Giro UOL traz os destaques da manhã desta terça, 11/04, para você; ouça

Aline Rocha

Do UOL, em São Paulo

Suamy Beydoun/AGIF/Estadão Conteúdo
Suamy Beydoun/AGIF/Estadão Conteúdo

Lula é o 'amigo'

No primeiro depoimento ao juiz Sergio Moro depois de fechar delação premiada na Lava Jato, o empresário Marcelo Odebrecht confirmou que Lula era o 'amigo' da planilha de propinas da empreiteira. O herdeiro do grupo Odebrecht disse que entre os repasses estão R$ 13 milhões entregues em espécie ao ex-presidente. Marcelo também citou pagamentos feitos ao Instituto Lula e R$ 50 milhões direcionados à campanha de Dilma Rousseff, pagos por meio do ex-ministro Guido Mantega.
Compartilhe
Taba Benedicto/Agência O Dia/Estadão Conteúdo
Taba Benedicto/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

Greve nos trilhos...

Parte dos trabalhadores ferroviários da CPTM em São Paulo decidiram entrar em greve hoje. As linhas afetadas são a 7-Rubi e a 10-Turquesa. Na linha 7, os trens funcionam com velocidade reduzida, com maior tempo de parada entre as estações Francisco Morato e Palmeiras-Barra Funda. O trajeto entre a Francisco Morato e Jundiaí está sendo feito por ônibus. Já a linha 10, que vai da estação Brás a Rio Grande da Serra, está paralisada. As outras linhas têm operação normal. Os funcionários vão fazer nova assembleia hoje às 15h para decidir se continuam a greve.
Compartilhe
Reprodução/TVGlobo
Reprodução/TVGlobo

Eliminado por agressão

O médico Marcos foi expulso do BBB17 na noite de ontem. O participante foi acusado de agredir fisicamente e psicologicamente Emilly, com quem tinha um relacionamento dentro da casa. O anúncio foi feito pelo apresentador Tiago Leifert no programa ao vivo. O Jornal Nacional de ontem noticiou o comportamento agressivo de Marcos com Emilly durante os últimos dias e informou que a delegada Marcia Noeli Barreto, chefe da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá, esteve na casa para conversar com Emilly e disse que ela poderia pedir o afastamento de Marcos.
Compartilhe
Dilvugalção
Dilvugalção

Machismo nas propagandas

Os processos relacionados a machismo julgados pelo Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) cresceram 87,5% em dez anos, se comparados os dados de 2006 e 2016. Só no ano passado, sete propagandas foram punidas por terem elementos considerados machistas, que objetificam o corpo da mulher ou desrespeitam a condição feminina. O número pode parecer pequeno, mas há dez anos nenhuma das denúncias que foram julgadas pela entidade sobre esse assunto geraram punição. Por ser um conselho de classe, o Conar não aplica multas quando um anunciante é condenado, mas a empresa pode ser obrigada a tirar ou mudar a peça publicitária.
Compartilhe
Google Maps/Reprodução
Google Maps/Reprodução

Fraude nos vistos

O Ministério das Relações Exteriores investiga, desde maio do ano passado, indícios de que servidores da embaixada brasileira em Islamabad, capital do Paquistão, teriam concedido vistos de entrada no Brasil ilegalmente durante a Copa do Mundo de 2014. A apuração começou depois de uma denúncia anônima e o caso é conduzido de forma sigilosa. Uma comissão de funcionários do ministério tem até o dia 10 de maio para finalizar as investigações.
Compartilhe
Rodrigo Gazzanel/Futura Press/Estadão Conteúdo
Rodrigo Gazzanel/Futura Press/Estadão Conteúdo

Ponte na semifinal

O Santos venceu a Ponte Preta no Pacaembu ontem à noite por 1 a 0, mas foi o time de Campinas (SP) quem se classificou nos pênaltis, por 5 a 4, e conquistou a vaga na semifinal do Campeonato Paulista. Os jogos de ida das semifinais devem ser realizados no domingo: o São Paulo enfrenta o Corinthians no Morumbi, às 16h (de Brasília) e, a Ponte Preta encara o Palmeiras, às 18h30, no Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).
Compartilhe

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos