Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2018/05/01/veja-como-era-o-predio-que-desabou-no-centro-de-sp.htm
  • totalImagens: 7
  • fotoInicial: 1
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20180501142857
    • SP [5110];
    • Notícias [35976]; Desabamento [23731]; Incêndio [11350];
Fotos

Imagem do Google Maps (à esq.) mostra o prédio de 24 andares situado no Largo do Paissandu, no centro de São Paulo, antes do desabamento provocado por um incêndio no imóvel. Em fotografia registrada após a tragédia (à dir.), bombeiros trabalham em busca de possíveis sobreviventes Arte/UOL Mais

A edificação tinha 24 andares e abrigava cerca de 150 famílias nos primeiros dez andares. O imóvel era ocupado irregularmente, de acordo com a prefeitura Eduardo Knapp/Folhapress Mais

A imagem de janeiro de 2017 mostra a fachada de vidro do prédio Wilton Paes de Almeida. O local abrigou durante 23 anos a sede da Polícia Federal em São Paulo e, até 2009, uma agência do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) Eduardo Knapp/Folhapress Mais

O edifício Wilton Paes de Almeida foi projetado pelo arquiteto sírio-brasileiro Roger Zmekhol em 1961. A foto da década de 1960 mostra as escadas do prédio de 24 andares, tombado pelo patrimônio histórico rauljustelores/Instagram/Reprodução Mais

Há anos, o prédio era ocupado irregularmente por cerca de 150 famílias. Surpreendidos pelo fogo enquanto dormiam, os moradores deixavam o prédio em chamas quando houve o desabamento. "Estava dormindo, ouvi os gritos e vidros caindo. Quando percebi que era fogo, chamei eles [os filhos] e saí correndo", afirmou a testemunha Deise da Silva Rodrigues, 31, que morava há um mês na ocupação Eduardo Knapp/Folhapress Mais

O edifício era uma das oito ocupações existentes no centro de São Paulo. De acordo com a Secretaria de Assistência Social, 248 pessoas foram identificadas como moradores e poderão ser levadas a abrigos da prefeitura Eduardo Knapp/Folhapress Mais

O imóvel já foi sede da antiga Companhia Brasileira de Vidro e abrigou as sedes do INSS e da Polícia Federal Eduardo Knapp/Folhapress Mais

Veja como era o prédio que desabou no centro de SP

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos