530]; votação [29494]; Senado Federal [8970];
Fotos

14.mai.2013 - Votação do MP dos Portos na Câmara acaba em confusão. Além de agressões verbais do líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO), que chamou o deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) de "frouxo" e "chefe de quadrilha", o deputado do PP-MG Toninho Pinheiro (foto) subiu ao Plenário com um cartaz sem qualquer relação com o assunto em pauta para obstruir a sessão, que acabou sendo interrompida Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados Mais

14.mai.2013 - Votação do MP dos Portos na Câmara acaba em confusão. Além de agressões verbais do líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO), que chamou o deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) de "frouxo" e "chefe de quadrilha", o deputado do PP-MG Toninho Pinheiro (foto) subiu ao Plenário com um cartaz sem qualquer relação com o assunto em pauta para obstruir a sessão, que acabou sendo interrompida Laycer Tomaz/Câmara dos Deputados Mais

14.mai.2013 - Votação do MP dos Portos na Câmara acaba em confusão. Além de agressões verbais do líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO), que chamou o deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) de "frouxo" e "chefe de quadrilha", o deputado do PP-MG Toninho Pinheiro (foto) subiu ao Plenário com um cartaz sem qualquer relação com o assunto em pauta para obstruir a sessão, que acabou sendo interrompida Gustavo Lima / Câmara dos Deputados Mais

14.mai.2013 - Votação do MP dos Portos na Câmara acaba em confusão. Além de agressões verbais do líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO), que chamou o deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) de "frouxo" e "chefe de quadrilha", o deputado do PP-MG Toninho Pinheiro (foto) subiu ao Plenário com um cartaz sem qualquer relação com o assunto em pauta para obstruir a sessão, que acabou sendo interrompida Reprodução Mais

14.mai.2013 - Votação do MP dos Portos na Câmara acaba em confusão. Além de agressões verbais do líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO), que chamou o deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) de "frouxo" e "chefe de quadrilha", o deputado do PP-MG Toninho Pinheiro (foto) subiu ao Plenário com um cartaz sem qualquer relação com o assunto em pauta para obstruir a sessão, que acabou sendo interrompida Laycer Tomaz/Câmara dos Deputados Mais

14.mai.2013 - Votação do MP dos Portos na Câmara acaba em confusão. Além de agressões verbais do líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO), que chamou o deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) de "frouxo" e "chefe de quadrilha", o deputado do PP-MG Toninho Pinheiro (foto) subiu ao Plenário com um cartaz sem qualquer relação com o assunto em pauta para obstruir a sessão, que acabou sendo interrompida Laycer Tomaz/Câmara dos Deputados Mais

14.mai.2013 - Votação do MP dos Portos na Câmara acaba em confusão. Além de agressões verbais do líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO), que chamou o deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) de "frouxo" e "chefe de quadrilha", o deputado do PP-MG Toninho Pinheiro (foto) subiu ao Plenário com um cartaz sem qualquer relação com o assunto em pauta para obstruir a sessão, que acabou sendo interrompida Lúcio Bernardo Jr/Câmara dos Deputados Mais

14.mai.2013 - Votação do MP dos Portos na Câmara acaba em confusão. Além de agressões verbais do líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO), que chamou o deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) de "frouxo" e "chefe de quadrilha", o deputado do PP-MG Toninho Pinheiro (foto) subiu ao Plenário com um cartaz sem qualquer relação com o assunto em pauta para obstruir a sessão, que acabou sendo interrompida Gustavo Lima / Câmara dos Deputados Mais

14.mai.2013 - Votação do MP dos Portos na Câmara acaba em confusão. Além de agressões verbais do líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO), que chamou o deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) de "frouxo" e "chefe de quadrilha", o deputado do PP-MG Toninho Pinheiro (foto) subiu ao Plenário com um cartaz sem qualquer relação com o assunto em pauta para obstruir a sessão, que acabou sendo interrompida Lúcio Bernardo Jr/Câmara dos Deputados Mais

14.mai.2013 - Votação do MP dos Portos na Câmara acaba em confusão. Além de agressões verbais do líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO), que chamou o deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) de "frouxo" e "chefe de quadrilha", o deputado do PP-MG Toninho Pinheiro (foto) subiu ao Plenário com um cartaz sem qualquer relação com o assunto em pauta para obstruir a sessão, que acabou sendo interrompida Nilson Bastian / Câmara dos Deputados Mais

14.mai.2013 - Votação do MP dos Portos na Câmara acaba em confusão. Além de agressões verbais do líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO), que chamou o deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) de "frouxo" e "chefe de quadrilha", o deputado do PP-MG Toninho Pinheiro (foto) subiu ao Plenário com um cartaz sem qualquer relação com o assunto em pauta para obstruir a sessão, que acabou sendo interrompida Nilson Bastian/Câmara dos Deputados Mais

14.mai.2013 - Votação do MP dos Portos na Câmara acaba em confusão. Além de agressões verbais do líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO), que chamou o deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) de "frouxo" e "chefe de quadrilha", o deputado do PP-MG Toninho Pinheiro (foto) subiu ao Plenário com um cartaz sem qualquer relação com o assunto em pauta para obstruir a sessão, que acabou sendo interrompida Laycer Tomaz/Câmara dos Deputados Mais

14.mai.2013 - Votação do MP dos Portos na Câmara acaba em confusão. Além de agressões verbais do líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO), que chamou o deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) de "frouxo" e "chefe de quadrilha", o deputado do PP-MG Toninho Pinheiro (foto) subiu ao Plenário com um cartaz sem qualquer relação com o assunto em pauta para obstruir a sessão, que acabou sendo interrompida Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados Mais

14.mai.2013 - Votação do MP dos Portos na Câmara acaba em confusão. Além de agressões verbais do líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO), que chamou o deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) de "frouxo" e "chefe de quadrilha", o deputado do PP-MG Toninho Pinheiro (foto) subiu ao Plenário com um cartaz sem qualquer relação com o assunto em pauta para obstruir a sessão, que acabou sendo interrompida Laycer Tomaz / Câmara dos Deputados Mais

14.mai.2013 - Votação do MP dos Portos na Câmara acaba em confusão. Além de agressões verbais do líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO), que chamou o deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) de "frouxo" e "chefe de quadrilha", o deputado do PP-MG Toninho Pinheiro (foto) subiu ao Plenário com um cartaz sem qualquer relação com o assunto em pauta para obstruir a sessão, que acabou sendo interrompida Gustavo Lima / Câmara dos Deputados Mais

14.mai.2013 - Votação do MP dos Portos na Câmara acaba em confusão. Além de agressões verbais do líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO), que chamou o deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) de "frouxo" e "chefe de quadrilha", o deputado do PP-MG Toninho Pinheiro (foto) subiu ao Plenário com um cartaz sem qualquer relação com o assunto em pauta para obstruir a sessão, que acabou sendo interrompida Gustavo Lima / Câmara dos Deputados Mais

14.mai.2013 - Votação do MP dos Portos na Câmara acaba em confusão. Além de agressões verbais do líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO), que chamou o deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) de "frouxo" e "chefe de quadrilha", o deputado do PP-MG Toninho Pinheiro (foto) subiu ao Plenário com um cartaz sem qualquer relação com o assunto em pauta para obstruir a sessão, que acabou sendo interrompida Laycer Tomaz / Câmara dos Deputados Mais

14.mai.2013 - O deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) mostra jornal e critica versão publicada de que verba de emendas foram liberadas para chegar a um acordo para a votação da MP dos Portos Gustavo Lima/Câmara dos Deputados Mais

14.mai.2013 - Deputado Paulinho da Força (PDT-SP) analisa texto em votação durante sessão da MP dos Portos na Câmara Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados Mais

14.mai.2013 - O deputado Carlos Sampaio (SP), líder do PSDB na Câmara, atuou fortemente para obstruir a votação da MP dos Portos, que regulamenta o setor portuário Laycer Tomaz/Câmara dos Deputados Mais

14.mai.2013 - Sessão extraordinária de votação da MP dos Portos na Câmara dos Deputados. A medida provisória caduca na quinta-feira (16) e causou bate-boca e tumultos durante análise pelo plenário Gustavo Lima/Câmara dos Deputados Mais

14.mai.2013 - Deputados Anthony Garotinho (PR-RJ) e José Guimarães (PT-CE), líderes de suas bancadas na Câmara, conversam durante sessão de votação da MP dos Portos, que regulamenta o setor portuário e teve bate-boca e tumultos durante análise pelo plenário Laycer Tomaz/Câmara dos Deputados Mais

14.mai.2013 - José Guimarães (PT-CE), líder de seu partido na Câmara, durante sessão de votação da MP dos Portos, que regulamenta o setor portuário e teve bate-boca e tumultos durante análise pelo plenário Gustavo Lima/Câmara dos Deputados Mais

14.mai.2013 - O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), coordena sessão da MP dos Portos, que regulamenta o setor portuário e teve bate-boca e tumultos durante análise pelo plenário Gustavo Lima/Câmara dos Deputados Mais

14.mai.2013 - Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ao centro, expõe a posição de seu partido durante a votação da MP dos Portos pela Câmara dos Deputados. A medida regulamenta o setor portuário e teve bate-boca e tumultos durante análise pelo plenário Gustavo Lima/Câmara dos Deputados Mais

15.mai.2013 - Câmara dos Deputados retorna à votação da MP dos Portos em sessão da tarde desta quarta-feira (15). Na sessão tumultuada dessa terça feira (14/5), encerrada por volta das 5h, depois de mais de 18 horas de debates, os deputados aprovaram o texto-base da proposta e rejeitaram dezenas de propostas que pretendiam mudar o texto Alan Marques/Folhapress Mais

15.mai.2013 - Deputado Anthony Garotinho (PR-RJ) participa, no plenário da Câmara dos Deputados, da sessão extraordinária para continuar a votação da Medida Provisória dos Portos (MP 595/12). A MP 595/21 estabelece novas regras para concessões, arrendamentos e autorizações de terminais e instalações portuárias, públicas ou privadas. O Plenário aprovou o texto base da MP na madrugada de hoje, mas ainda precisam ser votados 14 destaques. Para não perder a validade, a MP dos Portos tem de ser aprovada pela Câmara e pelo Senado até amanhã Pedro Ladeira/Folhapress Mais

15.mai.2013 - O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), reinicia a votação da MP (medida provisória) dos Portos, que define as formas de exploração dos portos e instalações portuárias do país. Apesar da aprovação do texto-base, há ainda pontos polêmicos a serem votados pelos deputados antes de a medida ser analisada pelo Senado Lucio Bernardo Jr. / Câmara dos Deputados Mais

15.mai.2013 - Força Sindical expõe cartaz em frente ao Palácio do Planalto, em Brasília, contra a presidente Dilma Rousseff e a MP dos Portos, que define as formas de exploração dos portos e instalações portuárias do país. Caso não seja aprovada pela Câmara e pelo Senado, a proposta perde a validade na quinta-feira (16) Ronaldo Brandão/Brazil Photo Press Mais

15.mai.2013 - Os deputados João Paulo Cunha (à esq.), José Genoino (à dir.) e Sibá Machado (centro), do PT, no Plenário da Câmara dos Deputados durante sessão para votacão de emendas e destaques da MP 595/2012, para a regulamentação dos Portos. Na ânsia de concluir o segundo dia de votação da medida, o deputado Sibá Machado (PT-AC) apresentou uma emenda aglutinativa semelhante a uma outra apresentada pelos partidos de oposição Pedro Ladeira/Folhapress Mais

15.mai.2013 - Documento apresentado pelo PT, com a assinatura ao lado do deputado Sibá Machado (PT-RJ). Na ânsia de concluir o segundo dia de votação da MP dos Portos, o deputado Sibá Machado (PT-AC) apresentou uma emenda aglutinativa semelhante a uma outra apresentada pelos partidos de oposição Camila Campanerut/UOL Mais

15.mai.2013 - Documento apresentado pelo DEM. Na ânsia de concluir o segundo dia de votação da MP dos Portos, o deputado Sibá Machado (PT-AC) apresentou uma emenda aglutinativa semelhante a uma outra apresentada pelos partidos de oposição Camila Campanerut/UOL Mais

15.mai.2013 - Deputados comem galinhada acompanhada com arroz carreteiro e assistem ao jogo da Libertadores no cafezinho da Câmara dos Deputados, em Brasília, durante o processo de votação da MP dos Portos. Na foto, o deputado do PR/SP Tiririca (centro) Alan Marques/Folhapress Mais

15.mai.2013 - Projeto da MP dos Portos nas bancadas no plenário da Câmara dos Deputados durante sessão extraordinária para continuar a votação da Medida Provisória dos Portos (MP 595/12) Alan Marques/Folhapress Mais

15.mai.2013 - Deputados assistem ao jogo da Libertadores no cafezinho da Câmara dos Deputados, em Brasília, durante o processo de votação da MP dos Portos Alan Marques/Folhapress Mais

15.mai.2013 - Deputado lê jornal durante votação durante o processo de votação da MP dos Portos. Depois de 41 horas de votação, em duas jornadas que vararam as madrugadas, os deputados aprovaram na manhã desta quinta-feira (16) a medida provisória que estabelece um novo marco regulatório para o setor portuário Joel Rodrigues/Frame/Folhapress Mais

15.mai.2013 - Deputados comem galinhada acompanhada com arroz carreteiro e assistem ao jogo da Libertadores no cafezinho da Câmara dos Deputados, em Brasília, durante o processo de votação da MP dos Portos. Depois de 41 horas de votação, em duas jornadas que vararam as madrugadas, os deputados aprovaram na manhã desta quinta-feira (16) a medida provisória que estabelece um novo marco regulatório para o setor portuário Alan Marques/Folhapress Mais

15.mai.2013 - Deputados comem galinhada acompanhada com arroz carreteiro e assistem ao jogo da Libertadores no cafezinho da Câmara dos Deputados, em Brasília, durante o processo de votação da MP dos Portos. Depois de 41 horas de votação, em duas jornadas que vararam as madrugadas, os deputados aprovaram na manhã desta quinta-feira (16) a medida provisória que estabelece um novo marco regulatório para o setor portuário Alan Marques/Folhapress Mais

16.mai.2013 - Motoristas de deputados federais dormem na chapelaria da Câmara dos Deputados, enquanto os parlamentares votam MP dos Portos. Depois de 41 horas de votação, em duas jornadas que vararam as madrugadas, os deputados aprovaram na manhã desta quinta-feira (16) a medida provisória que estabelece um novo marco regulatório para o setor portuário Alan Marques/Folhapress Mais

16.mai.2013 - Deputados dormem no cafezinho da Câmara dos Deputados durante a sessão de votação da MP dos Portos. Depois de 41 horas de votação, em duas jornadas que vararam as madrugadas, os deputados aprovaram na manhã desta quinta-feira (16) a medida provisória que estabelece um novo marco regulatório para o setor portuário Alan Marques/Folhapress Mais

16.mai.2013 - Deputados dormem nas cadeiras do plenário da Câmara dos Deputados durante votação da MP dos Portos. Depois de 41 horas de votação, em duas jornadas que vararam as madrugadas, os deputados aprovaram na manhã desta quinta-feira (16) a medida provisória que estabelece um novo marco regulatório para o setor portuário Alan Marques/Folhapress Mais

16.mai.2013 - Deputado Darcisio Perondi (PMDB-RS) dorme no plenário da Câmara dos Deputados durante a sessão de votação da MP dos Portos. Depois de 41 horas de votação, em duas jornadas que vararam as madrugadas, os deputados aprovaram na manhã desta quinta-feira (16) a medida provisória que estabelece um novo marco regulatório para o setor portuário Alan Marques/Folhapress Mais

16.mai.2013 - Deputados dormem nas cadeiras do plenário da Câmara dos Deputados durante votação da MP dos Portos. Depois de 41 horas de votação, em duas jornadas que vararam as madrugadas, os deputados aprovaram na manhã desta quinta-feira (16) a medida provisória que estabelece um novo marco regulatório para o setor portuário Alan Marques/Folhapress Mais

16.mai.2013 - Deputados da base do governo comemoram a aprovação do texto final da MP dos Portos. Depois de 41 horas de votação, em duas jornadas que vararam as madrugadas, os deputados aprovaram na manhã desta quinta-feira (16) a medida provisória que estabelece um novo marco regulatório para o setor portuário Alan Marques/Folhapress Mais

16.mai.2013 - Deputados da base do governo comemoram a aprovação do texto final da MP dos Portos. Depois de 41 horas de votação, em duas jornadas que vararam as madrugadas, os deputados aprovaram na manhã desta quinta-feira (16) a medida provisória que estabelece um novo marco regulatório para o setor portuário Pedro Ladeira/Folhapress Mais

16.mai.2013 - Deputados da base do governo comemoram a aprovação do texto final da MP dos Portos. Depois de 41 horas de votação, em duas jornadas que vararam as madrugadas, os deputados aprovaram na manhã desta quinta-feira (16) a medida provisória que estabelece um novo marco regulatório para o setor portuário Laycer Tomaz/Câmara dos Deputados Mais

16.mai.2013 - Senadores participam de sessão para analisar a Medida Provisória dos Portos. Depois de 41 horas de votação, em duas jornadas que vararam as madrugadas, a Câmara aprovou na manhã desta quinta-feira (16) a MP que estabelece um novo marco regulatório para o setor portuário. O Senado tem até a meia-noite para apreciar o projeto Wilson Dias/Agência Brasil Mais

16.mai.2013 - Senador Renan Calheiros, presidente do Senado, discursa durante sessão para analisar a Medida Provisória dos Portos. Depois de 41 horas de votação, em duas jornadas que vararam as madrugadas, a Câmara aprovou na manhã desta quinta-feira (16) a MP que estabelece um novo marco regulatório para o setor portuário. O Senado tem até a meia-noite para apreciar o projeto Wilson Dias/Agência Brasil Mais

16.mai.2013 - Senador Aloysio Nunes discursa durante sessão para analisar a Medida Provisória 595, a MP dos Portos. Depois de 41 horas de votação, em duas jornadas que vararam as madrugadas, a Câmara aprovou na manhã desta quinta-feira (16) a MP que estabelece um novo marco regulatório para o setor portuário. O Senado tem até a meia-noite para apreciar o projeto Wilson Dias/Agência Brasil Mais

16.mai.2013 - Senador Renan Calheiros, presidente do Senado, discursa durante sessão para analisar a Medida Provisória dos Portos. Depois de 41 horas de votação, em duas jornadas que vararam as madrugadas, a Câmara aprovou na manhã desta quinta-feira (16) a MP que estabelece um novo marco regulatório para o setor portuário. O Senado tem até a meia-noite para apreciar o projeto Wilson Dias/Agência Brasil Mais

16.mai.2013 - Senador Renan Calheiros, presidente do Senado, discursa durante sessão para analisar a Medida Provisória dos Portos. Depois de 41 horas de votação, em duas jornadas que vararam as madrugadas, a Câmara aprovou na manhã desta quinta-feira (16) a MP que estabelece um novo marco regulatório para o setor portuário. O Senado tem até a meia-noite para apreciar o projeto Wilson Dias/Agência Brasil Mais

16.mai.2013 - O líder do governo no Senado, Eduardo Braga, discursa durante sessão para analisar a Medida Provisória 595, a MP dos Portos. Depois de 41 horas de votação, em duas jornadas que vararam as madrugadas, a Câmara aprovou na manhã desta quinta-feira (16) a MP que estabelece um novo marco regulatório para o setor portuário. O Senado tem até a meia-noite para apreciar o projeto Wilson Dias/Agência Brasil Mais

16.mai.2013 - Os senadores Aloysio Nunes (esquerda) e Aécio Neves, durante sessão para analisar a Medida Provisória 595, a MP dos Portos. Depois de 41 horas de votação, em duas jornadas que vararam as madrugadas, a Câmara aprovou na manhã desta quinta-feira (16) a MP que estabelece um novo marco regulatório para o setor portuário. O Senado tem até a meia-noite para apreciar o projeto Wilson Dias/Agência Brasil Mais

16.mai.2013 - Senador Renan Calheiros, presidente do Senado, discursa ao lado do senador Romero Jucá durante sessão para analisar a Medida Provisória dos Portos. Depois de 41 horas de votação, em duas jornadas que vararam as madrugadas, a Câmara aprovou na manhã desta quinta-feira (16) a MP que estabelece um novo marco regulatório para o setor portuário. O Senado tem até a meia-noite para apreciar o projeto Wilson Dias/Agência Brasil Mais

16.mai.2013 - O senador Aécio Neves discursa durante sessão para analisar a Medida Provisória 595, a MP dos Portos. Ele pediu ao senador Renan Calheiros, presidente do Senado, que impeça a votação. Depois de 41 horas de votação, em duas jornadas que vararam as madrugadas, a Câmara aprovou na manhã desta quinta-feira (16) a MP que estabelece um novo marco regulatório para o setor portuário. O Senado tem até a meia-noite para apreciar o projeto Joel Rodrigues/Frame/Folhapress Mais

16.mai.2013 - Senadores Romero Jucá (PMDB-RR), Eduardo Braga (PMDB-AM) e Benedito de Lira (PP-AL) conversam durante sessão extraordinária que discute a MP dos Portos. Sem tempo para promover qualquer alteração na versão que veio da Câmara dos Deputados, o texto com as novas regras do sistena portuário do país foi aprovado no Senado por 53 votos a sete Lia de Paula/Agência Senado Mais

16.mai.2013 - Senadores discutem a MP dos Portos, que fixa novas regras para convessões e autorizações de instalações portuárias. Sem tempo para promover qualquer alteração na versão que veio da Câmara dos Deputados, o texto foi aprovado por 53 votos a sete Pedro França/Agência Senado Mais

16.mai.2013 - Senadores Sérgio Souza (PMDB-PR), Vital do Rêgo (PMDB-PB), Renan Calheiros (PMDB-AL) e Romero Jucá (PMDB-RR) conversam durante sessão extraordinária para votação da MP do Portos. Sem tempo para promover qualquer alteração na versão que veio da Câmara dos Deputados, o texto foi aprovado no Senado por 53 votos a sete Marcos Oliveira/Agência Senado Mais

16.mai.2013 - Senadora Kátia Abreu (PSD-TO) defende a aprovação da MP dos Portos, que, segundo ela, trará benefícios ao país e não prejudicará os portos público. Sem tempo para promover qualquer alteração na versão que veio da Câmara dos Deputados, o texto foi aprovado no Senado por 53 votos a sete Pedro França/Agência Senado Mais

16.mai.2013 - Senador Alvaro Dias (PSDB-PR) protesta contra tentativa de votação da MP dos Portos. A aprovação, segundo ele, desrespeita acordo de líderes para que as medidas provisórias não sejam votadas logo após serem aprovadas na Câmara. Ainda assim o texto foi aprovado no Senado por 53 votos a sete Jane de Araújo/Agência Senado Mais

16.mai.2013 - Senadores Jorge Viana (PT-AC), Renan Calheiros (PMDB-AL) e Romero Jucá (PMDB-RR) coordenam sessão extraordinária que discute a Medida Provisória dos Portos (MP 595/12). Sem tempo para promover qualquer alteração na versão que veio da Câmara dos Deputados, o texto foi aprovado por 53 votos a sete Marcos Oliveira/Agência Mais

16.mai.2013 - Senadores votam na MP dos Portos (Medida Provisória 595/12), que fixa novas regras para convessões e autorizações de instalações portuárias. Sem tempo para promover qualquer alteração na versão que veio da Câmara dos Deputados, o texto foi aprovado por 53 votos a sete Pedro França/Agência Senado Mais

16.mai.2013 - Sem tempo para promover qualquer alteração na versão que veio da Câmara dos Deputados, os senadores aprovaram a MP dos Portos, que regula o setor portuário do país. O texto foi aprovado por 53 votos a sete. Cinco senadores se abstiveram José Cruz/Agência Brasil Mais

16.mai.2013 - O ministro da Secretaria Especial de Portos, Leônidas Cristino, a ministra de relações Institucionais, Ideli Salvati (à direita), e a ministra - chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffman (centro), comemoram a aprovação da MP dos Portos, que regulamenta o setor portuário, durante uma coletiva de imprensa, realizada em Brasília. Texto segue para sanção presidencial Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil Mais

Congresso aprova MP dos Portos

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos