Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2018/01/09/venezuelanos-buscam-metais-para-vender-em-rio-poluido-de-caracas.htm
  • totalImagens: 10
  • fotoInicial: 2
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20180109211230
    • Venezuela [5619];
    • Notícias [35976]; Internacional - Notícias [35978];
Fotos

Homens buscam na lama do rio Guaire, um dos mais poluídos de Caracas, por ouro e qualquer objeto de valor que possa ser vendido para que as famílias comprem alimentos. Às vezes parecem estar brincando, sem camisa e rindo em grupos. O sol se reflete em suas costas dobradas quando se agacham, tiram pedras e as jogam para o lado com um borrifo de água Ariana Cubillos/AP Mais

Homens buscam na lama do rio Guaire, um dos mais poluídos de Caracas, por ouro e qualquer objeto de valor que possa ser vendido para que as famílias comprem alimentos. Alguns trechos do rio cheiram a esgoto, enquanto outros emitem um odor agressivo que lembra combustível, um fedor que fica no nariz durante horas após a pessoa se afastar de suas margens Ariana Cubillos/AP Mais

Homens buscam na lama do rio Guaire, um dos mais poluídos de Caracas, por ouro e qualquer objeto de valor que possa ser vendido para que as famílias comprem alimentos. Às vezes parecem estar brincando, sem camisa e rindo em grupos. O sol se reflete em suas costas dobradas quando se agacham, tiram pedras e as jogam para o lado com um borrifo de água Ariana Cubillos/AP Mais

Homens buscam na lama do rio Guaire, um dos mais poluídos de Caracas, por ouro e qualquer objeto de valor que possa ser vendido para que as famílias comprem alimentos. Às vezes parecem estar brincando, sem camisa e rindo em grupos. O sol se reflete em suas costas dobradas quando se agacham, tiram pedras e as jogam para o lado com um borrifo de água Ariana Cubillos/AP Mais

Homens buscam na lama do rio Guaire, um dos mais poluídos de Caracas, por ouro e qualquer objeto de valor que possa ser vendido para que as famílias comprem alimentos. Alguns trechos do rio cheiram a esgoto, enquanto outros emitem um odor agressivo que lembra combustível, um fedor que fica no nariz durante horas após a pessoa se afastar de suas margens Ariana Cubillos/AP Mais

Toda manhã, os catadores descem ao Guaire de seus bairros nos morros. Alguns envolvem a ponta dos dedos com fita adesiva para se proteger de cortes e infecções, ignorando qualquer possível efeito prejudicial em longo prazo de passar horas dentro da água suja todos os dias Ariana Cubillos/AP Mais

Na maioria dos dias, os que procuram no rio não são percebidos por outros moradores de Caracas, que passam ao lado em uma via expressa elevada, oculta por barreiras de concreto Ariana Cubillos/AP Mais

Catador do rio Guaire, em Caracas um frasco plástico pendurado do pescoço, onde guarda o que encontra em suas buscas por metais Ariana Cubillos/AP Mais

Homens buscam na lama do rio Guaire, um dos mais poluídos de Caracas, por ouro e qualquer objeto de valor que possa ser vendido para que as famílias comprem alimentos. A água está muito suja, pois o canal recebe a chuva de ruas e encanamentos, assim como rejeitos industriais e algum tesouro ocasional Ariana Cubillos/AP Mais

Homens buscam na lama do rio Guaire, um dos mais poluídos de Caracas, por ouro e qualquer objeto de valor que possa ser vendido para que as famílias comprem alimentos. Alguns trechos do rio cheiram a esgoto, enquanto outros emitem um odor agressivo que lembra combustível, um fedor que fica no nariz durante horas após a pessoa se afastar de suas margens Ariana Cubillos/AP Mais

Venezuelanos buscam metais para vender em rio poluído de Caracas

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos