Dançando na chuva

Não teve tempo ruim no Festival CarnaUOL. A chuva que caiu em SP, inclusive, empolgou a galera

Do UOL em São Paulo
Flashbang Media House

A música falou mais alto

O Festival CarnaUOL 2019 deu o pontapé no pré-Carnaval em São Paulo. O evento contou com apresentações da Banda Eva, Bell Marques, Ludmilla, Maiara e Maraisa e Alok na Arena CarnaUOL, na zona norte da cidade. Além de refrescar, a chuva deu um banho de Carnaval nos foliões.

Reinaldo Canato/UOL Reinaldo Canato/UOL

Adeus, capa de chuva

A chuva chegou tímida, deu uma trégua, mas voltou com tudo depois do show da Banda Eva. O público chegou brevemente a se intimidar com as condições climáticas, mas a música falou mais alto e espantou o medo da água de geral. 

"Comprei uma capa, mas já joguei no lixo. Deixa a chuva molhar. É Carnaval, tem que aproveitar. Tudo é válido", disse a foliã Mady Brandão, que curtia o show de Maiara e Maraisa. 

Sem camisa, de shorts e com sua capa de chuva embolada no bolso, Zeinan Macedo, 40, dançava e cantava animado os hits feminejos da dupla de "10%" e "Medo Bobo" sem se preocupar com a chuva que caía. Ele veio de São Bernardo do Campo (SP), no ABC Paulista, com mais seis amigos para ver o DJ Alok.

Nem cogitei desistir por causa da chuva. É Carnaval, temos que curtir

ler mais

Veja os melhores momentos do Festival CarnaUOL

A gente aprendeu que chuva é bênção. Não tem nada para estragar um show

Maiara e Maraisa

Maiara e Maraisa

Chuva é só água

Bell Marques

Bell Marques

É uma frase do Bob Marley: na chuva, tem pessoas que sentem e outras pessoas que apenas se molham. E hoje as pessoas sentiram, com certeza

Alok

Alok

Flashbang Media House

Os shows do Festival CarnaUOL

Flashbang Media House Flashbang Media House

Banda Eva esquentou CarnaUOL com micareta, hits e groove

Vocalista Felipe Pezzoni foi verdadeiro MC e até "navegou" na galera

O show é baseado em sucessos, e a Banda Eva tem uma vasta coleção, de repertório próprio e alheio. "Arerê", "Beleza Rara", "Vem meu Amor", "Descobridor dos Sete Mares", "Odara", "A Namorada", "Milla", entre outros, mantiveram a energia alta e transportaram quem estava ali para um lugar feliz, praieiro e ensolarado dos anos 1990 --e para qualquer outra década que tivesse sol.

ler mais
Reinaldo Canato/UOL Reinaldo Canato/UOL

SP virou Bahia com Bell Marques

CarnaUOL tremeu com clássicos do Carnaval baiano

Poucos artistas do axé fazem um show em um volume de som tão alto quanto Bell Marques. O pula-pula desenfreado, o vaivém lateral, as mãos ao alto. O frenesi percussivo. A aeróbica vespertina reinou na pista e no camarote, que em algumas músicas chegou a balançar com as danças do público. 

ler mais
Francisco Cepeda/AgNews Francisco Cepeda/AgNews

Do baile ao pancadão da Lud

Ludmilla abusou de seus hits, mas não esqueceu do funk

O show de Ludmilla é rápido e certeiro. A cantora passeia pelo funk e atira com sequências certeiras de sucessos. Cheguei", "Bom", "A Danada Sou Eu", "Hoje" e "Din Din Din" fizeram a zona norte dançar sem parar. O set também incluiu "Sua Cara", de Major Lazer com Anitta e Pabllo Vittar.

ler mais
Mariana Pekin/UOL Mariana Pekin/UOL

Sofrência de cabeça erguida com Maiara e Maraisa (e Jenifer)

Cantora desfilaram seus hits com público do CarnaUOL na mão

A dupla conquistou com sua sofrência e romantismo desenfreado, fazendo a plateia dançar, se emocionar e, em faixas mais intimistas, dançar de rostinho colado em meio à chuva que foi parando aos poucos na zona norte. Almas sertanejas foram lavadas.

ler mais
Reinaldo Canato / UOL Reinaldo Canato / UOL

CarnaUOL, o Tinder da vida real

Não é só a Jenifer! Foliões aproveitaram festival para curtir pegação

Como um bom pré-Carnaval, o CarnaUOL serviu para os foliões ensaiarem quais fantasias serão tendência nos blocos. E ficou nítido que Jenifer da música de Gabriel Diniz também irá inspirar o figurino da galera nos blocos de Carnaval.

"Quem disse que só a Jenifer pode estar no Tinder?", questionou Júnior, 36. Já Thais Dantas, 27, que já estava curtindo o show da Banda Eva antes de se encontrar com os amigos, vestiu o camiseta de uma amiga mais tímida que os acompanhavam para "dar uma força" no perfil do aplicativo de paquera. O grupo veio da zona leste de São Paulo e pretende curtir a festa do início ao fim.

ler mais

Nos bastidores, Ludmilla bate-papo com Matheus Mazzafera

Cantora diz que nunca fez amor em primeiro encontro: "Sou careta"

Fala, galera!

  • Isabela Amorim, 35

    "Pra mim a chuva é normal. São Paulo é assim mesmo, né? O tempo muda de repente...E acho que mesmo essa chuva toda não bagunçou com o festival."

  • Délia Perez, 32

    "Pode chover que o povo vai aproveitar, dançar. Cheguei a ficar um tempo na chuva, mas, se não estivesse no camarote agora, acho que não ia aguentar."

  • Cintia Fernandes, 34

    "Já lava a alma. Para ser sincera, por enquanto minha única preocupação é se na volta o motorista do Uber vai me deixar entrar toda molhada no carro."

  • Rober Pinheiro, 41

    "Claro que a chuva dá uma atrapalhada, mas pra mim não é um problema. É bom que já dá aquela lavada".

Mariana Pekin/UOL Mariana Pekin/UOL

Alok sintetiza CarnaUOL com hits e show pirotécnico

Com trégua da chuva, DJ levou público ao delírio

Como DJ popstar que se preza, Alok investe em uma cênica intrincada. Rajadas de fogo, laser e chuvas de papel picado ganham a companhia de animações hi-tech no telão, que ajudam a criar o clima de balada top com um quê de globo da morte. Mas não se preocupe: se fosse curte som alto (no CarnaUOL, só Bell Marques fez um show mais ruidoso) e house music, estará sempre em um ambiente seguro. 

ler mais

Curtiu? Compartilhe.

Topo