Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/ciencia/album/2013/08/12/chuva-de-meteoros-perseidas.htm
  • totalImagens: 29
  • fotoInicial: 22
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20130812120920
    • Chuva de meteoro [64386]; meteoro [64921]; Astronomia [9158]; Curiosas [71934];
Fotos

10.ago.2013 - Meteoro brilha na entrada da atmosfera terrestre em registro de longa exposição feito perto de campo de oliveiras em Fanos, na Grécia. A anual chuva de meteoros das Perseidas, conhecida popularmente como as "lágrimas de San Lorenzo", é resultado do cometa Swift-Tuttle que está se desintegrando lentamente em sua órbita em torno do Sol Petros Giannakouris/AP Mais

11.ago.2013 - Foto de longa exposição feita no começo da manhã mostra céu em região perto de La Hiruela, nas montanhas de Sierra Norte de Madri, na Espanha. Segundo a Agência Espacial Europeia (ESA, na sigla em inglês), as Perseidas são fragmentos rochosos ejetados do cometa Swift-Tuttle, que está se desintegrando lentamente em sua órbita em torno do Sol. A trajetória terrestre em torno do astro cruza com estes restos todos os anos em agosto, atingindo seu auge entre os dias 12 e 13 Dani Pozo/AFP Mais

11.ago.2013 - Foto de longa exposição feita no começo da manhã mostra céu com os meteoros das Perseidas perto de La Hiruela, nas montanhas de Sierra Norte de Madri, na Espanha. Segundo a Nasa (Agência Espacial Norte-Americana), esta é a chuva de meteoros que mais produz 'bolas de fogo' do que qualquer outra, com uma enxurrada de até 100 estrelas por hora Dani Pozo/AFP Mais

11.ago.2013 - Bola de fogo é registrada no céu de Chickamauga, na Geórgia, nos Estados Unidos, durante a madrugada pelas câmeras da Nasa (Agência Espacial Norte-Americana). Para ver a chuva de meteoros, é preciso paciência, diz Bill Cooke, diretor do departamento especializado em meteoroides da Agência. "A maioria das pessoas que se decepciona tentando observar meteoros sai por apenas alguns minutos esperando ver algo. Isso só funcionará com grandes explosões, não com chuvas de meteoros normais. Então, esteja preparado para passar algumas de horas do lado de fora; não espere ver muitos antes da meia-noite." Nasa/MSFC/MEO Mais

12.ago.2013 - Meteoro cruza o céu de Castaic Lake, na Califórnia, nos Estados Unidos. A chuva de meteoros Perseidas poderá ser vista com maior intensidade entre os dias 12 e 13 de agosto, registrando uma enxurrada de 60 a 100 'bolas de fogo' por hora, mas o fenômeno é apreciável até o fim do mês Gene Blevins/Reuters Mais

12.ago.2013 - Meteoro cruza o céu de Castaic Lake, na Califórnia, nos Estados Unidos. A chuva de meteoros Perseidas poderá ser vista com maior intensidade entre os dias 12 e 13 de agosto, registrando uma enxurrada de 60 a 100 'bolas de fogo' por hora, mas o fenômeno é apreciável até o fim do mês Gene Blevins/Reuters Mais

12.ago.2013 - Fotógrafos de Los Angeles preparam suas câmeras em Castaic Lake, na Califórnia (EUA), para registrar as Perseidas. A chuva de meteoros anual atinge seu auge de visibilidade entre os dias 12 e 13 de agosto, com ocorrência de até 100 meteoros por hora Gene Blevins/Reuters Mais

12.ago.2013 - Fotógrafo aeroespacial Bill Hartenstein usa um aplicativo do celular para tirar fotos das Perseidas em Castaic Lake, na Califórnia, nos Estados Unidos. A chuva de meteoros anual atinge seu auge de visibilidade entre os dias 12 e 13 de agosto, com ocorrência de até 100 meteoros por hora Gene Blevins/Reuters Mais

12.ago.2013 - Meteoro é visto sobre uma ferrovia em Huntsville, no Alabama, nos Estados Unidos. As Perseidas poderão ser vistas com maior intensidade entre os dias 12 e 13 de agosto, registrando uma enxurrada de 60 a 100 'bolas de fogo' por hora, mas o fenômeno é apreciável até o fim do mês AL.com, Eric Schultz/AP Mais

12.ago.2013 - Astrônomos, fotógrafos e amantes da astronomia chegam a uma montanha em Castaic Lake, na Califórnia, nos Estados Unidos, para registrar a chuva de meteoros Perseidas. Apelidado de "lágrimas de San Lorenzo", o fenômeno resulta do cometa Swift-Tuttle, que está se desintegrando lentamente em sua órbita em torno do Sol Gene Blevins/Reuters Mais

12.ago.2013 - Foto de longa exposição mostra passagem de meteoro da chuva Perseidas sobre cartaz de touro em estrada de Villarejo de Salvanes, na região central da Espanha Paul White/AP Mais

13.ago.2013 - Em imagem do astronauta Ron Garan, de 13 de agosto de 2011, tirada da ISS (Estação Espacial Internacional), meteoros queimam ao entrar na atmosfera terrestre. Cada faísca na imagem representa um meteoro, também chamado de estrela cadente. A imagem foi possível porque todo ano, em agosto, a chuva de meteoro das Perseidas atinge o planeta quando a Terra atravessa um campo de resíduos do cometa Swift-Tuttle Divulgação/Ron Garan-NASA/Reuters Mais

13.ago.2013 - Em imagem utilizando técnica de longa exposição - em que o obturador da câmera permanece aberto por longos períodos, registrando objetos com baixa luminosidade, meteoro risca o céu por detrás do monumento de Stonehenge, no sul da Inglaterra. A chuva de meteoros das Perseidas ocorre todo ano, geralmente em agosto, quando a Terra passa por um jato de "destroços" deixados pelo cometa Swift-Tuttle em seu trajeto ao redor do Sol Kieran Doherty/Reuters Mais

13.ago.2013 - Meteoro queima ao entrar na atmosfera terrestre por detrás do monumento de Stonehenge, no sul da Inglaterra. A chuva de meteoros das Perseidas ocorre todo ano, geralmente em agosto, quando a Terra passa por um jato de "destroços" deixados pelo cometa Swift-Tuttle em seu trajeto ao redor do Sol Kieran Doherty/Reuters Mais

13.ago.2013 - Fotógrafo confere imagens feitas da chuva de meteoros Perseidas em um sítio arqueológico Stobi, na Macedônia, durante a madrugada Ognen Teofilovski/Reuters Mais

13.ago.2013 - Meteoro (à esquerda) cruza o céu sobre a igreja medieval St. Ioan, no vilarejo de Potsurnentsi, na Bulgária, em registro de longa exposição Dimitar Dilkoff/AFP Mais

13.ago.2013 - Vista do céu sobre a igreja medieval St. Ioan, no vilarejo de Potsurnentsi, na Bulgária. A madrugada é o melhor momento para observar a chuva de meteoros Perseidas, que é resultado dos "destroços" cometa Swift-Tuttle em seu trajeto ao redor do Sol Dimitar Dilkoff/AFP Mais

13.ago.2013 - Meteoro queima ao entrar na atmosfera terrestre em registro na praia de Anavissos, a 50 quilômetros de Atenas, na Grécia, durante a madrugada Alkis Konstantinidis/Efe Mais

13.ago.2013 - Meteoro queima (à esquerda) ao entrar na atmosfera terrestre em registro de longa exposição feito no vilarejo de Kozle, na Macedônia, durante a madrugada Boris Grdanoski/AP Mais

13.ago.2013 - Público se reúne em área rural de Yangon, em Miamar, para ver as Perseidas. A chuva de meteoros ocorre todo ano, geralmente em agosto, quando a Terra passa por um jato de "destroços" deixados pelo cometa Swift-Tuttle em seu trajeto ao redor do Sol Ye Aung Thu/AFP Mais

13.ago.2013 - Fotografia em longa exposição mostra o céu sobre o parque estadual Cathedral Gorge, em Nevada, nos Estados Unidos. A madrugada é o melhor momento para observar a chuva de meteoros Perseidas, que é resultado dos "destroços" do cometa Swift-Tuttle em seu trajeto ao redor do Sol Ethan Miller/Getty Images/AFP Mais

13.ago.2014 - Chuva de meteoros Perseidas ilumina céu de Skopje, na Macedônia. A chuva de meteoros atingiu a sua melhor visibilidade nesta madrugada Ognen Teofilovski/Reuters Mais

13.ago.2014 - Chuva de meteoros Perseidas é registrada no céu de Skopje, na Macedônia. A chuva de meteoros atingiu a sua melhor visibilidade nesta madrugada Ognen Teofilovski/Reuters Mais

13.ago.2014 - Nas montanhas de Sierra Norte, ao norte de Madri, Espanha, a chuva de meteoros Perseidas formou um espetáculo de luzes Dani Pozo/AFP Mais

13.ago.2014 - Céu aberto permite ver a chuva de meteoros Perseidas nas montanhas de Sierra Norte, ao norte de Madri, Espanha Dani Pozo/AFP Mais

13.ago.2014 - Meteoros ficam visíveis no céu do sítio arqueológico de Maculje, na Bósnia, durante a chuva Perseidas. Um estudo publicado em 2008 identificou a Perseidas como "campeã das bolas de fogo" entre as chuvas de meteoros Dado Ruvic/Reuters Mais

13.ago.2014 - O fotógrafo Kev Lewis usou uma exposição de 30 segundos para capturar a ocorrência das perseidas sobre o farol em Penmon, nos Estados Unidos Reprodução/Kev Lewis Mais

13.ago.2014 - Neste corte, o fotógrafo Kev Lewis ampliou a imagem do meteoro, que permite ver várias cores em seu ras Reprodução/Kev Lewis Mais

13.ago.2014 - Um fotógrafo acompanha a chuva de meteoros perseidas na madrugada desta quarta-feira (13) nas montanhas de Sierra Norte, próximo à cidade de Valle del Lozoya, na Espanha Dani Pozo/AFP Mais

Chuva de meteoros Perseidas

ÚLTIMOS ÁLBUNS DE UOL CIÊNCIA

UOL Cursos Online

Todos os cursos