Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2016/12/11/ocupacao-em-sp-oferece-refugio-a-comunidade-lgbt-contra-violencia.htm
  • totalImagens: 16
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20161211185551
    • SP [5110];
    • Notícias [35976]; Homofobia [45034]; LGBTTT [76465]; Cotidiano [11229];
Fotos

3.nov.2016- No canto do quarto vazio, está pendurada uma bandeira multicolorida, símbolo dos LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros). O prédio de arquitetura art déco já foi a sede do INSS e, atualmente, serve de refúgio a integrantes da comunidade de lésbicas, gays, bissexuais e transgêneros que buscam refúgio no local contra discriminação e crimes de ódio Nacho Doce/Reuters Mais

6.nov.2016- O trio Fernanda, 20(à esq.), Rodrigo, 26, e Teflon, 19, são fotografados na entrada do prédio ocupado no Centro de São Paulo. Integrantes da comunidade LGBT se uniram aos cerca de 300 ocupantes do prédio abandonado. A ocupação é organizada pela Frente de Luta por Moradia Nacho Doce/Reuters Mais

8.nov.2016- No prédio da ocupação, localizado no Centro de São Paulo, Teflon (à esq.), 19, Wam (centro), 24, e Rodrigo, 26, podem relaxar Nacho Doce/Reuters Mais

8.nov.2016- Na mala com seus pertences, Teflon guarda uma fotografia da sua avó Nacho Doce/Reuters Mais

8.nov.2016- Rodrigo (à esq.), 26, e Wam, 24, estendem roupas na área externa do prédio ocupado que serve como refúgio para a comunidade LGBT Nacho Doce/Reuters Mais

10.nov.2016- Sentada no chão, a travesti Patrícia (à direita) come ao lado de outros moradores de prédio ocupado no Centro de São Paulo Nacho Doce/Reuters Mais

15.nov.2016- Integrante da comunidade LGBT, Jorge, 31, ensina pintura para as crianças que moram no prédio ocupado Nacho Doce/Reuters Mais

16.nov.2016- Sentados em sofá improvisado, Fernanda (à esq.), 20, e Aleksander, 23, fazem a refeição a luz de vela Nacho Doce/Reuters Mais

17.nov.2016- Teflon, 19, participa de mutirão de limpeza com outros moradores do prédio, cuja ocupação é organizada pela Frente de Luta por Moradia Nacho Doce/Reuters Mais

17.nov.2016- Teflon (à esq.), 19, e Gaby, 18, conversam em sofá no prédio ocupado no Centro de São Paulo Nacho Doce/Reuters Mais

20.nov.2016- A travesti Gaby, 18, se maquia no prédio ocupado pela Frente de Luta por Moradia no Centro de São Paulo. Ela é uma das integrantes da comunidade LGBT que foi convidada a viver no imóvel Nacho Doce/Reuters Mais

26.nov.2016- Manauara, 24, integrante da comunidade LGBT que foi convidada a viver em prédio ocupado no Centro de São Paulo, posa para retrato Nacho Doce/Reuters Mais

26.nov.2016- Wam, 24, decora árvore de Natal com a ajuda de David, 5 Nacho Doce/Reuters Mais

26.nov.2016- Rodrigo, 26, posa para foto em prédio ocupado por movimento sem-teto no Centro de São Paulo. O espaço serve como refúgio para a comunidade LGBT contra a violência e a discriminação Nacho Doce/Reuters Mais

26.nov.2016- Teflon,19, em pose para retrato Nacho Doce/Reuters Mais

26.nov.2016- Vitor, 21, também foi convidado a morar na ocupação Nacho Doce/Reuters Mais

Ocupação em SP oferece refúgio à comunidade LGBT contra violência

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos